empreendedorismo unidade2
27 pág.

empreendedorismo unidade2


DisciplinaEmpreendedorismo25.869 materiais251.305 seguidores
Pré-visualização8 páginas
a re-
alização de atividades, corrigindo possíveis 
desvios e garantindo que tudo saia conforme 
o planejado.
Quem não controla não administra. Neste ponto 
eles acabam se parecendo bastante, pois buscam 
estabelecer metas mensuráveis para medir o de-
sempenho ao longo do processo corrigindo desvios 
se e quando necessário.
Já no quadro a seguir analisaremos as diferenças sobre o ponto de vista das características do 
empreendedor desenvolvidas pelo PNUD:
Características	do	empreendedor Diferenças
Busca de oportunidades e iniciativa Normalmente o empreendedor está mais atento e 
busca mais oportunidades que o gestor.
Correr riscos calculados Normalmente o empreendedor é menos sensível ao 
risco que o gestor.
Quadro 6 \u2013 Algumas diferenças entre empreendedor e gestor com base nas funções básicas do Administrador. 
Fonte: Elaborado pelo autor
23
Exigência de qualidade e eficiência Tanto o bom gestor quanto o empreendedor são 
muito exigentes em termos de qualidade e eficiência. 
Se houver diferença é que o empreendedor de negó-
cio próprio pode chegar a ser insano nesta exigência 
e isto pode se dar pelo fato de o negócio ser efeti-
vamente dele. No caso dos gestores, as melhores 
organizações inclusive buscam que os seus gestores 
tenham altos níveis de ownership, ou seja, ajam como 
se fosse realmente donos do negócio.
Persistência Como já dissemos anteriormente os empreendedores 
são incansáveis e fazem de tudo para que suas ideias 
e projetos aconteçam, não importando quantas vezes 
eles precisem repensar ou refazer algo para alcançar 
o resultado. Os gestores podem ou não serem persis-
tentes a depender da característica individual de cada 
um deles.
Persuasão e rede contatos Neste ponto os Empreendedores e os bons gestores 
agem de forma similar. Enquanto os Empreendedores 
buscam influenciar entes externos para convencer 
pessoas sobre suas ideias os gestores fazem isso 
mais no ambiente interno tentando influenciar pares, 
superiores e sua equipe a seguir os caminhos que ele 
planejou.
Independência e autoconfiança Neste ponto é muito difícil de um gestor superar um 
empreendedor pois o empreendedor é dono de seu 
próprio negócio. Para o gestor obter o mesmo nível 
de independência ele precisa ter um nível extrema-
mente elevado de empregabilidade. Já a autoconfi-
ança varia de pessoa para pessoa, mas normalmente 
os empreendedores sempre demostram altos níveis de 
autoconfiança.
Comprometimento Aos empreendedores não existe a opção de não ser 
comprometido, pois o negócio dele depende deste 
comprometimento. Do contrário será tempo perdido. 
Já os gestores devem ser comprometidos, mas seu 
nível de comprometimento tem alta relação com a 
congruência entre os objetivos e valores organizacion-
ais com os seus próprios. 
Busca de informações Neste ponto empreendedores e gestores se parecem. 
Contudo os empreendedores parecem ser mais veloz-
es, constantes e ter horizontes de tempo mais amplos 
na busca de informações externas que possam afetar 
ou melhorar o seu negócio hoje e no futuro.
Estabelecimento de metas Neste ponto, como já dissemos anteriormente, 
gestores e empreendedores acabam se parecendo 
bastante, pois buscam estabelecer metas mensuráveis 
para medir o desempenho ao longo do processo cor-
rigindo desvios se e quando necessário.
Monitoramento e planejamentos sistemáti-
cos
Idem ao anterior.
Quadro 7 \u2013 Algumas diferenças entre empreendedor e gestor com base nas características do empreendedor 
desenvolvidas pelo PNUD. Fonte: Elaborado pelo autor.
24 Laureate- International Universities
Ebook - Empreendedorismo
Após vistas as principais diferenças, considerando tanto o ponto de vista do empreendedor 
quanto o do gestor, podemos afirmar que todo gestor pode ser um bom empreendedor, mas 
nem sempre o empreendedor é um bom gestor. Muitos dos novos negócios acabam fechando 
no Brasil por esta comum confusão que se faz entre os dois termos. O grupo de médicos 
que abriram uma clínica não são necessariamente os melhores gestores para administra-la. 
Gerir negócios é uma tarefa que muitas vezes vai de encontro a algumas características do 
empreendedor como a flexibilidade para correr riscos. Normalmente o bom gestor tende a ter 
uma maior sensibilidade a correr riscos mais altos quando comparado a do empreendedor 
típico. Talvez por que isto ocorra porque o gestor enxerga as quedas e fracassos como manchas 
no seu currículo que podem prejudicar sua carreira enquanto os empreendedores encaram os 
mesmos pontos como um aprendizado que o deixa mais próximo do sucesso.
Vemos todos os dias empresas que deram certo e empresas que não deram e vemos também 
empresas lideradas por empreendedores e empresas lideradas por gestores. Assim, posso 
dizer que tanto empreendedores quanto gestores têm tanto características similares quanto 
características diferentes. Características ricas e que poderiam complementar tanto estes quanto 
aqueles, se eles trocassem mais experiências e aprendessem mais uns com os outros. Talvez o 
caminho fosse termos um tipo diferente de profissional, o \u201cGestoempreendedor\u201d. Assim mais 
empresas teriam sucesso, mais pessoas teriam sucesso, menos sonhos deixariam de se realizar 
e o nosso pais se desenvolveria mais rápida e consistentemente e o mais importante: teríamos 
mais pessoas felizes.
NÃO DEIXE DE VER...
Se torne um empreendedor de muito sucesso, acesse o link: https://endeavor.org.br/
empreendedores-endeavor/ , e veja as histórias de sucesso de vários empreendedores.
25
Neste capitulo você aprendeu que:
\u2022	O	Empreendedorismo	 já	é	 tema	no	mundo	desde	a	 idade	média,	quando	o	empreendedor	
era aquele que participava ou encarregava-se de projetos de produção em grande escala, até 
os dias atuais onde o empreendedor é visto como aquele que inicia algo novo, que vê o que 
ninguém vê, enfim, aquele que realiza antes, aquele que sai da área do sonho, do desejo, e parte 
para a ação;
\u2022	O	empreendedor	não	é	somente	aquele	que	cria	uma	nova	empresa,	ou	seja,	Empreendedor	
do Negócio Próprio, e que restringir o escopo da palavra apenas a este entendimento, limita 
de oportunidades e possibilidades que o Empreendedorismo pode proporcionar também com o 
Empreendedorismo Corporativo e Empreendedorismo Social;
\u2022	A	universidade	se	tornou	um	ambiente	extremamente	rico	e	propicio	para	o	desenvolvimento	do	
Empreendedorismo como uma forma bastante eficiente de melhorar a economia e a sociedade 
através do aumento da produtividade e da competitividade das empresas atuais e das novas a 
serem criadas;
\u2022	 Há	 uma	 grande	 variedade	 de	 estudos	 apontando	 diferentes	 características	 do	 perfil	
empreendedor, mas que um dos mais usados no Brasil toma por base as dez características 
do comportamento empreendedor de McClelland (1972) que são usadas pelo PNUD e por 
consequência pelo Sebrae, sendo elas: Busca de oportunidades e iniciativa; Persistência; Correr 
riscos calculados; Exigência de qualidade e eficiência; Comprometimento; Busca de informações; 
Estabelecimento de metas; Planejamento e monitoramento sistemáticos; Persuasão e rede de 
contatos; e Independência e autoconfiança;
\u2022	Empreendedor	 e	Gestor	 são	 comumente	 considerados	 sinônimos,	mas	que	na	 verdade	não	
são e que todo gestor pode ser um bom empreendedor, mas nem sempre o empreendedor é um 
bom gestor;
\u2022	Gerir	negócios	é	uma	 tarefa	que	muitas	vezes	vai	de	encontro	a	algumas	características	do	
empreendedor como a flexibilidade para correr riscos. Normalmente o bom gestor tende a ter 
uma maior sensibilidade a correr riscos mais altos quando comparado a do empreendedor típico. 
 
SínteseSíntese
26 Laureate- International Universities
Ebook - Empreendedorismo
ARAÚJO, Luis César G. de. Teoria	geral	da	administração:	aplicação	e	resultados	nas	
empresas	brasileiras. São Paulo: Atlas, 2004.
BHIDÉ, A.