Relatório de Estágio Supervisionado II 0 588325
49 pág.

Relatório de Estágio Supervisionado II 0 588325


DisciplinaPrática de Ensino do Ensino Médio14 materiais403 seguidores
Pré-visualização10 páginas
com SILVA (2010), \u201ca DRE abriga, Receitas, Custos dos Produtos, das mercadorias e serviços e as despesas relativas a determinado período\u201d. 
A DRE tem função primordial, confronta as despesas, custos com as receitas obtidas no empreendimento, apresentando o resultado líquido. 
2.1.4. Analises de Demonstrações Contábeis \u2013 ADC
A ADC é uma técnica que realiza uma avaliação da situação da empresa em seus aspectos econômicos, patrimoniais e financeiros, é a oportunidade para o analista diagnosticar a saúde financeira da empresa que está sendo estudada.
Para SAPORITO, (2015, p. 33 e 38);
ADC e um instrumento flexível que permite a seu usuário valorizar o que for mais importante para a sua necessidade especifica. Não há, portanto, uma única forma de analisar demonstrações contábeis e considerar que a ADC e um conjunto de técnicas capazes de transformar valores monetários das mais diversas contas abrangidas nas demonstrações em indicadores capazes de trazer informações uteis para o entendimento da situação econômica e financeira da empresa analisada.
Quando são analisadas, as demonstrações contábeis de uma empresa passam a ter valor como informação e deixam de ser apenas uma reunião de dados.
Segundo LUNELLI (Portal da Contabilidade);
O objetivo da Análise das Demonstrações Financeiras é oferecer um diagnóstico sobre a real situação econômico-financeira da organização, utilizando relatórios gerados pela Contabilidade e outras informações necessárias à análise, relacionando-se prioritariamente a utilização por parte de terceiros e o produto da análise é apresentado em forma de um relatório que inclui uma análise da estrutura, a composição do patrimônio e um conjunto de índices e indicadores que são cuidadosamente estudados e pelos quais é formada a conclusão do analista.
Embora seja uma técnica é extremamente importante, podem existir alguns aspectos das empresas que não ficam bem claros com estas análises, sendo então necessário um estudo mais aprofundado da empresa para o esclarecimento de todos os pontos obscuros.
Segundo SAPORITO, (2015, p. 51) \u201co Balanço Patrimonial e a Demonstração de Resultado são as demonstrações contábeis mais utilizadas para afim de analises\u201d.
São utilizadas as mais diversas técnicas de análise, mais banco da Amazônia utiliza as duas técnicas mais usadas com base em demonstrações contábeis que são a análise vertical e a análise horizontal.
A análise vertical consiste em obter o percentual de cada conta do balanço e do resultado em relação a um valor base. Seu objetivo mais comum é aferir a importância de cada conta do balanço em relação ao ativo total bem como de cada conta da DRE em relação à receita líquida de vendas. Por ser uma análise estrutural, permite inferir se há itens fora das proporções normais.
Segundo SAPORITO (2015, p. 96 e 102),
 Análise vertical de demonstrações contábeis consiste no estudo da composição, em termos percentuais, de cada demonstração contábil, aplicada a várias demonstrações especificas de cada data ou período, de extrema utilidade, pois permite averiguar importância relativa das parte que formam a demonstração. A técnica de analise horizontal de demonstrações contábeis foi criada, em 1925 por Stephen Gilman, com forma de ampliar a visão de analise até então restrita à já existente de índices (coeficientes), cita ainda que a análise horizontal tem como objetivo mostrar a evolução, no tempo, das várias contas e grupos que compõe uma demonstração contábil.
A análise horizontal consiste em observar o comportamento dos valores de um mesmo item em anos sucessivos. Seu objetivo é visualizar a evolução percentual de cada item ocorrida entre a demonstração financeira atual e a demonstração anterior ou ainda em relação à demonstração mais antiga \u2013 ano-base. Pela comparação, a análise horizontal permite chegar a conclusões.
2.1.5. Índices/Indicadores Financeiros
Uma das abordagens mais populares da análise das demonstrações financeiras é a baseada na obtenção e interpretação de um conjunto de indicadores, chamados índices ou quocientes.
Segundo SILVA (2010, p. 220), citado por Seleme (2012, p. 154)\u201d
Os índices financeiros são \u201crelações entre contas ou grupo de contas das demonstrações contábeis, que tem por objetivo fornecer informações que não são fáceis de serem visualizadas de forma direta nas demonstrações contábeis\u201d.
Os índices refletem a situação econômica, a situação financeira ou a eficiência operacional da empresa. 
Segundo MATARAZZO (2010, p. 147) citado por Saporito (2015, p. 150), 
Os índices constituem a técnica de análise mais empregada. Muitas vezes na pratica, ou mesmo em alguns livros, confunde-se analise de balanço com extração de índices. A característica fundamental dos índices é fornecer ampla situação econômica ou financeira da empresa.
Como os índices nada mais são do que relações entre contas ou grupos de contas do balanço patrimonial e da demonstração do resultado do exercício, existe uma grande quantidade de índices.
Segundo, SAPORITO (2015, p. 150), 
Os índices financeiros podem ser divididos em três diferentes categorias, conforme o quesito que pretendemos avaliar por meio de sua utilização. Ha índices para avaliar liquidez, estrutura e rentabilidade Existe uma quarta categoria, os índices de atividade, que servem como complementos para a avaliação da liquidez e da rentabilidade.
Os indicadores econômico-financeiros de análise são: índices de rentabilidade, índices de estrutura de capital, índices de alavancagem, índices de liquidez ou solvência, índices de atividade.
 		Para HOJI (2010), \u201cos índices de estrutura de capital relacionam as fontes de capitais entre si e com o Ativo Não Circulante\u201d.
Esse indicador evidenciam o grau de dependência financeira da empresa em relação ao capital de terceiros, bem com o nível de imobilização da companhia (SELEME, 2012, p. 161).
Segundo SELEME (2012, p. 161) \u201co grau de endividamento mostra a parcela dos ativos comprometida com o endividamento a terceiros\u201d.
Os índices de liquidez, segundo HOJI 2010, citados por Seleme, (2012, p. 155), \u201cmedem a capacidade da empresa no que diz a respeito ao cumprimento de suas obrigações, ou seja, determina a situação financeira da empresa\u201d.
BALBINOT (Blog Fluxo Contábil) \u201ccita que a Liquidez Geral (LG) determina quanto tenho de recursos de curto e longo prazos para cada R$ 1,00 de dívidas de curto e longo prazos\u201d.
Para SELEME (2012, p. 155 e 156);
 O índice de liquidez imediata indica a porcentagem de dívidas de curto prazo que podem ser liquidadas imediatamente. O índice de liquidez seca indica a capacidade de curto prazo de pagamento da empresa com a utilização das contas do disponível e dos valores a receber.
HOJI citado por SELEME (2012, p. 156), \u201cacredita que, na maioria dos casos, índice de liquidez seca é considerado como melhor indicador de capacidade de pagamento da empresa\u201d.
Os índices de atividades segundo HOJI 2010, citados por SELEME, (2012, p. 157 e 158); 
Relacionam elementos patrimoniais (estoques, duplicatas a receber e fornecedores), com os itens da DRE, evidenciando o prazo de renovação de elementos patrimoniais em determinado período, este índice tem como função medir a velocidade com que as várias contas do circulante são convertidas em vendas ou como interferem em disponibilidade.
Segundo Padoveze (2010, p. 214), \u201ceste indicador tem por objetivo dar um parâmetro médio de quanto tempo em média a empresa demora para receber suas vendas diárias\u201d.
O prazo médio de recebimento demonstra quantos dias ou meses, em média, a empresa leva para receber suas vendas, o resultante do cálculo do prazo médio de recebimento apresenta-se em dias, sendo assim, quanto menor o número de dias, mais rápido a empresa recebe seus direitos.
 Conforme ASSAF NETO (2010, p. 106), a empresa deve abreviar, sempre que possível, o prazo de recebimento de suas vendas. Com isso, poderá manter recursos disponíveis para outras aplicações mais rentáveis por