09   adm operacoes
27 pág.

09 adm operacoes


DisciplinaAdministração114.858 materiais815.897 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Capítulo 9
Administração 
de operações
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Conteúdo do capítulo
\u25aa Administração de operações
\u2013 Fundamentos da administração de operações
\u2013 Planejamento estratégico do sistema de operações
\u2013 Planejamento e controle das operações
\u2013 Enfoque na qualidade
\u2013 Tendências contemporâneas na administração de 
operações
2
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Objetivos de aprendizagem
\u25aa Definir a administração de operações, destacando sua 
importância para a organização.
\u25aa Analisar as principais etapas do projeto de um sistema de 
operações.
\u25aa Descrever as principais atividades do gerente de operações 
no planejamento e controle das operações.
\u25aa Descrever a evolução do enfoque na qualidade na 
administração de operações.
\u25aa Discutir as principais tendências contemporâneas na 
administração de operações.
3
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Fundamentos da 
administração de operações
\u25aa A administração de operações pode ser definida como o 
campo da administração responsável pelo planejamento, 
operação e controle do processo de transformação de uma 
organização.
\u25aa O processo de transformação é o núcleo central de 
qualquer organização e envolve todas as atividades que 
contribuem para transformar os insumos em produtos e 
serviços.
\u25aa A administração de operações é desempenhada pelo 
gerente de operações.
4
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
A importância da 
administração de operações
\u25aa Todas as organizações produzem algo, logo é necessário 
gerenciar as atividades do seu processo de transformação.
\u25aa A administração de operações é importante porque:
\u2212 Assume um papel central no desenvolvimento de todas as 
atividades organizacionais.
\u2212 Tem um papel estratégico no desempenho competitivo da 
organização.
\u2212 Influencia positivamente não apenas a organização, mas 
também a competitividade de um dado país.
5
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
A centralidade da 
administração de operações
6
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Diferenças entre organizações 
de manufatura e de serviços
7
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Organizações como 
sistemas de operações
8
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Prioridades competitivas da 
administração de operações
9
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento estratégico 
do sistema de operações
10
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Projeto de 
produto ou serviço
\u25aa O projeto de produtos e serviços é um processo estratégico 
que envolve três etapas básicas:
\u2013 Coleta de informação.
\u2013 Seleção das melhores idéias.
\u2013 Produção um projeto final do produto ou serviço.
\u25aa Os gerentes de operações analisam a produtibilidade do 
produto ou serviço \u2013 para isso, eles comparam esse produto 
ou serviço com as prioridades competitivas em termos de 
qualidade, confiabilidade e custo.
11
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento da
capacidade
\u25aa O planejamento da capacidade envolve a decisão relativa à 
quantidade máxima de bens a serem produzidos ou ao 
número máximo de clientes a atender (quantos?).
\u25aa As decisões relativas à capacidade geralmente são 
baseadas numa análise do futuro, e podem ser adotados três 
tipos básicos de estratégia:
\u2013 Antecipação.
\u2013 Reação.
\u2013 Acompanhamento.
12
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento da
localização
\u25aa O objetivo do planejamento de localização é posicionar a 
capacidade do sistema de operações de modo a minimizar 
os custos totais de produção e de distribuição: custos fixos 
de capital (ex: terreno) e custos variáveis de operação (ex: 
trabalho).
13
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento do 
processo de produção
\u25aa Nas organizações de manufatura:
\u2013 Produção por projeto.
\u2013 Produção artesanal.
\u2013 Produção por lotes.
\u2013 Produção em massa.
\u2013 Produção contínua.
\u25aa Nas organizações de serviços:
\u2013 Serviços profissionais.
\u2013 Serviços de massa.
\u2013 Lojas de serviços.
14
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento do 
processo de produção
15
Em organizações 
de manufatura:
Em organizações 
de serviços:
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento do 
arranjo físico \u2013 layout
\u25aa O planejamento do arranjo físico envolve decisões sobre 
como organizar espacialmente as instalações. Há quatro 
tipos básicos de layout:
\u2013 Layout de posição fixa ou posicional.
\u2013 Layout de processo ou funcional.
\u2013 Layout celular.
\u2013 Layout de produto.
16
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento do 
arranjo físico \u2013 layout
\u25aa Relação entre o volume e a variedade da produção e o 
layout:
17
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento do 
arranjo físico \u2013 layout
\u25aa Relação entre tipos de layout e custos de produção:
18
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento da produção
19
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento da produção
20
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Controle da produção
\u25aa Uma vez que o sistema de operações foi planejado e 
implementado, é necessário monitorar o seu desempenho.
\u25aa O controle das operações envolve:
\u2013 Controle dos custos de produção.
\u2013 Controle das compras.
\u2013 Controle de manutenção.
\u2013 Controle da qualidade.
21
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Administração de estoques
\u25aa Os gerentes de operações utilizam um conjunto de técnicas 
que têm como objetivo otimizar a administração de 
estoques, entre as quais se destacam: 
\u2013 Lote econômico de compra (LEC).
\u2013 Curva ABC.
\u2013 Planejamento de necessidades de materiais (MRP).
\u2013 Sistemas just-in-time (JIT).
22
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento de 
necessidades de materiais
23
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Logística e distribuição
\u25aa A logística consiste no gerenciamento de toda 
movimentação de recursos, produtos, equipamentos e 
informações necessárias para a execução das atividades de 
uma organização.
\u25aa A distribuição é o processo da logística responsável pela 
movimentação dos produtos acabados desde sua saída do 
processo de transformação até sua entrega ao cliente.
24
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Enfoque na qualidade
\u25aa Abordagem tradicional de qualidade.
\u25aa Gestão pela qualidade total (TQM).
\u25aa Certificação de qualidade \u2013 série ISO.
25
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Certificação de qualidade
Motivos para a certificação ISO 9000
26
Administração: