Farmacologia Renal (1)

Farmacologia Renal (1)


DisciplinaFarmacologia Básica518 materiais6.493 seguidores
Pré-visualização2 páginas
sanguíneo renal total
Aumenta o fluxo sanguíneo medular 
Remove água do líquido cefalorraquidiano e olho
Dilata arteríola aferente e aumenta TFG
Aumenta e excreção de:
 - Na+, K+, Cl-, Ca++, Mg++ HCO3- ureia e ácido úrico
Manitol
Aumenta a volemia e causa hemodiluição
Por via oral promove diarreia aquosa
Uso clínico
 - evitar anúria em insuficiência renal oligúrica
 - reduzir pressão intraocular e intracerebral 
 - acelerar excreção de toxinas ou fármacos
 - evitar necrose tubular aguda
Cuidados:
 - associar fluidoterapia (risco de desidratação)
 - incompatível com ácidos ou bases
Manitol
Efeitos colaterais
 - expansão do volume extracelular causando:
 - cefaleia, náusea e vômito
 - edema pulmonar e taquicardia
 - desequilíbrio eletrolítico grave (hipernatremia)
Contraindicações
 - anúria por doença renal
 - desidratação moderada ou grave
 - edema ou congestão pulmonar
 - hemorragia intracraniana
 - hipertensão craniana 
Glicerina (glicerol)
Reduz pressão intraocular (glaucoma)
Administrada por via oral (efeito dura ± 8 horas)
Menos eficiente que o manitol
Efeitos colaterais:
 - vômito, hiperglicemia, glicosúria
 - desidratação grave, arritmia cardíaca (dose alta)
Contraindicações: 
 - edema pulmonar, alteração cardíaca
 - desidratação, anúria
 - gestante e lactante