Slides Avaliação Psicológica

Slides Avaliação Psicológica


DisciplinaAvaliação Psicológica866 materiais10.784 seguidores
Pré-visualização6 páginas
pela Direção da Escola (nome da escola), a partir de correspondência datada de 10 de fevereiro de 2015.
Assunto: Avaliação psicológica da menor (nome da criança), realizada pelo (nome e CRP do psicólogo), no período entre 14 de setembro de 2013 e 07 de dezembro de 2013, no Serviços-escola de Psicologia da Universidade Guarulhos.
*
MODELO DE RELATÓRIO PSICOLÓGICO
2 Descrição da demanda
Segundo relato da mãe e observação da criança tem-se a queixa de dificuldades de aprendizagem e prejuízo no processo de alfabetização. Tal característica interfere nas atividades de rotina escolar da menor.
*
MODELO DE RELATÓRIO PSICOLÓGICO
3 Procedimento
Relatório de avaliação psicológica produzido a partir do levantamento de dados sobre o desenvolvimento da criança por meio de entrevista de anamnese com a mãe; além disso houve investigação direta com a criança por meio de atividades de observação lúdica e aplicação dos seguintes instrumentos de avaliação psicológica: Desenho da Figura Humana \u2013 avaliação cognitiva \u2013 terceira edição (Escala Wechsler), Teste Gestáltico Visomotor de Bender \u2013 Sistema de Pontuação Gradual, Escala de Traços de Personalidade para Crianças e Teste das Matrizes Progressivas Coloridas de J.C. Raven. Por fim, foram realizadas entrevistas para devolução de dados com a mãe e com a criança.
*
MODELO DE RELATÓRIO PSICOLÓGICO
4 Análise
A criança avaliada possui potencial intelectual geral médio, quando comparada a outras crianças de mesma idade e tipo de escola, indicando que sua capacidade de inteligência encontra-se compatível com o que se espera para seu grupo etário. Entretanto, apesar de seu potencial esperado, observa-se certo prejuízo no desenvolvimento cognitivo e visomotor que poder estar relacionado a questões ambientais e relacionais.
Em termos emocionais, foram identificadas características de extroversão e facilidade no contato interpessoal, tal característica também pode gerar dificuldade de concentração e perda de foco de estudo com facilidade. Indica certa ansiedade diante das vivências rotineiras e, principalmente, diante de fracasso, o que retroalimenta sua dificuldade de aprendizagem. 
*
MODELO DE RELATÓRIO PSICOLÓGICO
5 Conclusão
Após avaliação pode-se concluir que a dificuldade escolar e de alfabetização apresentada pela menor possui origem em questões de ordem emocional. Nesse sentido, recomendou-se no período em que foi avaliada, encaminhamento para psicoterapia infantil, no sentido de se criar um espaço particular para que a criança pudesse explorar as questões emocionais e refletir sobre as mesmas. Além disso, foi recomendado terapia de orientação para pais, no sentido de preparação da mãe e familiares para acolhimento da criança. Por fim, como a dificuldade de aprendizagem prejudicou o desenvolvimento típico dos conteúdos a serem estudados por uma criança de sua idade, recomendou-se um atendimento em psicopedagogia para redução da possível defasagem apresentada pela criança.
Salienta-se que a referida criança encontra-se em fila de espera para atendimento neste Serviço-escola de Psicologia.
 
Guarulhos, de de 2015.
*
9.Elaboração de documentos psicológicos
9.4 Parecer: é um documento fundamentado e resumido sobre uma questão focal do campo psicológico cujo resultado pode ser indicativo ou conclusivo. A finalidade é a de apresentar uma resposta esclarecedora, no campo do conhecimento psicológico, através de uma avaliação especializada, de uma \u201cquestão-problema\u201d, visando a dirimir dúvidas que estão interferindo na decisão, sendo, portanto, uma resposta a uma consulta, que exige de quem responde competência no assunto. (RESOLUÇÃO CFP Nº 007/2003)
*
ESTRUTURA DO PARECER PSICOLÓGICO
Redigido da seguinte maneira: 
Identificação do parecerista; 
Exposição de motivos: objetivo da consulta e dúvidas levantadas pelo solicitante. Não é necessária a descrição detalhada dos procedimentos; 
Análise: deve ser feita minuciosamente a partir do referencial ético, técnico e teórico;
Conclusão: psicólogo apresenta seu posicionamento respondendo a questão levantada.
*
9.Elaboração de documentos psicológicos
OBS.: Vale ressaltar que a Declaração e o Parecer Psicológico não são documentos decorrentes de avaliações psicológicas, ou seja, não são elaborados com base no uso de estratégias, métodos e técnicas específicas da Psicologia, como os testes psicológicos. (LIMA E WERLANG, 2011, p. 13)
 
*
REFERÊNCIAS
AZEVÊDO, A.V. dos S. Construção do protocolo de avaliação psicológica hospitalar para criança queimada. P@PSIC Períódicos eletrônicos em psicologia. Porto Alegre,v.9, n.1, 2010. Disponível em: ,http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712010000100011. Acesso em 11 fev. 2017.
CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Resolução nº 007/2003. Institui o manual de elaboração de documento escritos produzidos pelo psicólogo, decorrentes de avaliação psicológica e revoga a resolução CFP nº 17/2002. Disponível em <http://site.cfp.org.br/wpcontent/uploads/2003/06/resolucao2003_7.pdf>. Acesso em 11 de fev. 2017. 11, n. 55, 2011.
  CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL. EntreLinhas, v. 11, n. 55, 2011. Disponível em: <file:///C:/Users/castr/Downloads/AVALIA%C3%87%C3%83O%20PSICOLOGICA%20NOS%20DIVERSOS%20CONTEXTOS%20DA%20PSICOLOGIA.pdf>.  Acesso em 07 fev. 2017.
MACHADO, L.T. Avaliação psicológica em processos de recrutamento e seleção: uma revisão de literatura. Monografia (Especialização em Psicologia Organizacional). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Disponível em: < www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/147068/000998122.pdf?sequence=1>. Acesso em 11 fev. 2017.
JUNG, F.H. Avaliação psicológica pericial: áreas e instrumentos. Revista Especialize On-line  IPOG - Goiânia, v. 1, n. 8 esp., 2014. Disponível em: <http://www.institutodeposgraduacao.com.br/uploads/arquivos/2837ae3256017b1882e9b4b7862885ce.pdf> Acesso em 11 fev. 2017   
Informação:
Site do Conselho Federal de Psicologia (www.cfp.org.br)
Site do Conselho Regional de Psicologia (www.crpsp.org)