17404730_BDQ_Pensamento_e_linguagem.docx
6 pág.

17404730_BDQ_Pensamento_e_linguagem.docx


DisciplinaPsic. e Bases do Pensa. Psicanalitico7 materiais63 seguidores
Pré-visualização3 páginas
e ter habilidade de raciocínio. É a habilidade para lidar com séries de raciocínios, compreender o outro e os sinais do ambiente para reconhecer problemas, e resolvê-los.
	
	Uma sensibilidade para os sons, ritmos e significados das palavras, além de uma especial percepção das diferentes funções da linguagem. É a habilidade para usar a linguagem para convencer, agradar, estimular ou transmitir idéias, não possui origem e limites genéticos, pois possui processamento cognitivo próprio e substratos anatômicos específicos.
	
	Processamento cognitivo se da através da linguagem. Somos aquilo que pensamos. Permite analisar problemas com lógica e ter habilidades lingüísticas. É a habilidade para lidar com séries de raciocínios, compreender o outro e os sinais do ambiente para reconhecer problemas, e resolvê-los.
	 
	Uma sensibilidade para os sons, ritmos e significados das palavras, além de uma especial percepção das diferentes funções da linguagem. É a habilidade para usar a linguagem para convencer, agradar, estimular ou transmitir idéias, têm sua origem e limites genéticos, substratos anatômicos específicos e dispõem do processamento cognitivo próprio.
	 
	Uma sensibilidade para os sons, ritmos e significados das palavras, além de uma especial percepção das diferentes funções da linguagem. É a habilidade para usar a linguagem para convencer, agradar, estimular ou transmitir idéias, têm sua origem e limites genéticos, substratos anatômicos específicos e compartilha da capacidade geral do processamento cognitivo.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201308357639)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	L., de 28 anos, está utilizando Oxi, uma droga barata derivada dos restos da cocaína e que afeta o organismo mais rapidamente do que outras do mesmo tipo. Estudos recentes ressaltam que esse tipo de droga causa o dobro da euforia que a cocaína, seu efeito passa mais rápido, o que cria uma dependência maior. Entre os efeitos colaterais estão: aumento da pressão arterial, alto risco de infarto e acidente vascular cerebral. A longo prazo, o cérebro é afetado, podendo sofre perda da memória e diminuição da capacidade de concentração e de raciocínio. L. já sente mudanças significativas na sua forma de agir e pensar. É correto afirmar que:
		
	 
	Mente e cérebro estão intimamente correlacionados. As funções da mente dependem de estruturas cerebrais funcionais.
	
	A mente é uma estrutura anatômica que tem localização física e precisa estar em boas condições de fisiologia para funcionar.
	
	Mente e corpo são substâncias separadas e independentes, o que impede que elas se relacionem.
	
	O cérebro humano, mesmo com algum tipo de lesão, não afeta o comportamento, a psique, a consciência ou a mente.
	
	A mente é uma estrutura física que faz parte do sistema límbico, responsável pelas emoções.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201308820126)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Os seres humanos são ativos solucionadores de problemas embora, com freqüência, encontremos diversos obstáculos à realização desta importante atividade cognitiva. Dentre os obstáculos mais comuns à solução de problemas podemos citar a fixidez funcional que se refere à:
		
	
	Tendência para que persistam padrões antigos de resolução de problemas.
	 
	Tendência de se perceber um item no uso mais comum.
	 
	Combinação de respostas ou idéias de um modo novo.
	
	Tendência a dar preferência às hipóteses iniciais para a solução de um problema desprezando as informações contraditórias que apóiam hipóteses ou soluções alternativas.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201308357660)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A representação mental de algumas experiências sensoriais usada para que pensemos sobre as coisas, denomina-se:
		
	
	Emoção
	 
	Imagem
	
	Personalidade
	
	Conteúdo
	
	Pulsão