Slides Avaliação Psicológica

Slides Avaliação Psicológica


DisciplinaAvaliação Psicológica849 materiais10.708 seguidores
Pré-visualização6 páginas
prévias que nortearão a coleta dos dados;
Coleta dos dados junto ao sujeito (entrevista inicial) e, quando necessário, junto a terceiros ou a instituições; 
Planejamento da bateria de testes/técnicas mais adequadas para o caso;
*
5. AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PERICIAL
Aplicação da bateria de testes; 
Interpretação dos resultados dos testes à luz dos dados colhidos nos autos processuais e na(s) entrevista(s); 
Redação do informe psicológico com o objetivo de responder à demanda jurídica que motivou tal avaliação (e, quando presentes, responderá os quesitos/perguntas constantes no processo judicial).
*
5. AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PERICIAL
Quanto à ética, será necessário informar ao sujeito que os dados colhidos e que sejam pertinentes ao caso, serão relatados ao agente jurídico que solicitou a perícia (laudo pericial), estando, portanto, comprometidas a confidencialidade e o sigilo dos dados. Para Taborda (2004, citado por Jung, 2014, p. 03) a questão da não-confidencialidade dos dados introduz no setting (grifo do autor) a presença deste terceiro que solicitou a avaliação, podendo provocar uma distorção nos dados e fatos que são comunicados pelo examinando ao perito.
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
A partir da legislação de 1997 \u2013 a lei federal do porte de armas (Lei nº 9.437) que estabelecia \u201ccondições para o registro e porte de arma de fogo\u201d \u2013 e a Resolução n° 018/2008 do Conselho Federal de Psicologia, que dispõe acerca do trabalho do psicólogo na Avaliação Psicológica para concessão de registro e/ou porte de arma de fogo, os psicólogos se viram diante da tarefa de propor um sistema adequado para que essa avaliação fosse efetuada dentro dos padrões éticos, técnicos e científicos. (MADEIRA, SIMINOVICH e CHARDOSIM, 2011, p. 12)
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
As autoras ressaltam a importância de debater sobre as avaliações nas diferentes áreas em que o porte ou registro de arma se faz necessário, conscientizando os psicólogos da responsabilidade que têm em seu fazer e da importância de uma avaliação realizada com conhecimento técnico e de contexto na área de Avaliação Psicológica, pois é o profissional quem decidirá, a partir deste procedimento, a indicação ou não para que o indivíduo possa portar arma de fogo.
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
Em uma avaliação não é possível fazer uma previsão segura de comportamento violento no futuro. No entanto, é possível verificar principalmente se uma pessoa tem características violentas, controle emocional e até mesmo constatar se alguma característica está sendo omitida em função do uso de determinados mecanismos de defesa do candidato diante da situação de avaliação.
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
Para isso, o psicólogo deve ter conhecimento técnico para utilizar instrumentos de Avaliação Psicológica, usando sempre os testes que tem parecer favorável, conforme resolução do CFP, assim como seguindo com rigor as normas dos manuais para realizar a aplicação, levantamento e avaliação dos resultados, como também toda legislação e referencial teórico vigente sobre o assunto.
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
Na Avaliação Psicológica da área de segurança, deve-se questionar a dimensão que este processo ocupa, principalmente quando está em pauta o porte de arma. Estão incluídas nesta área as instituições militares e civis, a Polícia Federal, a Guarda Municipal e as empresas de segurança.
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
Nesta área, o problema das avaliações adquire repercussão maior, principalmente nas escolas de segurança em que há concessão de arma de fogo para um grande número de vigilantes, que recebem o porte para trabalharem em empresas de segurança e em outros locais. (MADEIRA, SIMINOVICH e CHARDOSIM, 2011, p. 12)
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
Como ainda não se tem um perfil definido com base em pesquisas científicas, é importante que se realize estudos de âmbito nacional para viabilizar uma uniformidade na realização das avaliações, com o objetivo de definir as técnicas mais indicadas para este tipo de Avaliação Psicológica. (IBIDEM, p. 12)
*
6. Avaliação Psicológica para porte de arma de fogo
 Outro aspecto que vem sendo colocado em pauta são os honorários cobrados neste tipo de avaliação. É importante salientar que o Conselho Federal de Psicologia disponibiliza uma tabela de honorários para as mais diversas atividades desenvolvidas pelos psicólogos, na qual uma delas é a avaliação para porte de arma. Cabe ao profissional utilizá-la na sua prática. (MADEIRA, SIMINOVICH e CHARDOSIM, 2011, p. 12)
*
7. Avaliação Psicológica Organizacional
A avaliação psicológica que inclui aplicação de testes psicológicos no processo seletivo não pode ser encarada como um recurso infalível, entretanto fará diferença na tomada de decisão sobre os candidatos, pois é capaz de identificar algumas características que seriam mais difíceis somente com entrevistas ou técnicas de dinâmicas de grupo. De acordo com a orientação do Conselho Federal de Psicologia, atualmente há alguns testes com parecer favorável e que contemplam características comumente avaliadas pelos psicólogos no contexto organizacional no momento do processo seletivo. (MACHADO, 2016, p. 14-15)
*
7. Avaliação Psicológica Organizacional
Na resolução CFP N.º 002/2003 está prevista como falta ética a utilização de testes psicológicos que não constam na relação dos testes aprovados pelo CFP, cabendo exceção apenas em caso de pesquisas. Além de indicar ao psicólogo que aplicará as testagens a importância do conhecimento sobre o instrumento, através do estudo do manual e busca por formações específicas. (MACHADO p. 15)
*
*
Fonte: SATEPSI /2015 - http://satepsi.cfp.org.br/ (MACHADO p. 15)
*
7. Avaliação Psicológica Organizacional
Na resolução CFP N.º 002/2003 está prevista como falta ética a utilização de testes psicológicos que não constam na relação dos testes aprovados pelo CFP, cabendo exceção apenas em caso de pesquisas. Além de indicar ao psicólogo que aplicará as testagens a importância do conhecimento sobre o instrumento, através do estudo do manual e busca por formações específicas. (MACHADO p. 15)
*
7. Avaliação Psicológica Organizacional
No cenário organizacional, desde a inserção do psicólogo neste ramo, atualmente se lida com a pressão de encontrar o profissional mais qualificado e compatível com a cultura da empresa em pouco tempo e baixo custo. Para isto, o psicólogo que conduz os processos seletivos deve se cercar de ferramentas adequadas e precisas, sendo o mais comuns, entrevistas individuais, dinâmica de grupo e bateria de testagens. 
*
7. Avaliação Psicológica Organizacional
Normalmente nas baterias são utilizados tanto testes projetivos quanto inventários, visando maior conhecimento sobre o perfil do candidato, que certamente é melhor avaliado com a utilização de mais de um instrumento de avaliação. (PEREIRA, PRIMI E COBÊRO, 2003 e BANDEIRA e PEREIRA, 2009 CITADO por MACHADO, 2016, p. 20-21).
*
8. Avaliação Psicológica Hospitalar
No que se refere à avaliação psicológica nos ambientes de saúde, especificamente nos hospitais, destaca-se a importância da sistematização dos dados. Segundo Belar e Deardorff (1995, citado por Azevêdo, 2010), os domínios relacionados à esfera biológica, cognitiva e afetiva do indivíduo devem integrar os itens da avaliação psicológica, priorizando o contato do psicólogo com a família do paciente e os profissionais do setor.
*
8. Avaliação Psicológica Hospitalar
A avaliação psicológica realizada no hospital permite identificar de uma forma dinâmica a percepção do indivíduo acerca da situação de adoecimento e as principais mudanças que ocorreram a partir desta experiência.
*
8. Avaliação