SISTEMA NERVOSO

SISTEMA NERVOSO


DisciplinaAnatomia Humana I26.026 materiais1.137.431 seguidores
Pré-visualização1 página
*
SISTEMA NERVOSO
*
DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO
Sistema Nervoso Central
Porção de recepção de estímulos, de comando e desencadeadora de respostas
Encéfalo e Medula Espinhal
Sistema Nervoso Periférico
Constituído pelas vias que conduzem os estímulos ao SNC ou que levam até os órgãos efetuadores as ordens emanadas da porção central
 Nervos Cranianos
 Nervos Espinhais
 Gânglios
 Terminações Nervosas
*
MENINGES
Lâminas de tecido conjuntivo que envolvem e protegem o encéfalo e a medula espinhal
 Dura-mater
	Espaço subdural
 Aracnóide
	Espaço subaracnóide
 Pia-mater
PROTEÇÃO DO SNC
*
LÍQUOR (Líquido cérebro-espinhal)
Localizado no espaço subaracnóide e nos ventrículos cerebrais
Tem como principal função proteger o SNC
*
SISTEMA NERVOSO CENTRAL
ENCÉFALO
	Cérebro
	Cerebelo
	Tronco encefálico
		Mesencéfalo
		Ponte
		Bulbo
*
SUBSTÂNCIA BRANCA E CINZENTA
Cinzenta \u2013 Corpos de neurônios
Branca \u2013 Fibras nervosas mielinicas
*
CÉREBRO
Lobos D/E
 Frontal
 Parietal
 Occipital
 Temporal
Sulcos
 Fissura Longitudinal
 Sulco Central
 Sulco Parieto-occipital
 Sulco Lateral
*
GIROS
 Frontal Superior
 Frontal
 Frontal Inferior
 Orbital
 Pré Central
 Pós Central
 Supra marginal
 Temporal Superior
 Temporal Médio
 Temporal Inferior
 Angular
*
 Do Cíngulo
 Para Hipocampal
 Occipitotemporal Medial
 Occipitotemporal Lateral
*
 Giro Orbital
 Giro Reto
*
CEREBELO
*
TRONCO ENCEFÁLICO
A maioria dos nervos cranianos (10) originam-se no tronco encefálico
 Mesencéfalo
 Ponte 
 Bulbo
*
IRRIGAÇÃO DO ENCÉFALO
*
*
*
*
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
TERMINAÇÕES NERVOSAS
Existem nas extremidades sensitivas e motoras
Ex: Placa motora
*
GÂNGLIOS
Acúmulo de corpos celulares fora do SNC
*
NERVOS
Cordões formados por fibras nervosas unidas por tecido conjuntivo
Fibras motoras (trazem do SNC)
Fibras sensitivas (levam para o SNC)
NERVOS CRANIANOS
12 Pares
I \u2013 Olfatório VII - Facial 
II \u2013 Óptico VIII \u2013 Vestíbulo-coclear
III \u2013 Óculomotor IX - Glossofaríngeo
IV \u2013 Troclear X - Vago
V \u2013 Trigêmeo XI - Acessório
VI \u2013 Abducente XII - Hipoglosso
*
I \u2013 OLFATÓRIO
Puramente sensitivo
Inicia-se em terminações situadas na mucosa nasal
*
II \u2013 ÓPTICO
Sensitivo
Origina-se na retina
Relacionado com a percepção visual
*
III \u2013 ÓCULOMOTOR
IV \u2013 TROCLEAR
VI - ABDUCENTE
Inervam músculos que movimentam o olho
*
V \u2013 TRIGÊMIO
Sensitivo (responsável por quase toda sensibilidade da cabeça)
Motor (pequeno contingente inerva a musculatura mastigatória)
*
*
VII \u2013 FACIAL
*
VIII \u2013 VESTÍBULO-COCLEAR
Puramente sensitivo
Duas porções: Coclear (relacionada com o fenômeno da audição)
 Vestibular (Equilíbrio)
*
IX \u2013 GLOSSOFARÍNGEO
*
X - VAGO
Inerva todas as vísceras torácicas e a maioria das abdominais
*
XI - ACESSÓRIO 
Inerva músculos esqueléticos
*
XII \u2013 HIPOGLOSSO
Inerva os músculos que movimentam a língua
*
NERVOS ESPINHAIS
31 pares de nervos espinhais mantêm conexão com a coluna vertebral através dos forames intervertebrais
FORMAÇÃO DO NERVO ESPINHAL
Pela fusão de duas raízes:
VENTRAL \u2013 Possui apenas fibras motoras (eferentes)
	Situados na coluna anterior da substancia cinzenta.
DORSAL \u2013 Possui fibras sensitivas (aferentes)
	Situados no gânglio sensitivo da raiz dorsal
*
PLEXOS NERVOSOS
BRAQUIAL
Nervos terminais inervam a musculatura do ombro e membro superior
LOMBOSACRAL
Inervam os MMII e região sacral/coccigena
*
SN SOMÁTICO \u2013 Denominado SN da vida de relacionamento ou seja, aquele que relaciona o organismo com o meio.
 Aferente: Conduz impulsos originados em receptores periféricos, informando sobre o que se passa no meio ambiente.
 Eferente: Leva aos músculos esqueléticos os comandos dos centros nervosos, resultando movimentos que levam a um maior relacionamento e integração com o meio externo.
SN VISCERAL \u2013 Denominado SN da vida vegetativa, relaciona-se com a inervação das estruturas viscerais. (HOMEOSTASE)
 Aferente: Conduz os impulsos originados em receptores das vísceras a áreas específicas do SNC.
 Eferente: Traz impulsos de certos centros nervosos até as estruturas viscerais terminando em glândulas, músculo liso ou músculo cardíaco. 
DIVISÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO
*
SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO
O componente eferente do sistema nervoso visceral
SN VISCERAL
	\u2192 Aferente
	\u2192 Eferente \u2192 SN Autônomo \u2192 Simpático
				 \u2192 Parassimpático