Introdução à Simulação com ARENA
199 pág.

Introdução à Simulação com ARENA


DisciplinaSimul Computacional II1 materiais2 seguidores
Pré-visualização17 páginas
informar 
a estação de destino. Caso esta estação não seja 
atendida pelo transporter, a simulação será interrompida por uma 
mensagem de erro. A caixa de diálogo do módulo TRANSPORT: 
Transport
Descrição 
do módulo 
Nome do 
transporter utilizado 
(opcional) 
Nova velocidade a 
ser utilizada no 
transporte 
Nome da 
estação de 
destino 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
152 
O módulo de dados DISTANCE 
Para que o transporter funcione, é necessário definir todos os 
caminhos que este poderá percorrer, bem como as estações 
atendidas. Um conjunto de distâncias deve ser definido no 
módulo DISTANCE, informando as estações e as distâncias 
entre cada uma delas. 
Dentro do módulo Transporter, há um campo que informa o conjunto de 
distâncias a ser utilizado por ele. A caixa de diálogo de DISTANCE está 
apresentada abaixo:
Nome do 
conjunto de 
distâncias 
Estação inicial 
Estação final 
Distância entre as 
duas estações 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
153 
O módulo de fluxograma FREE 
Quando a entidade chega na estação de destino, o 
transportador pode ser liberado. O transporter 
permanecerá no estado \u201cocupado\u201d até que a entidade 
passe pelo módulo FREE. A caixa de diálogo de FREE 
está apresentada abaixo: 
Free
Descrição do 
módulo 
Nome do transportador a 
ser liberado (opcional) 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
154 
O uso conjunto dos módulos de transportadores está apresentado abaixo, 
juntamente com a animação correspondente: 
DESTINO 
Station Free 
Animação da 
distância definida no 
módulo DISTANCE 
Station ORIGEM 
 DESTINO 
 Transport para Request 
TRANSPORTADOR 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
155 
Analogia entre os elementos de Transporte do ARENA 
Os elementos de transporte disponíveis para modelagem podem ser 
dispostos como na tabela abaixo, onde cada módulo possui o seu 
equivalente para outro meio de transporte: 
 
TIPO REQUISIÇÃO AÇÃO LIBERAÇÃO 
Rotas - ROUTE - 
Esteiras ACCESS CONVEY EXIT 
Transportadores REQUEST TRANSPORT FREE 
Recursos SEIZE DELAY RELEASE 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
156 
Exemplo de Aplicação 
A empresa deseja estudar uma nova proposta para a forma como os 
produtos serão levados da linha de produção até o ponto onde são 
carregados os caminhões. Atualmente, os operadores empurram os 
pallets, que são dotados de rodas, até a área, consumindo muito 
tempo e esforço. 
Pretende-se que este processo seja feito por uma empilhadeira. 
Atualmente, a produção sai de dois pontos da linha, distantes 80 
metros um do outro. A distância dos dois pontos até o ponto de carga 
dos caminhões é o mesmo: 130 metros. Sabe-se que as duas linhas 
preenchem uma caixa de produtos acabados a intervalos de tempo 
de distribuição normal com média 13 minutos e desvio padrão de 1,3. 
A empilhadeira trafega a uma velocidade de 50 metros por minuto, e 
o tempo para carregar o caminhão com a caixa é um tempo de 
distribuição normal com média 1 minuto e desvio padrão de 0,4. Os 
caminhões estão sempre disponíveis, e a cada duas caixas 
carregadas, seguem adiante até a portaria da empresa, levando no 
percurso um tempo de distribuição normal com média 5 minutos e 
desvio padrão de 0,9. 
Uma alternativa à empilhadeira seria a instalação de duas esteiras, 
com velocidade de 6 metros/minuto e células de 1 metro, ligando os 
dois pontos da produção até a área de carga, e tempo de carga no 
caminhão também igual. 
Simule durante 8 horas com as duas alternativas, contando quantos 
caminhões passaram pela portaria da empresa e verificando se 
algum dos sistemas de transporte não atende à taxa de produção 
das linhas. 
 
 
 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
157 
Lógica do Exemplo 1 (Empilhadeiras) 
Fluxograma 
 
Animação 
 
0 
 Producao da linha 1 
 
 Producao da linha 2 
 Linha 1 
 Linha 2 
 na linha 1 
 empilhadeira 
 Chama 
 REQUEST 
 carga 
 para area de 
 Leva da linha 1 
 TRANSPORT 
na linha 2 
 empilhadeira 
Chama 
 REQUEST 
de carga 
 2 para area de 
 Leva da linha 
 TRANSPORT 
 STATION area 
de 
caminhao 
 Carregamento do 
DELAY 
 BATCH Agr para 
liberar upa 
 da fabrica 
 para a saida 
 Caminhao vai 
 ROUTE 
Caminhao 
Peca para 
 da entidade de 
 Muda o desenho 
 fabrica 
 Saida da 
 STATION 
 da fabrica 
 Caminhao sai 
 empilhadeira 
 FREE Libera 
Contar quantos 
0 
0 
 0 
 0 
0 
 STATION 
 STATION 
Caminhoes 
sairam 
duas cargas 
 Carregamento do 
caminhao 
de 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
158 
 
 
 
 
 
 
 
Módulo de fluxograma Create: Cria os pallets para a linha 1 e 
linha 2 
 
 
1
Producao da linha
0 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
159 
 Módulo de fluxograma STATION: Situa a entidade na estação 
Linha1 ou Linha2. 
 
 
 
STATION 
 L linha 1 
 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
160 
Módulo de fluxograma Request: Chama a empilhadeira no final da 
linha 1 ou da linha 2. 
 
 
REQUEST 
 Chama a 
empilhadeira na 
linha 1 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
161 
Módulo de fluxograma Transport: Comanda a empilhadeira para 
levar a carga até a estação de carregamento do caminhão 
 
carga
para area de
Leva da linha 1
TRANSPORT
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
162 
Módulo de fluxograma STATION: Estabelece a área de carga. Para 
onde se destinam as cargas da empilhadeira e de onde saem os 
caminhões. 
 
 dos caminhoes 
 de carregamento 
 STATION Area 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
163 
Módulo de fluxograma Free: Libera a empilhadeira para cumprir 
outra tarefa. 
 
empilhadeira
FREE Libera
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
164 
Módulo de fluxograma Batch: Agrupa duas cargas. 
 
liberar o caminhao
duas cargas para
BATCH Agrupa
 0
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
165 
Módulo de fluxograma Assign: Troca o desenho da entidade, de 
pallet para caminhão. 
 
Caminhao 
Pallet para 
da entidade de 
Muda o desenho 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
166 
Módulo de fluxograma Route: Envia a entidade (caminhão) para a 
estação Saída . 
 
 da fabrica 
 vai para a saida 
 ROUTE Caminhao 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
167 
Módulo de dados Distance: Relaciona todas as distâncias por 
onde passa o transporter empilhadeira. 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
168 
Módulo de dados Transporter: Define as características da 
empilhadeira. 
 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
169 
 Parâmetros de Setup 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
 
 
170 
Relatórios 
 
 
Lógica do Exemplo 2 (Esteiras) 
 ANEXO I \u2013 ORIENTAÇÕES PARA SUPORTE TÉCNICO 
S 
 
171 
Fluxograma 
 
 
 
 
Animação 
1
Producao da linha
2
Producao da linha
1
STATION Linha
2
STATION Linha
dos caminhoes
de carregamento
STATION Area
do caminhao
Carregamento
DELAY
caminhao
para liberar o
duas cargas
BATCH Agrupa
fabrica