SIMULADOS_TSP_IV.docx
38 pág.

SIMULADOS_TSP_IV.docx


DisciplinaTsp4308 materiais250 seguidores
Pré-visualização13 páginas
que uma necessidade é sentida, existe um estado de tensão, e o organismo tenta intensificá-lo a fim de se motivar ainda mais para alcançar um determinado objetivo que se pretende alcançar.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307194196)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	A respeito Da abordagem da resolução de problemas , leia as afirmativas abaixo e marque a resposta correta: I ¿ O algoritmo é um método que, mais cedo ou mais tarde, sempre trará uma solução para o problema. II ¿ Na resolução de problemas, a heurística é uma estratégia em que ignoramos algumas alternativas para explorar somente aquelas que têm mais probabilidade de oferecer uma solução. III ¿ A maioria dos problemas do dia a dia não podem ser resolvidos por algoritmos e as pessoas tendem a usar mais heurísticas do que algoritmos. Está correto apenas o que se afirma em:
		
	
	II
	
	II e III
	 
	I e II
	 
	I, II e III
	
	I e III
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307194192)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	¿Nem toda a comunicação ¿ a troca de pensamentos e sentimentos - se dá por meio da linguagem. A comunicação inclui outros aspectos.¿ (STENBERG, 2008, p. 295). Isso significa que:
		
	 
	A linguagem não-verbal, como os gestos, olhares, toques, também são aspectos da comunicação humana.
	
	A linguagem verbal deve ser clara e sem ruídos para que o destinatário da mensagem a compreenda.
	
	A comunicação verbal é simbólica e depende da interpretação do destinatário da mensagem enviada.
	
	Dentro dos limites de uma estrutura linguística, os usuários da linguagem verbal podem criar enunciados novos.
	
	A comunicação humana inclui a sintaxe e a gramática e de vê ser compreendida pelo emissor e pelo receptor.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201307673220)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Em uma afasia de condução o principal prejuízo que pode se observar em relação a linguagem é na:
		
	
	Na linguagem receptiva (compreensão)
	
	Na nomeação.
	
	Na leitura.
	 
	Linguagem expressiva.
	 
	Na repetição.
		
	
	 5a Questão (Ref.: 201307194191)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	¿A linguagem é o uso de meios organizados de combinar palavras para se comunicar. Ela permite que nos comuniquemos com os que estão ao nosso redor. Também permite pensar sobre coisas e processos que atualmente não podemos ver, ouvir, sentir, cheirar, incluindo ideias, que podem não ter forma tangível.¿ (STENBERG, 2008,p. 294). Isso significa que:
		
	
	Não é possível utilizar a linguagem nas construções do pensamento.
	
	A utilizada como uma exceção na fala.
	 
	Estamos sempre utilizando a linguagem de alguma forma, inclusive em nossos pensamentos.
	
	A linguagem é utilizada somente na escrita.
	
	Utilizamos a linguagem somente quando falamos.
	
	 1a Questão (Ref.: 201308408434)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	A terapia dos esquemas, desenvolvida por Jeffrey Young descreve os esquemas iniciais desadaptativos como esquemas muito resistentes à mudança que se constituem no núcleo do autoconceito da pessoa e da sua concepção do ambiente. Eles são confortáveis e familiares, e quando contestados, a pessoa vai distorcer as informações para manter a sua validade. Identifique, dentre as opções abaixo, o esquema inicial desadaptativo denominado padrões inflexíveis/crítica exagerada.
		
	 
	Inibição excessiva da ação, dos sentimentos ou das comunicações espontâneas ¿ normalmente para evitar a desaprovação dos outros, os sentimentos de vergonha ou a perda do controle sobre os impulsos.
	
	Ênfase excessiva na obtenção de aprovação, reconhecimento ou atenção das pessoas, ou sem se adaptar aos outros, à custa de desenvolver um senso de self seguro e verdadeiro. O senso de auto-estima depende principalmente das reações alheias e não das inclinações naturais. Inclui, às vezes, uma ênfase exagerada em status, aparência, aceitação social, dinheiro, como meio de obter aprovação, admiração ou atenção.
	
	Desinibição excessiva da ação, dos sentimentos ou das comunicações espontâneas.
	
	Foco amplo e permanente nos aspectos negativos da vida aos mesmo tempo em que minimiza ou negligencia os aspectos positivos ou otimistas. Inclui uma expectativa exagerada de que as coisas acabem dando muito errado ou de que aspectos da vida, que parecem estar bem, possam piorar. Uma vez que os possíveis resultados negativos são exagerados, esses pacientes, são em geral, caracterizados por preocupação, vigilância, queixas ou indecisão crônicas.
	 
	Crença de que as pessoas devem ser severamente punidas por cometer erros. Envolve a tendência a uma atitude zangada, intolerante, punitiva e impaciente com aquelas pessoas (incluindo a si mesma) que não estão à altura das expectativas ou dos padrões pessoais. Pode-se incluir dificuldade para perdoar erros próprios ou alheios, por uma relutância em considerar circunstâncias atenuantes, a imperfeição humana ou empatizar com sentimentos.
		
	
	 2a Questão (Ref.: 201308408422)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A terapia dos esquemas, desenvolvida por Jeffrey Young descreve os esquemas iniciais desadaptativos como esquemas muito resistentes à mudança que se constituem no núcleo do autoconceito da pessoa e da sua concepção do ambiente. Eles são confortáveis e familiares, e quando contestados, a pessoa vai distorcer as informações para manter a sua validade. Identifique, dentre as opções abaixo, o esquema inicial desadaptativo denominado fracasso.
		
	
	Medo exagerado de que uma catástrofe iminente aconteça a qualquer momento e de ser incapaz de evitar isso. Os medos podem ser catástrofes médicas, catástrofes emocionais (medo de enlouquecer, por exemplo) ou catástrofes externas (elevador despencar, por exemplo).
	 
	Crença de ter falhado, de que inevitavelmente fracassará ou de ser fundamentalmente inadequada em relação aos iguais, em áreas de realização (escola, carreira, ...). Em muitos casos, envolve a crença de ser burra, inapta, sem talento, ignorante, de ter menos status e sucesso do que as outras pessoas, e assim por diante.
	
	Crença de ser incapaz de manejar as responsabilidades diárias de maneira competente, sem considerável ajuda dos outros. Muitas vezes apresenta-se como desamparo.
	
	Excessivo envolvimento emocional e proximidade com um ou mais pessoas significativas (freqüentemente os pais). Muitas vezes, envolve a crença de que, pelo menos uma das pessoas emaranhadas não pode sobreviver ou ser feliz sem o constante apoio da outra. Também pode incluir sentimentos de ser sufocada ou de estar fundida com os outros, ou de insuficiente identidade individual.. Freqüentemente experenciando como um sentimento de vazio e em casos extremos, questionamento da própria existência.
	
	Crença de ser superior às outras pessoas, de merecer direitos ou privilégios especiais, ou não ter de obedecer às regras de reciprocidade que orientam a interação social. Geralmente, envolve insistência em fazer ou ter tudo o que quiser, independentemente do que é realista, do que os outros; ou um foco exagerado na superioridade a fim de ter poder ou controle.
	
	 3a Questão (Ref.: 201308408413)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A terapia dos esquemas, desenvolvida por Jeffrey Young descreve os esquemas iniciais desadaptativos como esquemas muito resistentes à mudança que se constituem no núcleo do autoconceito da pessoa e da sua concepção do ambiente. Eles são confortáveis e familiares, e quando contestados, a pessoa vai distorcer as informações para manter a sua validade. Identifique, dentre as opções abaixo, o esquema inicial desadaptativo denominado desconfiança/abuso.
		
	
	Envolve o sentimento de que os outros significativos não serão capazes de continuar proporcionando apoio emocional, conexão, força ou proteção prática, por serem emocionalmente instáveis e imprevisíveis, não-confiáveis. Porque vão