Aula1 TecidosEpitelialRev Conjuntivo Muscular
58 pág.

Aula1 TecidosEpitelialRev Conjuntivo Muscular


DisciplinaAnatômica386 materiais782 seguidores
Pré-visualização2 páginas
células cartilaginosas. 
-TIPO III: frequentemente associado ao tipo I, forma as fibras reticulares. 
-TIPO IV: sintetizado por células epiteliais (constituinte da lâmina basal). 
-TIPO V: associa-se ao tipo I para formar fibrilas (ex: placenta). 
-TIPO XI: participa da estrutura das fibrilas colágenas junto com o tipo II 
(cartilagens). 
Tec. conjuntivo frouxo 
Característica: 
- Proporções equivalentes de: 
\u2022 Células (fibroblastos) 
\u2022 Fibras (colágenas) 
\u2022 Substância Fundamental 
Ocorrência: lâmina própria (bexiga, traquéia, 
etc), pele 
Tec. conjuntivo frouxo 
 
É o tecido conjuntivo mais comum. 
Preenche espaços entre as fibras e feixes musculares, serve de 
apoio para os epitélios e forma uma camada em torno dos vasos 
sanguíneos e linfáticos. 
É encontrado na pele, nas mucosas e nas glândulas apoiando e 
nutrindo células epiteliais. 
Tecido conjuntivo Frouxo - Bexiga 
Tecido epitelial de transição 
Tecido conjuntivo frouxo (células e fibras em quantidade 
equilibrada) 
Tecido conjuntivo denso 
Característica: 
- Predominância de fibras colágenas 
\uf0af 
\uf0ad 
\uf0af 
Células (fibroblastos) 
Fibras (colágeno) 
Substância Fundamental 
Tecido menos flexível do que o frouxo e muito mais resistente 
às trações. 
Tecido Conjuntivo denso não modelado 
Característica: 
- as fibras colágenas estão dispostas em várias 
orientações; 
Ocorrência: derme profunda da pele; esôfago; 
etc; 
Derme 
Tec. Conj. Denso não modelado caracteriza-se 
de fibras colágenas (material róseo) dispostas 
pela grande quantidade 
em várias orientações, 
menor nº de células quando comparado com tec. Conjuntivo frouxo 
Corte de esôfago 
Ep= Epitélio, D= ducto, TC = tecido conjuntivo 
Gl= glândulas 
denso não modelado 
Tecido conjuntivo denso modelado 
Característica: 
- As fibras colágenos estão orientadas em uma 
única direção, apresentam alto grau de 
compactação. 
Apresentam grande resistência e pouca elasticidade 
Ocorrência: tendão e ligamentos 
Tendão 
Tec. Conj. Denso modelado caracteriza-se pela grande quantidade de 
fibras colágenas (material róseo) dispostas na mesma orientação. 
Observar os núcleos dos fibrobalstos. 
TECIDO MUSCULAR 
Função: Movimentos corporais 
Tipos: 
T.M. 
T.M. 
T.M. 
Liso 
Estriado 
Cardíaco 
Esquelético 
Características morfológicas 
da fibra muscular estriada 
esquelética: 
-Alongada; 
-Diâmetro regular; 
-Multinucleada; 
-Núcleos periféricos; 
-Estrias transversais; 
O Filamento fino (actina) desliza sobre o filamento grosso (miosina). 
para encurtar a fibra muscular, podendo diminuir cerca de 2/3 até à 
metade do seu comprimento. 
Some a banda I durante a contração. 
\u2022 Com a liberação do 
combina com troponina. 
Ca++ , este se 
\u2022A troponina empurra a tropomiosina. 
\u2022 Em consequência, ficam exposto o 
local de combinação da actina com a 
miosina. 
\u2022 A cabeça da miosina liga-se à actina e 
o ATP se decompõe em ADP+ Pi, 
produzindo o movimento da cabeça da 
miosina. 
\u2022 O Filamento fino (actina) desliza 
sobre o filamento grosso (miosina). 
Obs: A contração continua até que os íons 
Ca++ sejam removidos e o complexo de 
troponina-tropomiosina cubra novamente 
o local da combinação da miosina. 
Na presença de cálcio, o 
sítio de interação da actina 
com a miosina fica exposto 
= contração muscular 
Na ausência de cálcio, o 
sítio de interação da actina 
com a miosina não fica 
exposto = não há contração 
muscular 
Tecido Muscular Cardíaco 
Corte longitudinal Corte transversal 
Discos intercalares 
Tecido Muscular Cardíaco 
DISCOS INTERCALARES - representam os complexos juncionais 
encontrados na interface de células musculares adjacentes 
Tecido Muscular Liso 
Corte transversal Corte longitudinal 
Morfologia do músculo liso 
Na fibra muscular existem alguns filamentos de miosina 
entremeados entre muitos filamentos de actina. Os longos filamentos 
de actina estão unidos por corpúsculos densos. 
Fibra muscular relaxada Fibra muscular contraída 
Fibra muscular estriada 
esquelética 
Fibra muscular 
cardíaca 
Fibra muscular lisa 
músculo 
cardíaco 
músculo 
estriado 
esquelético músculo 
liso