12 maneiras de estudar a biblia sozinho   Rick Warren
104 pág.

12 maneiras de estudar a biblia sozinho Rick Warren


DisciplinaDicas de Como Estudar57 materiais115 seguidores
Pré-visualização43 páginas
OU TÓPICO: 1 TIMÓTEO 
Versículos 
Paráfrase 
pessoal 
Perguntas e 
respostas 
Referências 
cruzadas Revelações 
Possíveis aplicações 
pessoais 
1.3 
Partindo eu 
para a 
Macedónia, 
roguei-lhe 
que 
permane-
cesse em 
Éfeso para 
ordenar a 
certas 
pessoas que 
não mais 
ensinem 
doutrina 
falsas. 
Paráfrase 
pessoal Assim 
como eu lhe 
exortei 
quando parti 
para a 
Macedónia, 
que ficasse 
em Éfeso, 
para ensinar a 
certos 
indivíduos que 
não ensinem 
doutrinas 
não-cristãs. 
P. Que 
doutrinas 
eram 
ensinadas 
por estes ho-
mens? 
R. Não eram 
doutrinas de 
falsas 
religiões, 
mas um 
ensinamento 
falso 
disfarçado 
de 
cristianismo. 
P. Qual era o 
ministério de 
1 iinótio em 
Éfeso? 
Falsos ensinos: 
lTimóteo 6.3 
2Coríntios 11. 4 
1. Paulo 
criticou os 
cristãos em 
Corinto pela 
fraqueza em 
lidar com falsas 
doutrinas (2Co 
1 1 .4). Visto 
que Timóteo 
ficou com Paulo 
em Corinto por 
longo tempo, 
recebeu 
treinamento 
adequado, 
necessário em 
Éfeso. 
2. Timóteo foi a 
Éfeso com 
Paulo. Depois 
Não medirei esforços 
para ser instruído na 
doutrina cristã, de 
modo que eu possa 
diferenciar entre o 
ensino verdadeiro e o 
falso. A Ciência Cristã, 
as Testemunhas de 
Jeová e o 
Mormonismo exigem 
minha atenção a este 
respeito. 
de sua primeira 
prisão em 
Roma, ele 
esteve lá 
novamente. Foi 
nesta ocasião 
que ele foi 
instado a ficar. 
FORMULÁRIO PARA ANÁLISE DE VERSÍCULO POR 
VERSÍCULO 
LIVRO OU TÓPICO: 1 TIMÓTEO 
Versículos 
Paráfrase 
pessoal 
Perguntas e 
respostas 
Referências 
cruzadas 
Revelações 
Possíveis aplicações 
pessoais 
 
Leitura adicional 
EM INGLES 
A layman's guide to interpreting the Bible, de Walter A. Henrichsen (Zondervan, 1978). 
All about bible study, de Herbert Lockyer (Zondervan, 1977). Basics of Bible interpretation, de Bob Smith 
(Word Books, 1978). Better Bible study, de A. Berkeley & Alvera M. (Regal Books, 1977). Bible study can be 
exciting, de Mary Garvin (Zondervan, 1976). Creative Bible study methods, de Ray Baughman (Moody Press, 
1976). 
Creative study Bible, de Lawrence O. Richards (Zondervan, 1971). Developing skillsfor the Bible 
interpretation, de Lucien E. Jr. Coleman (The Sunday School Board of the Southern Baptist Convention, 
1969). 
Enjoy your Bible, de Irving L. Jensen (Moody Press, 1969). 
--Independent Bible study (Moody Press, 1963). 
Explore the word, de Henry M. Morris in (Creation Life Publishers, 1978). 
Hermeneutics, de Bernard Ramm (Baker Book House, 1971). How to search the Scriptures, de Lloyd 
Perry & Robert D. Culver (Baker Book House, 1967). 
How to study and the use the Bible, Park Hays Miller (w.A Wilde Company, 1954). 
How to study the Bible, Olin Binkley (Convention Press, 1969). How to study the Bible, de John B. Job 
(InterVasity Press, 1973). -How to study the Biblefor yourself, de Tim LaHaye (Harvest House Publishers, 1976). 
How to understand your Bible, de T. Norton Sterrett (InterVasity Press, 1975). 
How to study your Bible, de Gordon Talbot (Back to the Bible Publishers, 1976). 
Knowing Scriptures, de R. C. Sproul (InterVasity Press, 1977). Meditation: The Bible tells you how, de 
Jim Downing (NavPress, 1976). 
Navigator Bible studies handbook, (The NavPress, 1979). Personal Bible study, de Willian C. Lincoln 
(Bethany Fellowship, 1975). 
Profitable Bible study, de Wilbur M. Smith (w.A Wilde Company, 1963). 
Protestant biblical interpretation, de Bernard Ramm (Baker Book House, 1970). 
The Bible in your our time \u2014 Methods of Bible study, de E. H. Robertson (Association Press, 1962). 
The books of the Bible sumarized, de Keith L. Brooks (BMA Press, n.d.). 
EM PORTUGUÊS 
Palavras chaves do Novo Testamento, de Barclay William (Vida Nova). 
Princípios de Interpretação da Bíblia, de Walter A. Henrichsen (Mundo Cristão). 
Como estudar a Bíblia sozinho (Betânia). 
Gálatas: Escritura da liberdade cristã, de Merrill C. Tenney (Vida Nova). 
"Como tornar significativa a hora silenciosa", de Richard WARREN ("Apêndice A" deste livro). 
Comentário bíblico EB. Meyer Antigo e Novo Testamento, de F.B. Meyer (Betânia). 
Como estudar a Bíblia, de James Braga (Vida). 
Como estudar a Bíblia sozinho, de Tim F. LaHaye (Betânia). 
Como estudar sua Bíblia pelo método indutivo, de Kay Arthur (Vida). 
Descobertas dos tempos bíblicos, de Alan Millard (Vida). Descobrindo a Bíblia, de Bruce Wilkinson & 
Kenneth Boa (Candeia). 
Descobrindo o Antigo Testamento, de Bill T. Arnold & Bryan E. Beyer (Editora Cultura Cristã). 
Descobrindo o Novo Testamento, de Walter A. Elwell & Robert W Yarbrough (Editora Cultura Cristã). 
Dicionário bíblico universal, de A. R. Buckland (Vida). Dicionário da Bíblia, de John D. Davis (Hagnos/ Juerp). 
Dicionário de estudos bíblicos, de Arthur G. Patzia & Anthony J. Petrotta (Vida). 
Dicionário de referências bíblicas, de H. L. Willmington (CPAD) 
Dicionário do NT. Grego, de W. C. Taylor (Juerp). 
Estudo panorâmico da Bíblia, de Henrietta C. Mears (Vida). 
Hermenêutica, de E. lund & P. C. Nelson (Vida). 
Hermenêutica avançada, deHenry A. Virkler (Vida). 
Introdução à hermenêutica bíblica, de Walter C. Kaiser Jr & Moisés 
Silva. 
Interpretação bíblica, A, de Roy B. Zuck (Vida Nova). Introdução bíblica, de Norman Geisler & William Nix 
(Vida). Léxico do NT. grego/português, de F. Wilbur Gingrich & frederick WDanker (Vida Nova). 
Manual bíblico de Halley, de Henry Hampton Halley (Vida). Manual bíblico do estudante, de Walter A. 
Elwell (CPAD). Manual bíblico Vida Nova, de David S. Dockery (Vida Nova). Mundo do Antigo Testamento, O, de J. 
L. Packer & Merril C. Tenney (Vida). 
Mundo do Novo Testamento, O, de J. L. Packer & Merril C. Tenney (Vida). 
Os perigos da interpretação bíblica, de D. A. Carson (Vida Nova). Ouvindo a Deus, de Eugene Peterson/ 
Gordon D. Fee/ Craig M. Gay/ James Houston/ J. L. Packer/ Loren Wilkinson, org. Élmer Dyck (Shedd 
Publicações). 
Palavras chaves do Novo Testamento, de William Barclay (Vida Nova). 
Pequena enciclopédia bíblica, de Orlando Boyer (Vida). Princípios de interpretação bíblica, de Louis Berkhof 
(Editora Cultura Cristã). 
Quem équem na Bíblia Sagrada, de Paul Gardner (Vida). Usos e costumes dos tempos bíblicos, de Ralph 
Gower (CPAD). Vida cotidiana nos tempos bíblicos, de J. L. Packer & Merril C. Tenney (Vida). 
Apêndice A 
COMO TORNAR SIGNIFICATIVO O MOMENTO DE REFLEXÃO 
Ao longo deste livro, fiz referências ao momento de reflexão. Admiti que qualquer pessoa que se 
envolvesse no estudo pessoal da Bíblia também seria alguém que estivesse tendo regularmente momentos 
de reflexão. Contudo, tal pressuposição pode não ser válida, pois existem algumas pessoas que fazem o 
estudo da Bíblia apenas movidos pelo estímulo intelectual. 
Este apêndice foi preparado para os que sabem que deveriam ter momentos de reflexão, mas não 
estão certos daquilo que deve ser feito. 
O momento de reflexão tem sido chamado de muitas maneiras na história da igreja. E conhecido 
por outros nomes como oração matutina, devocional, encontro cora Deus, ora silenciosa, tempo de 
devoção pessoal etc. Realmente, não importa o nome que é chamado, desde que você tenha estes 
momentos regularmente. 
O momento de reflexão é tão-somente aquele período diário de comunhão pessoal com Deus, por 
intermédio da Palavra e da oração. São momentos que deliberadamente separamos para nos encontrar-
mos com ele. O objetivo é que cresçamos em nossa relação pessoal com Deus, de forma que o 
conheçamos, o amemos e nos tornemos mais semelhantes a ele. Este apêndice tratará de três áreas 
práticas da questão dos momentos de reflexão \u2014 por que devemos ter estes momentos, como estes podem se 
tornar significativos com Deus e como lidar com problemas comuns que surgem em nossos momentos de reflexão. 
Por que devemos ter momentos de