PROCESSO CIVIL NCPC
263 pág.

PROCESSO CIVIL NCPC


DisciplinaDireito Processual Civil I42.840 materiais742.186 seguidores
Pré-visualização50 páginas
ao réu os efeitos mencionados no art. 240 
depois que for validamente citado. 
\uf0fc Interrupção da prescrição: é o despacho citatório que inteé preciso que o autor adote as 
providências necessárias para viabilizar a citação. O CPC de 73 previa que o autor tinha 
que promover a citação. Quem promove a citação é o oficial de justiça e não o autor, por 
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Retângulo
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isso a redação foi alterada. Se o autor não tomar as medidas para viabilizar a citação, o 
despacho citatório não retroage à data da propositura conforme disposto no art. 240, § 
2º (não entendi o que acontece em relação à interrupção da prescrição nesse caso, 
porque o Fredie disse que a prescrição nesse caso de inércia do autor será interrompida 
com a citação, mas não faz muito sentido já que o novo CPC mudou essa sistemática \u2013 
pesquisar depois): 
\uf0fc Art. 240, § 1o A interrupção da prescrição, operada pelo despacho que ordena a citação, 
ainda que proferido por juízo incompetente, retroagirá à data de propositura da ação. 
\uf0fc Art. 240, § 2o Incumbe ao autor adotar, no prazo de 10 (dez) dias, as providências 
necessárias para viabilizar a citação, sob pena de não se aplicar o disposto no § 1o. 
\uf0fc Art. 240, § 3o A parte não será prejudicada pela demora imputável exclusivamente ao 
serviço judiciário \u2013 Súmula 106 do STJ. 
\uf0fc Art. 240, § 4o O efeito retroativo a que se refere o § 1o aplica-se à decadência e aos 
demais prazos extintivos previstos em lei. 
\uf0fc Se o réu ganhar sem ter sido citado, caberá ao escrivão ou chefe de secretaria 
comunicar-lhe o resultado do julgamento. Mas essa previsão deve ser analisada em 
conjunto com outra previsão do CPC: indeferimento da petição da inicial e não sendo 
interposta a apelação, o réu deverá ser intimado do trânsito em julgado (obs.: o 
indeferimento liminar da petição inicial é sempre sem exame de mérito). Ou seja, sempre 
que houver uma sentença limitar de mérito (art. 241) ou sem exame de mérito (art. 331), 
ele deverá ser intimado: 
\uf0fc Art. 241. Transitada em julgado a sentença de mérito proferida em favor do réu antes da 
citação, incumbe ao escrivão ou ao chefe de secretaria comunicar-lhe o resultado do 
julgamento. 
\uf0fc Art. 331. (Indeferimento liminar da petição inicial) 
\uf0fc Art. 331, § 3o Não interposta a apelação, o réu será intimado do trânsito em julgado da 
sentença 
\uf0fc Mudanças sensíveis na citação de entes públicos: 
i. Art. 242, § 3o: A citação da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e de 
suas respectivas autarquias e fundações de direito público será realizada perante o 
órgão de Advocacia Pública responsável por sua representação judicial. A 
pessoalidade da citação do ente público é no advogado público. Essa foi uma 
reivindicação importante feita pelos advogados públicos; 
ii. Art. 246, §§ 1º e 2º: a citação dos entes públicos e das pessoas jurídicas será eletrônica. 
Com exceção das microempresas e das empresas de pequeno porte, eles são 
obrigados a manter cadastro nos sistemas de processo em autos eletrônicos, para 
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
efeito de recebimento de citações e intimações, as quais serão efetuadas 
preferencialmente por esse meio. Art. 1050: A União, os Estados, o Distrito Federal, 
os Municípios, suas respectivas entidades da administração indireta, o Ministério 
Público, a Defensoria Pública e a Advocacia Pública, no prazo de 30 (trinta) dias a 
contar da data da entrada em vigor deste Código, deverão se cadastrar perante a 
administração do tribunal no qual atuem para cumprimento do disposto nos arts. 246, 
§ 2o, e 270, parágrafo único. Art. 1051: As empresas públicas e privadas devem 
cumprir o disposto no art. 246, § 1o, no prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data de 
inscrição do ato constitutivo da pessoa jurídica, perante o juízo onde tenham sede ou 
filial. Lacuna do CPC: e as pessoas de direito privado já existentes? Fredie entende 
que deve ser aplicado art. 1050 e o prazo é de 30 dias, da mesma forma que é para 
as pessoas de direito público já existentes. 
\uf0fc No rol das modalidades de citação, além da preferência da citação eletrônica no caso de 
pessoas jurídicas, houve a inclusão da possibilidade de citação pelo escrivão ou chefe 
de secretaria, que é uma citação feita por termo nos autos. 
\uf0fc Art. 246. A citação será feita: 
I. pelo correio; 
II. por oficial de justiça; 
III. pelo escrivão ou chefe de secretaria, se o citando comparecer em cartório; 
IV. por edital; 
V. por meio eletrônico, conforme regulado em lei. 
\uf0fc Citação postal: era proibida no processo de execução. Não há mais essa proibição. 
\uf0fc A citação postal nas ações de estado é possível. 
\uf0fc É possível deixar a citação na portaria: Art. 248. § 4º: Nos condomínios edilícios ou nos 
loteamentos com controle de acesso, será válida a entrega do mandado a funcionário da 
portaria responsável pelo recebimento de correspondência, que, entretanto, poderá 
recusar o recebimento, se declarar, por escrito, sob as penas da lei, que o destinatário 
da correspondência está ausente. 
\uf0fc Citação com hora certa: agora são DUAS vezes (e não mais 3 vezes). Também é 
possível deixar a citação na portaria. Art. 253, § 3º: A citação com hora certa será 
efetivada mesmo que a pessoa da família ou o vizinho que houver sido intimado esteja 
ausente, ou se, embora presente, a pessoa da família ou o vizinho se recusar a receber 
o mandado. A revelia decorrente de citação por hora certa gera a nomeação de curador 
especial e isso deve constar no mandado essa advertência. Na citação com hora certa 
havia a obrigação do escrivão mandar uma carta ao citado: agora o CPC estabelece um 
prazo de 10 dias contados da juntada do mandado de citação para enviar essa carta. 
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Selecionar
isadora
Retângulo
\uf0fc Citação em comarca contígua: ainda é possível e, além disso, ampliou-se as 
possibilidade para além da citação: penhora em comarca contígua ou na mesma região 
metropolitana. 
\uf0fc Citação por edital: qualquer edital, seja qual o assunto, será publicado numa plataforma 
nacional de editais do CNJ e no sítio do tribunal. Há uma presunção de localização 
ignorada ou incerta do réu para fins de citação por edital (art. 256, § 3º): O réu será 
considerado em local ignorado ou incerto se infrutíferas as tentativas de sua localização, 
inclusive mediante requisição pelo juízo de informações sobre seu endereço nos 
cadastros de órgãos públicos ou de concessionárias de serviços públicos. 
o Mas o juiz poderá determinar que a publicação do edital seja feita também em 
jornal local de ampla circulação ou por outros meios, considerando as 
peculiaridades da comarca, da seção ou da subseção judiciárias. 
\uf0fc Não existem mais os procedimentos especiais de usucapião de imóvel e nem de ação 
de recuperação ou substituição de título ao portador. A peculiaridade principal desses 
procedimentos era a cãolicação de edital. Dessa forma, o Novo CPC eliminou esses 
procedimentos, mas manteve a necessidade de publicação de edital: 
\uf0fc Art. 259. Serão publicados editais: 
I. na ação de usucapião de imóvel; 
II. na ação de recuperação ou substituição de título ao portador; 
III. em qualquer ação em que seja necessária, por determinação legal, a provocação, para 
participação no processo, de interessados incertos ou desconhecidos. 
15. Petição inicial 
\uf0fc Início do processo: 
i. antes: data da distribuição ou pelo despacho inicial; 
ii. novo