QUESTÕES DE CIÊNCIA POLÍTICA
7 pág.

QUESTÕES DE CIÊNCIA POLÍTICA


DisciplinaCiência Política I25.541 materiais536.705 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1. O Estado tem como condição essencial a territorialidade, pois o que o caracteriza como forma de sociedade 
política historicamente existe é, precisamente, seu caráter territorial. Nessa lógica é correto afirmar que: 
(a) No conceito de território não é necessário levar-se em consideração o elemento normativo, pois toda doutrina 
em torno do território tem caráter puramente geográfico. 
(b) Considerando-se o território como limite espacial dentro do qual o Estado exerce o poder de império sobre os 
cidadãos, este poder não atinge os seus próprios cidadãos quanto estes se encontram em territórios de outros 
Estados. 
(c) Em um mesmo território só um estado exerce o poder com exclusividade, de tal modo que o espaço terrestre 
torna-se soberania territorial. 
(d) Assim como o território pode ser modificado, variar ao longo do tempo e até passar para o domínio de outro 
Estado, existem Estados sem território. 
 2. É correto afirmar que a retórica é: 
(a) Um ato de estelionato filosófico. 
(b) Uma dinâmica de comunicação. 
(c) Uma dinâmica de desconfiança. 
(d) Um ato de ludibriar. 
 3. No Estado Federal Brasileiro: 
(a) Os vereadores possuem, além de imunidade material ou inviolabilidade por suas opiniões, palavras e votos no 
exercício do mandato e nos limites do Estado, também imunidade formal ou processual, esta desde a expedição d 
diploma, o que viabiliza a que sejam presos, salvo em flagrane de crime inafiançável, e processados criminalmente 
sem prévia licença da Câmara a que pertencerem; 
(b) É facultativo à União decretar a intervenção federal nos Municípios dos Estados Federados, desde que a medida 
se destine a pôr termo a grave comprometimento de ordem pública; 
(c) Os estados federados, a exemplo do que ocorre com a união, o distrito federal e os municípios, possuem 
autonomia política; 
(d) a união possui competência legislativa remanescente, assim como os municípios, incumbindo aos Estados 
federados a competência legislativa expressa. 
 4. Três grandes filósofos, Thomas Hobbes, Jean Jaques Rousseau e Jonh Locke, discorrem a respeito da passagem 
do Estado de Natureza para a sociedade civil, para tanto partiram da análise do comportamento do Homem: 1- 
Estado de natureza homem é mau e perverso \u2013 O homem é lobo do próprio homem. 2- Estado de natureza homem 
livre \u2013 Estado que garanta esta liberdade. 3- Estado de natureza \u2013 O homem é bom, mas a sociedade o corrompe. ( ) 
John Locke ( ) Jean Jaques Rousseau ( ) Thomas Hobbes 
(a) 1,3,2 
(b) 3,1,2 
(c) 3,2,1 
(d) 2,3,1 
 5. Quanto à revolução histórica do Estado, marque a alternative incorreta: 
(a) No estado antigo somente era permitido participar das decisões políticas os homens, cujo patrimônio fosse 
suficiente para tanto. 
(b) No estado grego todos os cidadãos podiam participar da política, mas pouco eram considerados cidadãos. 
(c) O estado romano tem sua decadência marcada pela naturalização dos estrangeiros e pela liberdade de culto. 
(d) No estado antigo a autoridade do soberano era baseada na vontade de Deus, motivo pelo qual se falava em 
Estado Teocrático. 
 6. O contrato social é essencialmente 
(a) a violação do pacto social 
(b) manifestação da racionalidade humana 
(c) um acordo fraco entre os indivíduos naturalmente mais fortes 
(d) a manifestação da irracionalidade 
 7. O que é contrato social? 
(a) é naturalmente um acordo assinado sob coação 
(b) é um acordo natural das vontades 
(c) é um pacto baseado em leis naturais 
(d) é um acordo artificial baseado em vontades 
 8. \u201cNessa forma de organizar o Estado, o sistema habilita o governo central a representar as várias entidades 
territoriais que possuem interesses em comum \u2013 por exemplo, defesa e nas relações exteriores \u2013 e permite que cada 
entidade tenha suas próprias identidades, suas, suas próprias leis e seus planos de ação.\u201d O texto acima remete a um 
elemento importante da organização das sociedades contemporâneas: a dimensão político-territorial. No caso, a 
descrição feita no texto diz respeito ao seguinte tipo de estado territorial: 
(a) unitário 
(b) federal 
(c) nenhuma das alternativas 
(d) misto 
 9. Aristóteles classificava as formas de governo de acordo com uma base moral numérica, distinguindo-as em 
puras e impuras. São formas puras de governo na visão de aristóteles, EXCETO: 
(a) burguesia 
(b)democracia 
(c) aristocracia 
(d) monarquia 
 10. Sobre os elementos constitutivos do Estado, pode-se afirmar que: 
(a) é possível encontrar na antiguidade, especialmente entre os romanos, Estados bastantes semelhantes aos que 
existem nos dias de hoje. 
(b) o conceito de povo, para a compreensão do estado, está associado a uma visão cultural e geográfica, 
representando todos aqueles que residem numa dada localidade, inclusive os estrangeiros. 
(c) na vida prática das nações, dentro de uma visão política realista, os vários estados nacionais existentes são 
efetivamente soberanos, possuindo o mesmo poder e prestígio nas relações internacionais. 
(d) a ideia de território necessariamente exige que se refiram as áreas contíguas, não se aceitando a existência de 
espaço físico desconectado com o país. 
 
 11. Acerca da democracia semidireta e da democracia indireta (representativa) assinale a alternativa CORRETA: 
(a) na democracia indireta o povo concede um mandato a alguns cidadãos para que estes, na condição de 
representantes, externem a vontade popular e tomem decisões como se o próprio povo estivesse tomando. 
(b) o recall e o impeachment são mecanismos idênticos de participação popular na democracia, pois ambos tem por 
objetivo cancelar o mandato eletivo do chefe do poder executivo. 
(c) na democracia semidireta o povo participa diretamente de todas as questões políticas do estado. 
(d) o referendo é a possibilidade do povo apresentar um projeto de lei com o objetivo de criar uma lei a respeito de 
determinado assunto. 
 
12. Defina Monarquia. 
 
 
 
 
13. Explique três características do presidencialismo. 
 
 
 
 
14. Quais as finalidades do Estado para Hobbes, Locke e Rousseau? 
 
 
 
 
 
 
15. Faça uma comparação da formação do estado federal no brasil com o caso dos estados unidos. 
 
 
 
 
16. Podemos afirmar que a finalidade pública é pressuposto básico para existência estatal e não elemento integrante 
do mesmo? 
 
 
 
17. A democracia grega seria, nos dias de hoje, considerada como uma democracia plena? 
 
 
 
 
18. "É um corpo intermediário estabelecido entre os vassalos e o soberano para possibilitar a recíproca 
correspondência,encarregado da execução das leis e da manutenção da liberdade, tanto civil como política." Esse 
conceito retrata que elemento? 
(a) Povo 
(b) Soberania 
(c) Finalidade 
(d) Território 
(e) Governo 
 
19. O discurso político é considerado instrumento de relacionamento entre a sociedade, destarte sua função básica 
nesta relação. 
(a) Persuasão,instigação,compreensão,modificação do novo. 
(b)Impor uma ideia e substabelecer uma ligação entre a comunicação e a imaginação. 
(c) compreender a mente humana, e seu aspecto politico. 
(d) Entender o pensamento humano a respeito da politica e sua forma de imposição. 
(e) Analisar a forma de comunicação entre a sociedade e o meio politico. 
 
20. Há duas grandes linhas teóricas que tentam explicar a origem do Estado: as naturalistas e as contratualistas. 
Sobre essas duas correntes e seus representantes, assinale a alternativa CORRETA. 
(a) Locke é um defensor da teoria naturalista, para explicar a origem do Estado. 
(b) Os teóricos contratualistas não defendem que a sociabilidade