Engenharia Econômica Prova 2015
3 pág.

Engenharia Econômica Prova 2015


DisciplinaEngenharia Econômica5.334 materiais13.914 seguidores
Pré-visualização1 página
Você é contrato por uma empresa de transporte interestadual e se depara com a seguinte situação: um ônibus que faz o trajeto são Paulo \u2013 Curitiba possui 45 lugares e o custo da viagem é de R$ mil reais, já incluindo a margem de lucro. O custo médio de cada passagem é de R$ 100. Horas antes do horário de partida do ônibus, a empresa vendeu apenas 40 lugares. Seu chefe te chama e pergunta qual é a melhor opção: fazer a viagem com 40 passageiros ou abaixar o preço da passagem para R$90 reais e encher o ônibus. Com base no principio 3 da economia (as pessoas racionais pensam na margem), explique qual é a melhor opção.
R. como tem lugar vago, o custo de acrescentar mais 5 passageiros é baixo. Então, é mais vantajoso abaixar o preço da passagem para os 5 futuros passageiros do que ir com o ônibus vazio.
A taxa de juros pode ser definida como tudo que se ganha pela aplicação de recursos durante determinado período de tempo, ou seja, é aquilo que se paga pela obtenção de recurso de terceiro durante um certo tempo. E a taxa de juros é uma variável importantíssima da tomada de decisão. Explique como a taxa de juros afeta a tomada de decisão.
R. A discussão deve girar em torno que a taxa de juros define a escolha de projetos, se o dinheiro será investido ou gasto naquele momento, etc. podemos entender por juros o preço do uso do dinheiro.
Analise a seguinte afirmativa e explique-a: \u201cAs questões econômicas fundamentais (O que produzir? Como produzir? Quanto produzir? Para quem produzir?) são originárias da escassez dos recursos produtivos escassos\u201d.
R. Como as necessidades humanas são ilimitadas e os recursos produtivos são limitados, qualquer economia precisa escolher quais bens serão fabricadas, e qual quantidade, quem terá direito a este bem e como será produzido, pois não se pode produzir tudo que a população deseja.
Uma lei muito famosa e que explica praticamente tudo na economia, é a lei da oferta e demanda. Sabemos que os preços e a quantidade ofertada e demandada de todos os bens e serviços, variam com a oferta e demanda. Com base no exposto, explique o funcionamento da lei da oferta e demanda.
R. Essa lei explica que quando a oferta é maior do que a demanda por um bem ou serviço, o preço tende a baixar. Caso contrário, quando a demanda é maior que a oferta, o preço tende a aumentar.
Vasconcellos (2011) define economia como uma ciência social que estuda como o individuo e as sociedades decidem utilizar recursos produtivos escassos, na produção de bens e serviços, de modo a distribui-los entre as várias pessoas e grupo da sociedade, com a finalidade de satisfazer às necessidades humana. Com base na definição de economia, explique por que a economia é uma ciência social e não uma ciência exta, como a maioria das pessoas acredita.
R. A economia é uma ciência social, pois estuda a melhor forma de satisfazer as necessidades da sociedade, ou seja, ela estuda a população de forma geral e suas carências/desejos / demanda.
Vamos supor que a empresa Cesumaringá teve um lucro acima do esperado, R$ 500.000,00, no segundo trimestre de 2015. E ela poderá adquirir uma nova máquina que reduz o gasto com matéria prima em 5% ou guardar o dinheiro por um ano em um investimento que paga juros de 4,5% ao mês. Na situação apresentada, qual é o custo de oportunidade de adquirir a máquina agora? Justifique sua resposta, considerando a definição de custo de oportunidade.
R. O custo de oportunidade de adquirir a máquina agora é deixar de receber 4,5% de juros ao mês, pois, o principio diz que ao escolher uma opção, você abre mão de alternativa.
Sabemos que todos os problemas econômicos, sejam eles de produção ou distribuição, são originários da escassez, que é definida como uma situação normal na sociedade, na qual os recursos produtivos são limitados. Explique como surge a escassez.
R. A escassez surge das necessidades ilimitadas da população e ao mesmo tempo há restrição física de recursos. Pág. 15.
Mankiw (2012) afirma que a economia é regida por dez princípios, divididos em três grupos. Considerando os princípios 6 e 7, avalie as assertivas abaixo e a relação entre elas e marque a alternativa correta:
Os mercados são, geralmente, uma boa maneira de organizar a atividade econômica.
PORQUE
Em alguns casos, o governo pode melhorar os resultados por meio de algumas medidas.
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II justifica a I
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não justifica a I.
As asserções I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
As asserções I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.
Estrutura de mercado engloba as características (grau de concentração, grau de diferenciação do produto e barreira á entrada) que influenciam no tipo de concorrência e na formação dos preços. Em relação ás características citadas, leia as assertivas abaixo e marque a alternativa correta:
Quanto mais concentrado for o mercado, maior será o preço negociado.
Quanto mais diferenciado for o bem produzido, menor será o preço vendido.
As barreiras á entrada, quando são altas, reduzem a concorrência.
Existe relação direta entre preço e concorrência.
Somente as assertivas I, II e II estão corretas.
Somente as assertivas II, III e IV estão corretas.
Somente as assertivas I, III e IV estão corretas.
Somente as assertivas I, II e IV estão corretas.
Todas as assertivas estão corretas.
A engenharia econômica surgiu em 1877, nos Estados Unidos, com o objetivo de verificar a viabilidade econômica para o setor de ferrovias norte-americano. Ede lá pra cá, ela vem se aprimorando. Hoje, quando falamos em engenharia econômica nos referimos aos métodos, técnicas e princípios fundamentais. Sendo assim, assinale a alternativa correta, que mostra o principal objetivo da engenharia econômica.
Verificar a viabilidade econômica das empresas.
Tomada de decisões.
Entender a conjuntura econômica.
Manter a empresa no mercado.
Ter lucro.