01 10REVISÃO AVI TGA
19 pág.

01 10REVISÃO AVI TGA


DisciplinaTga892 materiais5.740 seguidores
Pré-visualização6 páginas
representou durante várias décadas o figurino que serviu de modelo para as organizações. As principais críticas à Teoria Clássica são:
Abordagem simplista da organização formal \u2013 a organização é considerada em termos lógicos, rígidos e abstratos, sem considerar seu conteúdo psicológico e social com a devida importância, estabelecendo esquemas lógicos e preestabelecidos, segundo os quais as organizações devem ser construídas e governadas;
Ausência de trabalhos experimentais \u2013 a Teoria Clássica pretendeu elaborar uma ciência de administração para estudar e tratar a Administração substituindo e empirismo e a improvisação por técnicas científicas. Porém os autores clássicos fundamentam seus conceitos na observação e no senso comum;
Extremo racionalismo na concepção da Administração \u2013 apresentação racional e lógica das suas proposições, sacrificando a clareza das suas ideias;
Teoria da máquina \u2013 a Teoria Clássica recebe essa denominação por considerar a organização sob o prisma do comportamento mecânico de uma máquina: a determinadas ações ou causas decorrem determinados efeitos ou consequências dentro de uma correlação determinística. A organização deve ser arranjada tal qual uma máquina.
Abordagem incompleta da organização \u2013 Tal como aconteceu como a Administração Científica, a Teoria Clássica preocupou-se apenas com a organização formal, descuidando-se da organização informal. O foco na forma e a ênfase na estrutura organizacional formal levaram a exageros.
Abordagem de sistema fechado \u2013 a Teoria Clássica trata a organização como se fosse um sistema fechado, constituído de algumas variáveis perfeitamente conhecidas e previsíveis, e de alguns aspectos que são manipulados por meio de princípios gerais e universais.
Considerações finais
A abordagem clássica da administração tentou lidar com o crescimento da indústria americana. Esse período representou o início do pensamento formal em administração, enfatizando operações econômicas, a importância das operações internas das empresas produtoras, meios de controle organizacional.
A administração científica de Taylor trouxe a aplicação de métodos científicos como forma de analisar trabalho e assim identificar a melhor maneira de se executar as tarefas de produção. Esses procedimentos geraram maior produtividade e eficiência. Fayol contribuiu com a perspectiva de que administração era uma profissão