Literatura Hispano-Americana - Avaliando o Aprendizado
24 pág.

Literatura Hispano-Americana - Avaliando o Aprendizado


DisciplinaLiteratura Hispano-americana266 materiais1.185 seguidores
Pré-visualização8 páginas
fundo do 
corredor que levava daqueles quartos até a porta. Joguei-me contra a parede antes que fosse tarde demais, fechei-a de um 
golpe, apoiando meu corpo; felizmente a chave estava colocada do nosso lado e também passei o grande fecho para mais 
segurança". 
Este é um fragmento do conto "Casa tomada", do escritor Júlio Cortázar. A qual época/ movimento literário hispano-
americano está ligado? Marque a resposta correta: 
 
 Romantismo 
 Neoclassicismo. 
 Barroco. 
 Nova narrativa dos anos 60. 
 Naturalismo. 
 
7
a
 Questão (Ref.: 201504644808) 
 
 
Observe os enunciados a seguir. Dentre eles, alguns são FALSOS (F) e outros são VERDADEIROS (V). Identifique a 
ordem correta, respectivamente. 
I - Pablo Neruda, ao conceber sua escrita poética, não levou em consideração os acontecimentos de sua época, nem a 
realidade que lhe tocou viver. 
II - Pablo Neruda era um apaixonado pela vida, pelo homem agônico do século XX. 
III - Pablo Neruda não soube relativizar em sua poesia os valores absolutos do conhecimento puramente racional que 
consideram que há uma verdade única. 
IV - Desde muito jovem, viu-se interessado pela poesia e com apenas 13 anos escreveu o artigo "Entusiasmo y 
Perseverancia". 
 
 F, V, F, V 
 V, V, F, V 
 F, F, V, V 
 F, V, V, V 
 V, V, V, F 
 
8
a
 Questão (Ref.: 201505193269) 
 
 
Autor que não faz parte do grupo do "boom", no período da "Nova Narrativa Hispano-Americana": 
 
 Julio Cortázar 
 Jorge Luis Borges 
 Carlos Fuentes 
 Gabriel García Márquez 
 Rubén Darío 
Aula 10 
1
a
 Questão (Ref.: 201505065587) 
 
 
Fundador de uma obra que transita por entre labirintos e jogos paródicos. Jorge Luis Borges provou que a Obra de arte 
não é apenas a tradução do pensamento de um autor. Portanto, para ler a Obra de Jorge Luis Borges é necessário: 
 
 lembrar que em sua narrativa não há correspondência com a metafísica revelando ser a sua escrita bem 
tradicional. 
 lembrar que Borges abomina o uso da metáfora e por isso não lança mão de simbologias em suas narrativas. 
 buscar informações fora de seu texto pois que não apresenta elementos necessários para a permanência e o 
entendimento do leitor e sua narrativa sempre menciona elementos exteriores. 
 saber que sua Obra busca trabalhar com o tema da "civilização versus a barbárie". 
 abandonar a busca de uma significação que concerne apenas a lógica. É necessário buscar o sentido de sua 
configuração fantástica. 
 
2
a
 Questão (Ref.: 201504721097) 
 
 
Na ficção contemporânea de Cortázar, Borges e García Márquez: 
 
 a poesia canta o geral, enquanto a história conta o particular. 
 persiste a orientação sobre a aceitação de regras, a aplicação do raciocínio exato e o uso da clareza. 
 há a sugestão da razão como característica fundamental do homem. 
 há uma métrica tradicional do tempo. 
 ocorre a dupla realização do surreal, pois além da criação de uma realidade ficcional, cria-se outra: a Fantástica. 
 
3
a
 Questão (Ref.: 201504743559) 
 
 
O dinamismo estruturador da narrativa de Jorge Luis Borges está refletido em sua discursividade textual. Marque o item 
que revela como isso ocorre. 
 
 Borges prega uma arte voltada para o futuro e, pretende em sua obra a destruição radical do passado. 
 Sua obra tem características singulares como a busca por temas sensuais e a fusão do surrealismo europeu com o 
realismo de militante comunista. 
 Borges quis, antes de mais nada, americanizar toda a literatura através de temas nacionais hispânicos vertidos 
numa linguagem mais próxima da fala. 
 Em sua obra Borges pretende demolir os valores consagrados, pelo simples gosto de destruir, sem intenção de 
colocar coisa alguma em substituição. 
 Na narrativa de Borges, a literatura oferece uma nova visão de mundo, mais complexa, e visa que o leitor 
participe e manipule os elementos da obra, para chegar a sua própria leitura. 
 
4
a
 Questão (Ref.: 201504720671) 
 
 
Sobre literatura fantástica é correto afirmar que o Fantástico: 
 
 caracteriza um mundo estático, cujas instituições são representadas por leis morais e ideais de verdades 
absolutas. 
 configura-se como um momento central na cultura do Renascimento. 
 aponta para a crise religiosa da Reforma e da Contra Reforma. 
 manifesta um escândalo, uma ruptura, uma irrupção insólita da realidade. 
 representa a estética do decadentismo. 
 
5
a
 Questão (Ref.: 201504743558) 
 
 
Segundo Todorov, três condições são necessárias para a existência do Fantástico na literatura. Marque o item que 
apresenta uma dessas três condições. 
 
 A exigência no texto de o leitor considerar o mundo dos personagens como o mundo de pessoas vivas e hesitar 
entre uma explicação natural e sobrenatural para a ocorrência dos fatos na história contada. 
 O reflorescimento dos estudos da Antiguidade que amplia o modo de entender os escritores gregos e latinos. 
 A imitação dos antigos greco-romanos, valores máximos da humanidade. 
 A resposta ao racionalismo com um forte sentimentalismo afirmando que a arte não provém da razão, mas dos 
desejos do coração. 
 O desenvolvimento do ideal bucólico que se difundiu valorizando a natureza como lugar privilegiado para a 
realização do ideal de equilíbrio. 
 
6
a
 Questão (Ref.: 201505114984) 
 
 
Esta categoria narrativa está inevitavelmente associada aos acontecimentos maravilhosos, na opinião do escritor 
argentino Jorge Luis Borges. 
 
 Literatura Contemporânea. 
 Literatura Fantástica. 
 Literatura Moderna. 
 Literatura Gauchesca. 
 Literatura Pré-colombina. 
 
7
a
 Questão (Ref.: 201504733169) 
 
 
Na narrativa fantástica, unem-se natural e sobrenatural. Há nesta escrita uma forte tendência: 
 
 a não utilização de elementos simbólicos. 
 à cópia imediata da realidade. 
 a enfatizar os aspectos ambíguos e misteriosos da mentalidade humana. 
 ao lirismo exacerbado, apresentado nos personagens. 
 à afirmação do realismo tradicional, CRIOLISTA. 
 
8
a
 Questão (Ref.: 201505065475) 
 
 
Complete o enunciado: "A ficção Fantástica..." 
 
 ...pondera, fabrica um outro mundo com palavras, pensamentos e realidades que são deste mundo. 
 ...está centrada na linguagem popular. 
 ...representa o romantismo amoroso em sua narrativa. 
 ...descobre as singularidades das paisagens hispano-americanas. 
 ...censura o gosto pela retórica e principalmente a inutilidade da estética do mágico. 
SIMULADO I 
1
a
 Questão (Ref.: 201504727668) Acerto: 1,0 / 1,0 
De nobre descendência inca e espanhola, é considerado o patriarca da literatura peruana: 
 
 Padre Bartolomé de las Casas. 
 Soror Juana Inés de la Cruz. 
 Juan Ruiz de Alarcón. 
 Cristóvão Colombo. 
 Garcilaso de la Vega, Inca 
2
a
 Questão (Ref.: 201504733637) Acerto: 1,0 / 1,0 
Leia as afirmativas e assinale a ÚNICA alternativa correta: 
 
 O descobrimento e a conquista da América não possuem descrições, registros escritos oficiais. 
 Somente os cronistas conquistadores (Colón e Hernán Cortés) são instituídos pela coroa para narrar o cotidiano 
da colônia Americana. 
 A Crônica, de grande tradição na Europa do século XV, não se popularizou na América. 
 No período da Conquista da América, são vários os cronistas instituídos por mandato real. 
 As Crônicas de Viagens dos conquistadores da América não são consideradas relatos oficiais. 
3
a
 Questão (Ref.: 201504619226) Acerto: 1,0 / 1,0 
Leia o texto a seguir: 
"Este amoroso tormento/ que em meu coração se vê/ sei o que sinto e não sei/ a causa porque o sinto./ Sinto uma grave 
agonia por ganhar um devaneio,/ que começa como desejo/ e termina como melancolia".