11   adm RH
26 pág.

11 adm RH


DisciplinaAdministração114.826 materiais815.359 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Capítulo 11
Administração 
de recursos 
humanos
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Conteúdo do capítulo
\u25aa Administração de recursos humanos (ARH)
\u2013 A administração de recursos humanos nas 
organizações
\u2013 Influências ambientais na ARH
\u2013 Atraindo trabalhadores competentes
\u2013 Desenvolvimento de uma força de trabalho adaptada
\u2013 Mantendo uma força de trabalho comprometida e 
satisfeita
\u2013 Tendências e desafios contemporâneos da ARH
2
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Objetivos de aprendizagem
\u25aa Compreender a importância e os níveis de atuação da ARH 
nas organizações.
\u25aa Comparar as vantagens e as desvantagens dos 
recrutamentos interno e externo.
\u25aa Identificar as principais ferramentas utilizadas durante a 
seleção de recursos humanos.
\u25aa Analisar os métodos de treinamento e desenvolvimento.
\u25aa Descrever os métodos e potenciais problemas da avaliação 
do desempenho.
\u25aa Discutir a importância das decisões sobre promoções, 
transferências e desligamentos.
3
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
A administração de 
recursos humanos
\u25aa A administração de recursos humanos (ARH) refere-se à 
concepção e à aplicação de sistemas formais na organização 
para garantir o uso eficaz e eficiente do talento humano na 
realização dos objetivos organizacionais.
\u25aa Podem se destacar três objetivos centrais da ARH:
\u2013 Identificar e atrair recursos humanos qualificados e 
competentes.
\u2013 Adaptar os trabalhadores à organização e desenvolver todo o 
seu potencial.
\u2013 Manter os trabalhadores comprometidos e satisfeitos com a 
organização.
4
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
A importância da ARH
\u25aa As políticas e práticas de ARH têm impacto positivo no 
desempenho da organização, uma vez que contribuem 
para:
\u2013 Melhorar as competências e habilidades dos funcionários.
\u2013 Aumentar a motivação dos trabalhadores.
\u2013 Manter os funcionários mais competentes e empenhados 
na organização.
\u2013 Encorajar os não comprometidos com a organização a 
abandoná-la.
5
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Níveis de atuação da ARH
6
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Processo de administração 
de recursos humanos
7
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Influências ambientais na ARH
\u25aa Globalização.
\u25aa Legislação.
\u25aa Tecnologia.
\u25aa Demografia.
8
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Planejamento de 
recursos humanos
\u25aa O planejamento de recursos humanos compreende o 
processo gerencial que corresponde à elaboração de um 
plano que projeta as modificações na estrutura de recursos 
humanos de uma organização.
\u25aa De forma mais específica, cabe ao planejamento de RH:
\u2013 Determinar as necessidades de recursos humanos.
\u2013 Detectar as eventuais redundâncias e avaliar as possibilidades 
de reconversão.
\u2013 Definir as necessidades de treinamento para os trabalhadores 
atuais.
\u2013 Avaliar o impacto de novas tecnologias e de novas formas de 
organização do trabalho na atividade da empresa.
9
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Recrutamento
\u25aa O recrutamento é o processo de localização, identificação e 
atração de candidatos qualificados para ocupar um cargo na 
estrutura de pessoal da organização.
\u25aa Esse recrutamento pode ser:
\u2013 Interno: consiste no preenchimento de uma vaga 
mediante a realocação de funcionários atuais.
\u2013 Externo: ocorre quando a organização abre o processo 
de recrutamento a candidatos externos à organização.
10
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Vantagens e desvantagens 
do recrutamento interno
11
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Vantagens e desvantagens 
do recrutamento externo
12
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Seleção
\u25aa No processo de seleção, avaliam-se as competências e 
qualificações dos candidatos e sua adequação às exigências 
do cargo.
\u25aa As ferramentas de seleção mais comuns são:
\u2013 Formulários de emprego.
\u2013 Testes.
\u2013 Simulações de desempenho.
\u2013 Entrevistas.
13
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Orientação
\u25aa A orientação é o processo de ajustamento do indivíduo à 
organização, por meio da transmissão das informações 
necessárias para que os novos membros desempenhem 
satisfatoriamente sua função.
14
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Objetivos da orientação
\u25aa Reduzir a ansiedade inicial do funcionário.
\u25aa Fazer o indivíduo compreender a empresa de modo abrangente.
\u25aa Fazer com que o funcionário conheça as expectativas da empresa 
com relação a seu trabalho e seu comportamento.
\u25aa Desfazer expectativas irreais do funcionário com relação à 
organização e ao trabalho.
\u25aa Esclarecer dúvidas e as responsabilidades do funcionário.
\u25aa Especificar a forma como seu desempenho será avaliado.
\u25aa Familiarizar o indivíduo com os objetivos do trabalho, 
mostrando-lhe a importância deste para seu departamento e para a 
organização.
\u25aa Apresentar o novo membro aos supervisores, colegas e equipe.
15
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Treinamento e 
desenvolvimento
16
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Processo de treinamento 
e desenvolvimento
17
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Métodos de treinamento
\u25aa No local de trabalho:
\u2013 Rotação de cargos.
\u2013 Coaching.
\u25aa Fora do local de trabalho:
\u2013 Palestras.
\u2013 Simulações.
\u2013 Discussão de grupo.
\u2013 Dramatização.
\u2013 Modelagem de comportamento.
18
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Avaliação de desempenho
\u25aa A avaliação de desempenho é o processo sistemático de 
avaliação dos resultados obtidos por um membro organizacional, 
visando atender aos seguintes objetivos:
\u2013 Validação dos métodos de seleção adotados.
\u2013 Identificação de necessidades de treinamento e 
desenvolvimento.
\u2013 Desenvolvimento de planos de carreira.
\u2013 Identificação dos funcionários em melhores condições para 
promoção.
\u2013 Ajustamento das políticas de remuneração.
\u2013 Determinação da contribuição de cada membro organizacional.
\u2013 Esclarecimento dos objetivos e expectativas dos trabalhadores.
\u2013 Melhoria do desempenho individual.
19
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Métodos de 
avaliação de desempenho
\u25aa Avaliação de desempenho com base em escalas:
\u2022 Incidentes críticos.
\u2022 Escalas de classificação gráfica.
\u2022 Escalas de classificação ancoradas em comportamentos.
\u25aa Comparação de desempenho:
\u2022 Ordenação simples.
\u2022 Comparação por pares.
\u2022 Atribuição de pontos.
\u2022 Distribuição forçada.
\u25aa Administração por objetivos (APO).
\u25aa Avaliação de 360 graus.
20
Administração: teoria e prática no contexto brasileiro \u2014 © 2008 Pearson Prentice Hall
Problemas comuns 
na avaliação de desempenho
\u25aa Diversidade de critérios.
\u25aa Efeito halo.
\u25aa Efeito da tendência central.
\u25aa Efeito recenticidade.
\u25aa Preconceitos.
\u25aa Efeito de proximidade.
\u25aa Pressões inflacionistas.