Caderno Metodologico Educação Alimentar e Nutricional
81 pág.

Caderno Metodologico Educação Alimentar e Nutricional


DisciplinaEducação Alimentar36 materiais176 seguidores
Pré-visualização19 páginas
materno para bebê e para as mães. Pode ser na forma de conversa ou exposição em 
cartazes na forma de discussão entre os participantes. Aqui pode combinar com um 
profissional da saúde para auxiliar neste dia, ou para passar algumas informações mais 
específicas a respeito da amamentação, bem com verificar as necessidades locais 
deste público. 
A realização do caça palavras, como forma de incentivo, o profissional pode 
premiar a mãe que encontrar a primeira palavra, ou ainda, a mãe que explicar --em 
seu entendimento-- sobre uma das palavras encontradas. Assim por diante. Sugerimos 
que o grupo seja dividido em dois para facilitar a atividade e a premiação. 
 
Caderno Metodológico 
 Educação Alimentar e Nutricional: o direito humano a alimentação adequada e o 
fortalecimento de vínculos familiares e comunitários 
 
13 
 
A equipe técnica pode fazer a leitura do quadro inicial de acordo com as frases 
separadas e repetir aos participantes as palavras (grifadas) que devem ser encontradas 
no caça palavras. Ao final de cada linha, pode ser contabilizado o numero de palavras 
encontradas por cada grupo. Ao final da atividade o técnico pode estimular o dialogo 
sobre a temática. 
Temática específica: 
Para promover a saúde e a alimentação saudável da mãe e do bebê, bem como 
incentivar o aleitamento materno, poderá ser utilizado o quadro descrito abaixo como 
forma de discussão no grupo e o diagrama do caça palavras que comtempla as 
palavras que estão grifadas no quadro abaixo. 
 
Quadro 2. Quadro para a leitura aos participantes da atividade de caça palavras 
 
Muita gente sabe que o LEITE MATERNO é fonte de saúde e INTELIGÊNCIA 
para o bebê. 
O que poucos conhecem são as vantagens da amamentação para as MÃES. 
Hoje está comprovada as vantagens da amamentação na prevenção de CÂNCER DE 
ÚTERO, OVÁRIOS e MAMAS. 
Amamentar também evita ANEMIA PÓS-PARTO, além de ajudar o CORPO a 
voltar ao que era antes da gestação. 
Sim, a amamentação colabora para a PERDA do PESO que foi ganho durante a 
gravidez. 
Sem falar na ECONOMIA que é uma VANTAGEM para a família. Pense bem, 
AMAMENTAR é ou não uma ótima escolha? 
 
 
É importante não deixar as PALAVRAS visíveis antes de iniciar a atividade, para 
que os participantes não encontrem as palavras no caça palavras previamente ao início 
do grupo. O diagrama da figura abaixo contêm as palavras em destaque do texto 
explicito no quadro 2. 
 
Caderno Metodológico 
 Educação Alimentar e Nutricional: o direito humano a alimentação adequada e o 
fortalecimento de vínculos familiares e comunitários 
 
14 
 
Figura 1. Diagrama de caça palavras. 
Z Y X S Y T O U V O S P E R D E R P E S O I Z Y Z X 
Z H M L X C V A N T A G E M A X K E M M Z P P I Z C 
R A P D M B A Z J Y Z X C R M F E I F I Z H N G F O 
Y I N T E L I G E N C I A Q I F L P M Z Y J M F C R 
M I W K L X Y W H L L A X H N B S P H E Z W E L S P 
L E I T E X K X U I X L X I E M K Y Z H I L O G E O 
P H M S X L A L L E H N M K X U T C R O E Y I D Z Y 
G K A K P K H S E Q K A L S P I L J V Q J H B Y G J 
M A T R B L K G M F W A M A M E N T A R K P L I L G 
B K E S K S A C A H F O Y J B P G M X L C P S F E L 
M R R J R S K E E W R M S H A K A N E M I A G H S C 
P B N A A R R J S J I D Y J Z P P O S P A R T O W E 
M M O K R P A C R H M B B S S O P B Q H G P C M E J 
G B R C H P R B P D K H R P K A Q Q Y H E H F D M A 
C A N C E R D E U T E R O O V A R I O E M A M A S E 
S A B W P P Q C C P R M D B B D H H K B K G H C E F 
P K P B M R P E C O N O M I A E H Q H G X B L O H K 
R R J O M O M A B P B K B W D B C P H E H B C B W C 
O H K A B H M R R F P B P M L B H B Y X D W O R F H 
R P Y H P H B P C P O K P G B M B G M S F X W L J C 
 
 
 
Caderno Metodológico 
 Educação Alimentar e Nutricional: o direito humano a alimentação adequada e o 
fortalecimento de vínculos familiares e comunitários 
 
15 
 
Atividade 3: Oficina culinária para as mães 
Objetivos: 
\uf0b7 Incentivar a alimentação complementar saudável para bebês após o 6º mês de 
vida; 
\uf0b7 Estimular o preparo de alimentos no domicílio; 
\uf0b7 Desestimular a utilização de alimentos industrializados na alimentação 
complementar dos bebês (caso isso seja percebido); 
\uf0b7 Favorecer o resgate e/ou promoção da cultura alimentar local; 
\uf0b7 Garantir o direito a alimentação adequada e saudável; 
\uf0b7 Incentivar as famílias no enfrentamento das barreiras individuais no que tange 
ao preparo da alimentação dos filhos; 
\uf0b7 Fortalecimento de vínculos sociais e familiares. 
Participantes: 
\uf0b7 Mulheres ou responsáveis por bebês com mais de seis meses até um ano; 
\uf0b7 Mulheres ou responsáveis por bebês com menos de seis meses e mais de cinco 
meses que apresentam interesse em obter informações sobre alimentação 
complementar, mas que somente irão oferecer a alimentação ao bebê após o 
sexto mês. 
Materiais necessários: 
\uf0b7 Alimentos que compõem a receita elencada; 
\uf0b7 Os materiais necessários para a técnica culinária são utensílios e equipamentos 
de cozinha; 
\uf0b7 Estimula-se que esta técnica contemple para cada participante um conjunto de 
uniforme (touca, luva descartável e avental ou jaleco). 
Cabe destacar que o CRAS somente irá realizar esta atividade se tiver uma 
cozinha em sua estrutura física ou se a copa do CRAS comporte essa atividade. 
Metodologia: 
A culinária contempla a preparação de alimentos como uma das maneiras de 
promover a alimentação complementar saudável. Nestas atividades devem-se priorizar 
as receitas regionais e os alimentos que compõem o hábito alimentar local. 
 
Caderno Metodológico 
 Educação Alimentar e Nutricional: o direito humano a alimentação adequada e o 
fortalecimento de vínculos familiares e comunitários 
 
16 
 
Em um primeiro momento pode-se resgatar as receitas costumeiras com as 
mães ou com as famílias socializando com o grupo. Em segundo, será realizada a 
oficina de preparação das receitas como forma de aprendizado e interação social. 
A equipe técnica também pode propor receitas para realização na atividade. 
Além disso, anterior ao início da atividade, é necessário verificar se os alimentos que 
compõem a receita estão disponíveis no local antes de iniciar o preparo da mesma 
com as famílias. 
A equipe do CRAS irá orientar a preparação da receita com o grupo, 
incentivando a utilização de papas caseiras como forma de alimentar o bebê mesmo 
em famílias que possuem pouco tempo para o preparo de alimentos. 
As mães podem contribuir com outras receitas de sopas e papas gostosas que 
já experimentaram com seus bebês ou que sejam receitas tradicionais de família. 
A receita pode ser fixada em um local da sala e antes do grupo e o técnico 
pode, de forma agradável, informar o nome da receita e os itens que irão ser usados, 
ela pode estar fixada e escrita em papel pardo, em letra bastão de forma que as 
famílias já tenham contato com a escrita previamente. 
Pode-se contextualizar a forma de servir o alimento ao filho como forma de 
fortalecer vínculos e na preparação pode estimular o fortalecimento de vínculos 
sociais. As receitas preparadas podem fazer parte de um caderno de receitas da 
família. 
Sugestão: 
No contexto da culinária podem-se atingir diversos objetivos, de acordo com a 
atividade previamente planejada. Além da atividade exposta, pode ser incentivado o 
contexto das boas praticas de higiene no preparo do alimento e a importância desta 
higiene para os bebês e as crianças. 
É necessário reforçar que algumas crianças aceitarão volumes maiores ou 
menores por refeição, sendo importante observar e respeitar os sinais de fome e 
saciedade da criança. 
Caso CRAS não tenha cozinha, possuindo apenas uma copa, sem equipamentos 
e utensílios