modulo2
7 pág.

modulo2


DisciplinaAdministração Municipal150 materiais302 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Painel / Meus cursos / ldo | Turma 3/2017
/ Módulo 2 - Conteúdo da LDO: Parte II / Exercício Avaliativo 2
Iniciado em segunda, 27 nov 2017, 23:03
Estado Finalizada
Concluída em segunda, 27 nov 2017, 23:32
Tempo
empregado 28 minutos 17 segundos
Avaliar 11,20 de um máximo de 14,00(80%)
Exercício Avaliativo 2 https://mooc.enap.gov.br/mod/quiz/review.php?a...
1 de 7 04/12/2017 20:54
Questão 1
Correto
Atingiu 2,80 de 2,80
Entende-se como despesa total com pessoal: o
somatório dos gastos do ente da Federação com os
ativos, os inativos e os pensionistas, relativos a
mandatos eletivos, cargos, funções ou empregos, civis,
militares e de membros de Poder; com quaisquer
espécies remuneratórias, tais como vencimentos e
vantagens, \ufb01xas e variáveis, subsídios, proventos da
aposentadoria, reformas e pensões, inclusive adicionais,
grati\ufb01cações, horas extras e vantagens pessoais de
qualquer natureza; bem como encargos sociais e
contribuições recolhidas pelo ente às entidades de
previdência.
Quanto às despesas com pessoal, assinale a alternativa
incorreta:
a. Como tem uma participação importante na
despesa pública, qualquer alteração na política de
pessoal pode ter grande impacto no orçamento e
precisa ser estudada e avaliada.
b. Além do dever de se planejar e avaliar o
impacto da despesa com pessoal, a LRF limita essa
despesa em relação à Receita Corrente Líquida (RCL),
estabelecendo o limite global de 60% para
Municípios.
c. A LRF estabelece limite para despesa de
pessoal, mas não estabeleceu restrições ou
penalidades caso esse limite seja atingido.
d. O limite de alerta é quando a despesa com
pessoal alcança 90% do limite previsto na lei (para
Municípios é 60% da RCL).
Comentário:
c) A LRF estabeleceu vedações aos entes que
ultrapassarem o limite da despesa de pessoal, entre elas
temos a proibição de: conceder aumento ou adequação
de remuneração a qualquer título; criar cargo, emprego
ou função; alterar a estrutura de carreira que implique
aumento de despesa, etc.
Exercício Avaliativo 2 https://mooc.enap.gov.br/mod/quiz/review.php?a...
2 de 7 04/12/2017 20:54
Questão 2
Correto
Atingiu 2,80 de 2,80
Para responder a questão abaixo, leia o trecho da
reportagem retirada do site estadão.com (2013).
No momento em que Estados e municípios tentam
acelerar investimentos, melhorar serviços públicos -
demandas que ganharam mais peso após a onda de
manifestações pelo País em junho - e reduzir gastos
para manter suas estruturas, a forte ampliação nas
despesas com pessoal nos últimos quatro anos tem
restringido e até neutralizado esses esforços. O alerta
abrange 20 das 27 unidades federativas do País e ajuda
a elevar as pressões por mudanças na legislação \ufb01scal.
Levantamento feito pelo Estado a partir dos relatórios
de gestão \ufb01scal enviados ao Tesouro Nacional mostra
que essa despesa permanente cresceu acima da in\ufb02ação
desde 2009. Vinte unidades federativas já superaram
90% do chamado limite prudencial destinado a gastos
com folha salarial (46,55% da receita). Esse é o segundo
dos três tetos previstos para os Poderes Executivos na
Lei de Responsabilidade Fiscal.
Tomando como base o texto acima e os conhecimentos
adquiridos por você em relação às despesas com
pessoal, assinale a única opção que preenche
corretamente as lacunas abaixo:
a) Toda política de pessoal, de acordo com a
Constituição Federal, deve ser de\ufb01nida em lei, seja para
criação de planos de cargos, \ufb01xação e reajustes de
vencimentos e subsídios, limites máximos para despesa
de pessoal, etc.
Verdadeiro Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
b) A Constituição Federal não exige autorização
especí\ufb01ca na LDO para concessão de vantagens
funcionais, criação e ocupação de cargos e empregos
públicos além de reformulação no plano de cargos e
salários.
Verdadeiro Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
c) A Lei de Responsabilidade Fiscal é a única a disciplinar
a despesa com pessoal.
Exercício Avaliativo 2 https://mooc.enap.gov.br/mod/quiz/review.php?a...
3 de 7 04/12/2017 20:54
Verdadeiro Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
d) Se houver prévia dotação orçamentária su\ufb01ciente
para atender às projeções de despesa de pessoal e aos
acréscimos dela decorrentes não é necessário a
autorização da despesa de pessoal na LDO.
Verdadeiro Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
Comentário:
Está em dúvida por que a segunda, terceira e quarta
a\ufb01rmativas são falsas?
A Constituição Federal exige autorização especí\ufb01ca na
LDO para concessão de vantagens funcionais, criação e
ocupação de cargos e empregos públicos além de
reformulação no plano de cargos e salários.
Tanto a Constituição Federal como a Lei de
Responsabilidade Fiscal disciplinam a despesa com
pessoal.
A Constituição Federal exige autorização da LDO E
dotação orçamentária su\ufb01ciente. Ou seja, a despesa de
pessoal só pode ser feita se atendida essas duas
condições.
Exercício Avaliativo 2 https://mooc.enap.gov.br/mod/quiz/review.php?a...
4 de 7 04/12/2017 20:54
Questão 3
Correto
Atingiu 2,80 de 2,80
De acordo com os conhecimentos aprendidos no curso
LDO para Municípios, assinale qual a relação correta
entre as alterações na legislação tributária e a LDO:
a. A LDO deve disciplinar as alterações na
legislação tributária, em especial aos projetos de lei
que concedam ou ampliem incentivos ou benefícios
de natureza tributária, ou seja, que diminuam a
arrecadação do governo.
b. A LDO autoriza a alteração na legislação
tributária. Sem a previsão na LDO, não se pode
alterar a legislação tributária.
c. A LDO estabelece os efeitos da alteração
tributária na arrecadação do governo.
d. Alterações na legislação tributária não tem
qualquer impacto nas contas públicas.  A LDO
atende a mera formalidade ao citar esse evento em
seus dispositivos.
Comentário:
b) A LDO não tem papel de autorizar a alteração na
legislação tributária, mas de autorizar a LOA a
considerar os impactos na receita de possíveis
alterações tributárias.
c) A LDO determina que a estimativa das receitas do
projeto de lei orçamentária serão considerados os
efeitos de propostas de alteração na legislação
tributária.
d) Alteração na legislação tributária impacta a
arrecadação do governo.
Exercício Avaliativo 2 https://mooc.enap.gov.br/mod/quiz/review.php?a...
5 de 7 04/12/2017 20:54
Questão 4
Correto
Atingiu 2,80 de 2,80
Para responder a questão abaixo, leia o trecho da
reportagem retirada do site jornal do Brasil (2013).
A carga tributária brasileira, ou seja, o volume que os
impostos representam em toda a geração de renda,
atingiu novo recorde de 35,5% no ano passado, segundo
um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
(Ipea) divulgado neste sábado pelo jornal Folha de
S.Paulo. De acordo com o levantamento, no ano
passado a arrecadação de impostos somou R$ 1,564
trilhão do PIB.
O recorde anterior era de 2011, quando a carga
tributária foi de 35,3%. Conforme análise de
pesquisadores do Ipea, o peso dos impostos subiu na
contramão das desonerações promovidas pelo governo
federal. O principal motivo que explica a contradição é o
aumento dos salários, que elevou as contribuições como
Imposto de Renda de Pessoa Física, INSS e os tributos
incidentes sobre a folha de pagamento.
Em relação aos tributos e a LDO, identi\ufb01que a alternativa
incorreta.
a. A LDO deve disciplinar as alterações na
legislação tributária, em especial aos projetos de lei
que concedam ou ampliem incentivos ou benefícios
de natureza tributária.
b. A exigência de constar na LDO a previsão da
alteração na legislação tributária está relacionada ao
dever de planejar e manter o equilíbrio das contas
públicas.
c. O objetivo de prever as alterações da legislação
tributária na LDO é possibilitar a inclusão na LOA dos
impactos provenientes da alteração da receita
tributária.
d. A exigência de previsão da alteração tributária
na LDO é apenas para cumprir formalidades.