O tenentismo
9 pág.

O tenentismo


DisciplinaHistória34.837 materiais760.925 seguidores
Pré-visualização3 páginas
pratica, isto mostra que extratos da sociedade marginalizados foram incluídos durante o governo Lula.
Essa linguagem peemedebista da inclusão social cidadã ele é enganosa porque apaga essas formas de hierarquização de subordinação que são próprias dessa cultura política é um modo de fazer política que promete franquiar a entrada desta inclusão social que se funde na promessa que evidentemente inexequível que vai gerenciar a todos os interesses da sociedade e efetivamente produz travas e bloqueios universalização de direitos, sendo que essa inclusão amputada que é própria desses período democrático do conservadorismo brasileiro foi colocada em xeque pela nova onda de democratização ou nova redemocratização que se inicia em junho de 2013.
A principal virtude do livro é a construção da categoria histórica do pemedebismo para explicar a estruturação e blindagem do sistema político brasileiro na transição democrática de 1979 até hoje. O pemedebismo, como define o autor, não é um fenômeno relativo exclusivamente ao PMDB, ainda que a legenda tenha sido protagonista de sua gestação. Corresponderia à lógica essencialmente conservadora das disputas partidárias no Brasil.