Linguística II - Avaliando o Aprendizado
37 pág.

Linguística II - Avaliando o Aprendizado


DisciplinaLinguistica II686 materiais9.494 seguidores
Pré-visualização15 páginas
\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_nao.gif" \* MERGEFORMATINET 
	O "erro" é considerado como uma avaliação essencialmente social, isto é, não é propriamente a língua que está sendo avaliada, mas, na verdade, a pessoa que está usando a língua daquele modo.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Existe apenas uma forma certa de dizer as coisas. Será considerado erro qualquer uso que escape desse modelo idealizado, toda pronúncia, vocabulário ou sintaxe que revele a origem social desprestigiada do falante.
	
	Todas as formas de expressão verbal têm organização gramatical, seguem regras e têm uma lógica lingüística perfeitamente demonstrável.
	
	6a Questão (Ref.: 201504547019)
	
	
	Numa conversa entre dois estudantes, ouviu-se: 
- a língua de uma tribo indígena é inferior ao Inglês, claro. 
- sim, é só pensar nas pessoas que falam uma e outra, não é mesmo ?
 Tal entendimento equivocado sobre as línguas naturais pode ser explicado à luz da Sociolinguística na opção: 
	
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Não há língua superior a outra. O que há é língua com mais prestígio social que outra;
	
	A estrutura linguística do Inglês é muito mais rica;
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_nao.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Os componentes existentes em todas as línguas naturais não são encontrados, em sua totalidade, em línguas indígenas;
	
	Línguas com menos falantes são inferiores, pois têm comunidade de fala menor;
	
	Por ser uma das línguas mais faladas, o Inglês é superior a todas as outras línguas;
	
	7a Questão (Ref.: 201504575243)
	
	
	A Sociolinguística mostra que a variação faz parte de todos os sistemas linguísticos, mas que essa variação tem como consequência uma avaliação das variedades que compõem uma língua. A partir dessa afirmativa, leia as alternativas abaixo:
 
I.              O estigma de uma estrutura como a gente vamos explica-se linguisticamente porque essa forma é errada.
II.            A explicação para o preconceito diante da estrutura a gente vamos passa por fatores extralinguísticos como a classe social das pessoas que a utilizam. 
III.           Para a Gramática Normativa e para a Linguística, a gente vamos está incorreto, porque a gente é uma estrutura não prescrita.
 
A partir de sua leitura, pode-se afirmar que:
	
	
	I e II estão corretas.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Somente II está correta.
	
	Somente I está correta.
	
	Somente III está correta.
	
	I, II e III estão corretas.
	
	8a Questão (Ref.: 201504701736)
	
	
	A Sociolinguística nos mostra que há um discurso científico, embasado nas teorias da Linguística moderna (noções de variação e mudança) e um discurso do senso comum, baseado na visão normativa sobre a linguagem e que opera com a noção de erro. Considerando-se as premissas da Sociolinguística, baseadas no discurso científico, qual das alternativas a seguir está INCORRETA?
	
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	A ocorrência de A GENTE VAMOS NA FESTA é considerada erro pela Sociolinguística, já que foge à prescrição da Gramática Normativa.
	
	A padronização é historicamente definida: cada época determina o que considera como forma padrão: as línguas mudam e a definição de certo e errado também.
	
	Todas as variedades de uma língua são igualmente complexas e o preconceito linguístico, baseado no senso comum, carece de lógica.
	
	A Sociolinguística nos mostra através de estudos sobre variação linguística que, com o tempo, um item em variação pode tomar o caminho da mudança linguística e se tornar permanente.
	
	Variações sociais são percebidas entre grupos socioeconômicos e compreendem fatores como idade, sexo, profissão, nível de escolarização, classe social. 
Aula 8
	1a Questão (Ref.: 201505185166)
	
	
	Para os funcionalistas, o processo de gramaticalização é um processo de regularização do uso da língua. Assim, itens que fazem parte do léxico e construções sintáticas passam a ser utilizados com novas funções gramaticais. Considerando-se esse ponto de vista, leia as afirmativas a seguir: 
I. Um aluno diz: ENTENDI TODA A EXPLICAÇÃO DO PROFESSOR: ENTENDI é exemplo de marcador discursivo. 
II. Alguém tem UM BARCO DE OITENTA PÉS: nesse uso de PÉS temos uma metáfora e, portanto, um marcador discursivo. 
III. Meu amigo diz EU NÃO QUIS COMPRAR A ROUPA, SABE?: temos em SABE? um marcador discursivo. 
A partir de sua leitura: 
	
	
	Somente I está correta.
	
	Todas estão corretas.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Somente III está correta.
	
	I e II estão corretas.
	
	Somente II está correta.
	
	2a Questão (Ref.: 201504575262)
	
	
	A citação Preocupa-se em estudar a relação entre a estrutura gramatical das línguas e os diferentes contextos comunicativos em que elas são usadas. (Cunha, 2009:157) refere-se 
	
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_nao.gif" \* MERGEFORMATINET 
	ao Formalismo.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	ao Funcionalismo.
	
	ao Estruturalismo.
	
	ao Gerativismo.
	
	à Sociolinguística.
	
	3a Questão (Ref.: 201505185168)
	
	
	A corrente funcionalista surge como reação às impropriedades constatadas nos estudos de cunho estritamente formal, ou seja, nas pesquisas estruturalistas e gerativistas. Partindo-se do que a Teoria Funcionalista preconiza, avalie as sentenças a seguir. Pensando-se nos pressupostos dessa teoria, leia as afirmativas a seguir. 
I. Deixa-se de lado a ideia de que a linguagem é a forma de expressão do pensamento, já que os funcionalistas a concebem como instrumento de interação social. 
II. Os modelos funcionalistas investigam as funções que a linguagem pode desempenhar nas situações comunicativas. 
III. Segundo os funcionalistas, não há motivações nos usos da língua: as estruturas possuem usos fixos e isso faz com que não haja possibilidade e adaptação. 
A partir de sua leitura, 
	
	
	Somente II está correta.
	
	Somente I está correta.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_nao.gif" \* MERGEFORMATINET 
	Todas estão corretas.
	
	Somente III está correta.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	I e II estão corretas.
	
	4a Questão (Ref.: 201504575280)
	
	
	Em contextos de fala, os indivíduos usam uma série de elementos, tais como né?, sabe?, entende?, tipo assim. Para o Funcionalismo, esses elementos são chamados de
	
	
	operadores argumentativos.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_nao.gif" \* MERGEFORMATINET 
	vícios de linguagem.
	
	categorias discursivas.
	\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://simulado.estacio.br/img/imagens/peq_ok.gif" \* MERGEFORMATINET 
	marcadores discursivos.
	
	elementos relacionais.
	
	5a Questão (Ref.: 201505185165)
	
	
	"O Funcionalismo é uma corrente linguística que, em oposição ao estruturalismo e ao gerativismo, se preocupa em estudar a relação entre a estrutura gramatical das línguas e os diferentes contextos comunicativos em que são usadas.¿"(CUNHA, Angélica Furtado da. Funcionalismo. In. MARTELOTTA, Mário E. (Org.) Manual de Linguística. São Paulo: Contexto, 2010.) 
Partindo-se da afirmativa acima, leia as afirmativas a seguir. 
I. O Funcionalismo estuda a língua em situações reais de comunicação. 
II. Os usuários da língua adaptam estruturas já existentes às suas necessidades de comunicação. 
III.