O Empreendedorismo na Profissão de Secretariado Executivo    DYANA HAZELMAN LIMA    2006
81 pág.

O Empreendedorismo na Profissão de Secretariado Executivo DYANA HAZELMAN LIMA 2006


DisciplinaSecretariado Executivo87 materiais818 seguidores
Pré-visualização15 páginas
Já que ela não tem a carga de ter que tomar decisões que competem ao 
executivo, pode usar esse distanciamento crítico para pensar o que 
pode fazer a mais pela empresa. Como começar? 
- Perceber que ela é uma entidade diferente do chefe 
- Usar o seu potencial para inovar 
- Aprimorar-se e buscar uma formação diferente. É fundamental 
conhecer as estratégias empresariais e entender muito bem do business 
da empresa. 
 
 
 
O conceito do secretariado executivo mudou sobremaneira com o passar dos 
anos. A seguir, pode-se observar as principais características dos secretários de alguns 
anos atrás e os de hoje. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
32
32
Quadro 7 \u2013 Secretárias de ontem e de hoje 
ONTEM HOJE 
 
¾ Trabalha para pessoas 
¾ Interage com chefes 
 
¾ Trabalha isolada 
¾ Evita riscos 
¾ Direciona a sua ação para garantir 
o seu emprego 
¾ Motivada por símbolos de poder 
¾ Centralizadora 
 
¾ Desculpa-se pelos erros 
 
¾ Faz as coisas bem feitas 
 
¾ Economiza os recursos 
¾ Cumpre o seu dever 
¾ Trabalha em função da sua 
pessoa e personalidade 
 
 
¾ Trabalha para a empresa 
¾ Interage com clientes, fornecedores, 
parceiros 
¾ Trabalha em equipe 
¾ Assume riscos moderados, investe 
¾ Não tem medo de ser demitida 
¾ Motivada por metas 
¾ Cria alternativas para o trabalho em 
equipe, desenvolvendo pessoas 
¾ Faz dos seus erros uma forma de 
aprendizado e segue em frente 
¾ Faz as coisas certas nos momentos 
certos 
¾ Maximiza a utilização dos recursos 
¾ Obtém resultados 
¾ Trabalha para alcançar objetivos, 
produzindo resultados e auto-realização 
 Fonte: NATALENSE (1998) 
 
No contexto atual, ao secretariado executivo são fundamentais algumas 
características, como: saber tomar decisões, ser adaptável e flexível, ser criativo, ser 
discreto, ter capacidade de liderança, ser estável, deve gostar do que faz (deve ser 
apaixonado pelo seu trabalho), ser inovador, fazer diferente e agregar valor. 
 
 
 
 
 
 
 
 
33
33
De acordo com ROCHINI (2006), anexo 4, 
 
 
 
Para esta reconfiguração, um novo perfil é automaticamente 
requerido, já que o isolamento da posição anteriormente 
designada da secretária deixa de existir sendo substituída por 
uma posição de \u201clinha de frente\u201d, de defesa, de gerenciamento 
de informações, de controle de prazos e atividades, de 
preparação de cenários e trato de informações para o corpo 
executivo. 
Empreender requer preparo, e especialmente nesta posição, tão 
próximo do ambiente decisório e de informações sigilosas e 
estratégicas para o negócio, requer um preparo especial. 
 
 
 
ROCHINI (2006), diz que algumas áreas de competências específicas devem ser 
trabalhadas visando um desenvolvimento sólido do empreendedorismo na função, pois 
o secretariado hoje, como dito anteriormente, agrega valor para a empresa e gera 
resultados. Essas competências são descritas abaixo. 
 
Figura 6 \u2013 Competências que devem ser desenvolvidas para o Secretariado Executivo 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Fonte: Adaptado de ROCHINI (2006) 
 
De acordo com o exposto acima, percebe-se uma mudança radical no perfil do 
secretariado executivo, desde os anos 50 até os dias atuais. Como tudo está em 
 
 
34
34
constante transformação, acredita-se que este perfil ainda sofra muitas alterações. 
Temos hoje o secretariado como peça chave para o desenvolvimento da organização. 
Por isso o secretariado deve tentar, inventar, fazer diferente para fazer acontecer. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
35
35
 
6 \u2013 ENTREVISTAS REALIZADAS COM EXECUTIVOS E SECRETÁRIAS 
EXECUTIVAS DA DAIMLERCHRYSLER DO BRASIL UNIDADE JUIZ DE 
FORA 
 
 
6.1.OBJETIVOS DA ENTREVISTA 
 
Este trabalho tem como propósito geral diagnosticar o empreendedorismo na 
profissão de secretariado executivo, tendo como referência o contexto de uma empresa 
de grande porte. 
Os objetivos específicos do estudo são os de: 
 
1. Mostrar o perfil do profissional de secretariado executivo no início da fábrica. 
2. Mostrar o perfil atual do secretariado executivo e as exigências para este 
profissional. 
3. Mostrar que o profissional de secretariado é e deve ser um profissional 
empreendedor. 
4. Apresentar a visão dos executivos a respeito da profissão. 
5. Mostrar que o profissional de secretariado pode assumir uma posição mais 
estratégica na empresa 
 
 
 
 
 
36
36
6.2. PÚBLICO ALVO 
 
 
A pesquisa foi destinada às secretárias executivas efetivas da DaimlerChrysler 
do Brasil, unidade Juiz de Fora, num total de sete e a dois executivos. Das sete 
secretárias, apenas uma tem formação superior em secretariado, as demais são formadas 
em Administração de Empresas, Educação Física, por exemplo. Quatro responderam à 
entrevista, uma preferiu não opinar e duas não se encontravam na fábrica. 
Devido à impossibilidade de entrevista com todos os executivos da fábrica, 
optou-se por entrevistar dois executivos, os quais foram o Gerente de Recursos 
Humanos, por ser a área responsável pela análise do perfil, seleção e acompanhamento 
de pessoal e o Gerente de Logística e Compras, por já ter trabalhado com várias 
secretárias, tendo desta forma uma visão mais abrangente do secretariado, e por ser um 
dos executivos mais jovens da fábrica. 
 
6.3. APLICAÇÃO DAS ENTREVISTAS 
 
As entrevistas foram realizadas na própria empresa no período de 25 de janeiro a 
24 de fevereiro de 2006. 
 
6.4. LIMITAÇÕES E CONSIDERAÇÕES 
 
As limitações da pesquisa identificadas pela autora foram: 
\u2022 Por se tratar de uma entrevista, optou-se por transcrevê-las na íntegra, no corpo 
do trabalho, para evitar a perda de informações relevantes para a pesquisa. 
\u2022 Por se tratar de uma pesquisa qualitativa ficou difícil transformar os dados em 
percentuais, pois não apresentaria todo o conteúdo das respostas. 
\u2022 Os entrevistados se mostraram abertos para a discussão do tema, sugerindo 
algumas ações para um melhor direcionamento dos cursos de secretariado e da 
profissão. 
 
 
 
 
 
 
 
37
37
ENTREVISTA 1 - Gerência 
 
1 \u2013 Para você, o que é o empreendedorismo? 
 
R: O empreendedorismo está ligado a uma série de vibrações estruturadas de forma 
harmoniosa na busca de excelência nos resultados. Devemos fazer do tempo um prazer 
de viver e não um martírio. 
 
2 \u2013 Qual o perfil das secretárias no início da fábrica? 
 
R: No início da fábrica as secretárias eram mais executoras, hoje elas têm um 
posicionamento mais estratégico. Deixou de ser \u201ca fera\u201d para ser parceira na 
comunicação. 
 
3 \u2013 Como esse perfil foi sendo mudado com o passar dos anos? Citar atividades 
que eram desenvolvidas pelas secretárias e que hoje não são mais. 
 
R: A 10, 15 anos atrás, cada supervisor era detentor de uma secretária. Com o aumento 
das facilidades trazidas pela tecnologia, o chefe passou a não precisar tanto da secretária 
como auxiliar, abrindo espaço para que ela desenvolvesse outras atividades. Cada vez 
mais tem-se nas estruturas menos secretárias e as que se tem, têm mais poder. 
 
4 \u2013 Você acha que esse profissional é/deve ser empreendedor? Como? Qual a 
importância do empreendedorismo na profissão de secretariado? 
 
R: Sim. O profissional de secretariado não deve ter receio de propor mudanças, de ousar 
com inteligência, de compartilhar. A secretária assume um papel novo, o de visionária 
de antecipação de fatos, uma vez que ela tem uma visão sistêmica do todo; é uma