1ºagregados aula 1 ok
11 pág.

1ºagregados aula 1 ok


DisciplinaMateriais de Construção I4.710 materiais53.414 seguidores
Pré-visualização3 páginas
ao volume, retém muita 
água de aderência. Conforme sua umidade, as areias podem estar pouco (<5%), úmidas (de 5 a 9%) ou 
muito úmidas (>9%). 
Em igualdade de volume, à medida que aumenta a umidade, diminui a densidade, isso porque 
ocorre o fenômeno de inchamento. 
 
 Inchamento 
Quando a umidade superficial aumenta, envolvendo os grãos de areia, afasta uns dos outros, 
aumentando o volume de vazios e, portanto, o volume total. Como a água é mais leve do que a areia, 
resulta diminuição de peso na unidade de volume. 
 
 Coeficientes de vazios 
A areia é um material granuloso e como tal, apresenta um grande volume de vazios. O coeficiente 
de vazios é expresso pela relação entre os volumes de vazios e o volume total parente. 
 
 Impurezas 
As impurezas prejudiciais à areia de construção são: 
\u2022 Argila; 
\u2022 Materiais pulverulentos; 
\u2022 Matéria orgânica; 
A argila é nociva por ser coloidal2 e por isso requer maior quantidade de água para envolvê-la, 
alterando a dosagem adequada. Além disso, forma uma película isolante em volta dos grãos de areia, 
diminuindo a aderência do aglomerante. A argila também é responsável pelo aumento da retração das 
argamassas. Não obstante, há alguma divergência dobre o grau de nocividade da argila. 
 
2
 Coloidal - Da natureza da cola; gelatinoso, colóide: substância coloidal. 
 7
As especificações brasileiras estabelecem para as areias a serem usadas em concreto, um 
máximo de 1,5% de torrões de argila, mas já foi demonstrado que um teor de até 8% é benéfico, e que há 
um aumento máximo de resistência quando esse teor é de 3%. Nessas condições ela serve para preencher 
os vazios e para melhorar a trabalhabilidade. 
A matéria orgânica geralmente sob a forma de detritos de origem vegetal (pequenos ramos, folhas 
ou partículas minúsculas em decomposição) pode prejudicar e até mesmo impedir o endurecimento das 
argamassas e concretos. Sabe-se que basta um teor de 1% dos ácidos encontrados nos húmus para tornar 
inútil a areia. 
 
 Areia para construção 
Nem toda areia de construção é destinada a argamassas. Pode ser destinada também para: 
\u2022 Drenos; 
\u2022 Enchimentos; 
\u2022 Passeios; 
\u2022 Outros fins. 
Independente do uso, a areia que melhor resultado apresenta é a silicosa (quartzosa). 
A resistência de uma areia para o concreto ou argamassa deve ser, no mínimo, igual a dos 
aglomerantes que a envolvem. 
Tanto quanto possível, a areia deve ser angulosa e áspera ao tato, para imprimir maior coesão às 
argamassas. 
 
 Ensaios 
 
 
AGREGADO GRAÚDO - BRITA 
São considerados agregados graúdos: pedregulho, seixos rolados (agregado natural resultado da 
fragmentação e retrabalhamento natural de rochas) ou a brita, obtida pela trituração mecânica de rochas, ou 
a mistura de alguns deles, cujos grãos passam por uma peneira de malha quadrada com abertura nominal 
(ABNT) de 76mm e ficam retidos na peneira 4,8mm (no máximo 15% passam na peneira 4,8mm). 
A forma dos grãos pode ser arredondada, como os seixos ou angular com arestas vivas como as 
britas. 
 8
 Obtenção 
Um primeiro modo de classificação do agregado graúdo é quanto à origem, como anteriormente 
visto para as areias: Natural e Artificial. 
Como agregado natural, emprega-se o seixo rolado, que é o resultado da fragmentação e 
retrabalhamento natural de rochas; e a brita (considerado agregado artificial), obtida pela trituração 
mecânica de rochas. 
 
 Classificação quanto à constituição: 
\u2022 Silicosos; 
\u2022 Calcários; 
\u2022 Argilosos; 
\u2022 Vulcânicos. 
 
 Classificação de acordo com as dimensões: 
 Nome Comercial Diâmetro Máximo (mm) 
Brita no 0 ou B19 19 
Brita no 1 ou B25 25,0 
Brita no 2 ou B38 38,0 
Brita no 3 ou B50 50,0 
Brita no 4 ou B75 76,0 
 
 Massa Específica e Unitária: 
Massa Específica 
(kg/dm3) 
Massa Unitária 
(kg/dm3) 
2,67 a 2,72 1,38 a 1,42 
 
 Classificação das britas quanto ao peso: 
A relação entre a massa de um determinado agregado e o volume ocupado por seus grãos, 
incluindo-se os vazios, é denominada \u201cmassa unitária\u201d. 
Através da massa unitária podemos classificar os agregados em : 
- Leves: Massa unitária menor que 1 t/m3. Ex.: Pedra pomes, vermiculita e argila 
expandida. 
- Normais: Massa unitária superior a 1 t/m3 e inferior a 2 t/m3. Ex.: Seixos e pedras 
britadas. 
- Pesados: Massa unitária superior a 2 t/m3. Ex.: barita, magnetita e a limonita . 
 
 Inchamento 
O inchamento na brita é desprezível na prática, já que o peso de cada grão impede o 
deslocamento e o aumento apreciável de volume quando absorve umidade. 
 
 9
 Umidade 
A brita é praticamente seca (não sendo quase higroscópica); a quantidade de vazios permite boa 
circulação de ar e favorece a evaporação da umidade. 
 
 Coeficientes de vazios 
Fortemente variável, depende dos mesmos fatores que a densidade. É normalmente menor que o 
da areia. 
 
 Impurezas 
Também são comuns as impurezas nas britas. Para o concreto ela deve ser limpa, isenta 
de matéria orgânica. A calcedônia, opala, cristobalita, tridimita e outros tipos similares 
reagem com os álcalis do cimento. 
 
 Limites Granulométricos do Agregado Graúdo 
 
Em relação ao tamanho dos grãos, é preciso considerar o uso que se pretende dar ao concreto. 
As normas brasileiras para concreto estabelecem que a brita ou seixo rolado tenha diâmetro máximo igual 
ou inferior a ¼ da menor dimensão da peça a concretar, e menor que ¾ do espaço livre entre as malhas da 
armadura. Atendendo ao espaçamento usual dos elementos da armadura, convém que o diâmetro máximo 
usado seja o de 25mm para as vigas e 19mm para as lajes, para evitar que se prendam às malhas da 
ferragem. 
 10 
 
 
 Outros Agregados 
Além da brita e da areia, são usados outros agregados, na maior parte das vezes coma finalidade 
de obtenção de argamassas ou concretos leves. Assim, é usual britar pedras artificiais (tijolos, telhas, 
caliça) para casos especiais de concretos leves, embora de menor resistência. 
São usadas também a pedra-pome (resíduo vulcânico), escórias de alto-forno, cinzas de carvão 
de pedra, etc. Para serem usados, devem ter composição conhecida, para efeitos de cálculos e de 
eliminação de elementos nocivos. 
 
a) Argila expandida 
 
A argila expandida é um agregado leve, obtido pela expansão à quente (1.000 a 1.200oC) de 
determinados tipos de argilas, em fornos rotativos. O produto exibe grande resistência, constitui um 
excelente isolante termoacústico, tendo sido empregada até como sucedâneo3 de chapas de ferro na 
fabricação de navios. 
 Propriedades da argila expandida 
Ao substituir a brita ou cascalho, a argila expandida reduz o peso do concreto de 30 a 50%. A argila 
expandida brasileira permite concreto com 1700 kg/m3 (usando-se brita, o peso é da ordem de 2100 a 2200 
kg/m3) e resistência à compressão de 230 kg/cm2 em 28 dias. 
É estável à variação de temperatura. Não reage com o cimento nem se deteriora. Tem maior 
resistência ao fogo do que as pedras. É ótima isolante termoacústico. 
 
b) Vermiculita 
 
A vermiculita, também conhecida como Cortiça mineral, constitui um agregado leve, usado para 
isolantes termoacústicos. 
As argamassas compostas de vermiculita têm pouca resistência, aspecto esponjoso, acentuado 
desgaste quando desprotegidas, mas são altamente isolantes de som e calor. É também bastante usada 
como carga de enchimento plástico (substancia que se misturam com as resinas para diminuir o custo). 
 
3
 Sucedâneo - Qualquer coisa capaz de substituir outra. 
 11 
BIBLIOGRAFIA 
\ufffd Minerais do Paraná S/A \u2013 Secretaria do Estado da Indústria, do Comércio e do Turismo \u2013 
SEIT. (www.pr.gov.br/mineropar/ctagred.html);