Introdução à Simulação com ARENA
199 pág.

Introdução à Simulação com ARENA


DisciplinaSimul Computacional II1 materiais2 seguidores
Pré-visualização17 páginas
sobre a sua área. 
O processo de venda será feito da seguinte maneira: os pedidos 
chegam ao setor em formato de e-mail. O funcionário responsável 
analisa o pedido e verifica se todos os itens existem no estoque da 
empresa. 
Caso falte algum item, o pedido é enviado para o departamento de 
produção, fora da abrangência deste estudo. Caso todos os itens 
estejam disponíveis, ele envia o pedido para outro funcionário. 
O segundo funcionário entra em contato com a administradora do 
cartão de crédito (os pedidos online só são aceitos mediante 
pagamento com cartão). Caso haja algum problema com o cartão, o 
pedido é recusado e desconsiderado. Se a administradora aceitar a 
cobrança, o pedido é encaminhado para o almoxarifado. 
As previsões são de que os pedidos chegarão em intervalos de tempo 
de média 10 minutos, segundo uma distribuição exponencial. O 
processo de verificação do estoque leva um tempo que segue a 
distribuição normal de média 8 minutos, com desvio padrão de 0,75. 
O processo de verificação de crédito junto à administradora do cartão 
segue uma distribuição triangular de mínimo 4, moda 6 e máximo 9 
76 2- AS FERRAMENTAS BÁSICAS DE MODELAGEM 
 
minutos. Por experiência com outros canais de vendas, sabe-se que 
20% dos pedidos contém itens em falta, e que 7% das transações com 
cartão são recusados pela administradora. 
Inclua informações sobre custo no processo de venda, de modo a 
obter uma análise mais abrangente. 
O primeiro funcionário possui um custo de R$ 10,00 por hora, tanto 
ocioso quanto ocupado, e para o segundo funcionário, esse custo é de 
R$ 12,00 
O gerente do setor de vendas quer saber se algum dos funcionários 
ficará sobrecarregado. 
Uma simulação do período de um dia (turno de 8 horas) será 
considerado suficiente para o estudo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
CAPÍTULO 3 
Animação de Modelos 
 
 
 
 
 
 
 
78 3- ANIMAÇÃO DE MODELOS 
 
 
A Importância da Animação 
Um dos recursos mais valiosos da simulação nos tempos atuais é a 
capacidade de representar graficamente de forma dinâmica o 
processo que está sendo simulado. Isto só foi possível graças aos 
grandes avanços em termos de interface gráfica ocorridos nos últimos 
tempos. 
Para ressaltar o valor da animação, nada melhor do que a famosa 
frase: \u201cuma imagem vale mais do que mil palavras\u201d. 
O ARENA possui vários elementos de animação, permitindo que o 
processo seja representado fielmente, com todas as suas 
movimentações e características. Apesar do formato de fluxograma 
ser de fácil entendimento, a animação do modelo é uma ferramenta 
muito mais poderosa para apresentar uma idéia ou um resultado. 
Além disso, a animação é um precioso recurso para o analista, que 
pode verificar através dela se o comportamento do modelo está 
correto, e mesmo descobrir o que está errado. É muito mais fácil e 
rápido perceber pela animação que um operador está levando a peça 
para o lugar errado, do que detectar este erro em relatórios de 
resultado ou depuração da lógica. 
Sendo assim, o tempo investido na criação de uma boa animação é 
largamente compensado pelos resultados que ela proporciona. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
PARAGO 3 \u2013 ANIMAÇÃO DE MODELOS 79 
 
 
CURSO ARENA - ENEGEP 2005 - PARAGON - Todos os Direitos Reservados - 
www.paragon.com.br 
 
Animação de Parâmetros do Sistema 
Os parâmetros tais como variáveis, ocupação de recursos ou outras 
expressões podem ser mostrados de várias formas, porém 
normalmente costuma-se usar os objetos de status de animação 
comumente. Estes objetos estão disponíveis na barra de ferramentas 
ANIMATE. 
 
Todo tipo de animação descrita a seguir pode ter suas 
cores editadas, assim como sua forma de apresentação 
e um título opcional. 
 
 
Variáveis (Variable) 
O mostrador Variáveis/Variable apresenta o valor instantâneo, 
isto é o valor naquele momento da simulação, de uma variável 
ou expressão. O número de dígitos pode ser 
alterado para o formato desejado, incluindo as 
casas decimais. 
 
Relógio (Clock) 
Este mostrador apresenta o tempo de 
simulação do sistema, podendo ser 
mostrado a partir de uma hora definida. O 
relógio pode ser digital ou analógico. 
 
 
 
 
 
Data (Date) 
 
 
80 3- ANIMAÇÃO DE MODELOS 
 
 
Assim como o relógio, este mostrador apresenta o 
tempo do sistema em dias, a partir de uma data 
escolhida. Pode ser apresentado de três formas: 
texto, numérico e calendário. 
 
Nível (Level) 
O mostrador de nível apresenta, 
assim como o mostrador de 
variável, o valor de uma 
expressão ou variável. O gráfico de nível 
facilita a visualização em termos de 
quantidades em relação a valores mínimo e 
máximo. O mostrador de nível pode ser em 
forma de retângulo, círculo, em forma de mostrador de relógio 
e na forma de uma tubulação. 
 
Histograma (Histogram) 
Este gráfico apresenta as informações agrupadas 
de acordo com ocorrências e sua variação. Você 
determina os intervalos de ocorrência os quais você 
quer que o histograma deve representar e o gráfico 
mostrará as ocorrências distribuídas nestes histogramas. 
 
 
Gráfico (Plot) 
O gráfico mostra a evolução 
de uma variável ou 
expressão durante a execução da 
simulação. 
 
 
 
 
 
 
PARAGO 3 \u2013 ANIMAÇÃO DE MODELOS 81 
 
 
CURSO ARENA - ENEGEP 2005 - PARAGON - Todos os Direitos Reservados - 
www.paragon.com.br 
 
Todos os elementos citados, com exceção do relógio e calendário, 
podem mostrar diversas estatísticas e informações sobre o status do 
modelo. 
Um assistente de configuração está embutido em cada elemento, e 
pode ser acionado clicando-se sobre o campo \u201cExpression\u201d com o 
botão direito do mouse. 
No menu que foi ativado, escolher a opção \u201cBuild Expression\u2026\u201d. 
Clicando-se nesta opção, é aberto o assistente, que possui o seguinte 
aspecto: 
 
Visualização do modelo \u2013 Menu de telas 
Para facilitar a visualização da área de trabalho, que normalmente não 
pode ser apresentada totalmente na tela de modo satisfatório, o 
Opções 
disponíveis 
Parâmetros 
da opção 
escolhida 
Botões de 
operadores 
matemáticos 
e booleanos 
Expressão 
sendo 
construída 
82 3- ANIMAÇÃO DE MODELOS 
 
 
ARENA possui um recurso que possibilita a navegação através de 
\u201cvistas\u201d previamente configuradas. 
Através destas vistas, pode-se focar uma parte ou toda a animação, 
ou mesmo dar destaque a uma parte da lógica, uma vez que qualquer 
ponto da área de trabalho, em qualquer escala de Zoom pode ser 
apresentada. 
Para criar uma \u201cvista\u201d, siga os passos abaixo: 
1. Posicione na tela a parte da área de trabalho que se deseja 
apresentar; 
2. Abra o menu \u201cView\u201d e acione a opção \u201cNamed views\u201d, que irá 
apresentar a janela abaixo: 
3. Escolha uma tecla de atalho (Hot Key), que irá acessar a vista 
selecionada, e crie um nome para ela. Em seguida, clique em OK. 
Lista das 
vistas 
criadas 
Tecla de 
atalho 
Nome da 
vista 
PARAGO 3 \u2013 ANIMAÇÃO DE MODELOS 83 
 
 
CURSO ARENA - ENEGEP 2005 - PARAGON - Todos os Direitos Reservados - 
www.paragon.com.br 
 
Quando for necessário alterar alguma vista, basta abrir novamente 
esta janela , selecionar a vista na lista à esquerda e clicar no botão 
\u201cEdit\u201d. 
Para acessar uma vista, basta apertar a tecla (hot key) 
correspondente. 
Na barra de ferramentas de Projeto, localizada à esquerda na janela 
do