Acd Agrop
18 pág.

Acd Agrop


DisciplinaÉtica e Relações Humanas no Trabalho183 materiais3.014 seguidores
Pré-visualização4 páginas
pela Harvard Business Review, com a finalidade de fazer uma distinção entre os Hardwares específicos concebidos para executar um escopo limitado de funções e Hardwares de computação de propósito geral que poderiam ser programados para várias tarefas. Como a indústria de TI evoluiu muito a partir de meados do século 20, ela abrangeu vários transistores e circuitos integrados com a capacidade de computação avançada enquanto o custo do dispositivo e do consumo de energia caiu muito, um ciclo que se perpetua até os dias atuais, quando surgem novas tecnologias.
Pode-se definir tecnologia da informação como o conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam a produção, o armazenamento, a transmissão, o acesso, a segurança e o uso de informações. Na Verdade, as aplicações para TI são tantas e estão ligadas a tantas áreas que há diversas definições para a expressão e nenhuma delas consegue determina-la por completo. É a área de informática que trata a informação, a organização e a classificação de forma a permitir a tomada de decisão em prol de algum objetivo. A tecnologia da informação pode contribuir para alargar ou reduzir as liberdades privadas e públicas ou torna-se um instrumento de dominação.
Sistemas de Ti \u2013 Utilizados na Produção
É muito fácil confundir-se ao tentar entender o que é MRP. Há duas definições diferentes, mas relacionadas de MRP; entretanto, compartilham do mesmo tema \u2013 elas auxiliam as empresas a planejar e controlar suas necessidades de recursos com o apoio de sistemas informatizados. MRP tanto pode significar o planejamento das necessidades de materiais, como o planejamento dos recursos de manufatura. Com o tempo, esse conceito desenvolveu-se de um foco na gestão de operações, que auxiliava o planejamento e controle das necessidades de materiais, para se tornar, atualmente, um sistema corporativo que apoia o planejamen-to de todas as necessidades de recursos do negócio. Esse método é usado em empresas de manufatura, embora haja alguns casos de aplicação em ambientes não manufatureiros.
Vantagens deste sistema
Diminuição dos estoques;
Controle Melhor da produção e das encomendas;
Processo Hierárquico;
Integração das várias áreas funcionais (ERP);
Estrutura formal de dados e procedimentos;
Simulações;
Integração JIT/MRP.
Para executar os cálculos de quantidade de tempo descrito, os sistemas de planejamento das necessidades de materiais MRP I normalmente requer que a empresa mantenha certos dados em arquivos de computador, os quais quando o programa MRP I é rodado, podem ser verificados e atualizados. Para que se possa compreender a complexidade de um sistema MRP, é necessário que se entendam estes registros e arquivos de computador. Começando na parte superior do anexo, as primeiras entradas para o planejamento das necessidades de materiais são os pedidos de clientes e a provisão de demanda. A primeira refere-se a pedidos firmes programados para algum momento do futuro, enquanto a segunda, consiste em estimativas realistas da quantidade e momento de pedidos futuros. O MRP executa seus cálculos com base na combinação desses dois componentes de demanda futura. Todas as demais necessidades calculadas neste processo são derivadas e dependentes dessas demandas. Por causa disso, o MRP é como um sistema de demanda dependente. A demanda dependente é aquela que é derivada de alguma outra decisão tomada dentro da empresa, enquanto os sistemas de demanda independente são aqueles adequados para os casos em que a demanda está fora do controle da empresa. Essa redução pode ocorrer por departamentos, visto que alguns são mais rápidos para implantar do que outros. Aumento de produtividade e redução de erros: A produtividade aumenta em torno de 26% visto que os processos são automatizados e os erros são evitados.
	Custos do Sistema MRP
	Fornecedor A e B
	Referência
	Custos
	Custos para contratação
	R$ 500,00
	Licença de uso
	R$ 500,00
	Custos de Manutenção e Suporte
	R$ 500,00
	Customização
	R$ 500,00
	Total
	R$ 2.000,00
A decisão que tomamos será que devemos adotar o sistema ERP e MRP, e que os dois fornecedores por obter resultados mais eficazes e eficientes na produção dos sucos.
Passo 05
Um orçamento normalmente aloca quantidades específicas de dinheiro para vários itens que requerem financiamento. Um orçamento também mantém o controle dos lucros recebidas. Gerenciando qualquer orçamento requer um ato de equilíbrio constante de manter bons níveis de fluxo de caixa sem ultrapassar o limite de orçamento. Quando um orçamento está fora de equilíbrio, o gerente deve encontrar maneiras de aumentar ou reduzir os gastos em determinadas áreas. A empresa conta com uma boa gestão do orçamento a fim de operar em uma base diária, sem entrar em caos. Má gestão de dinheiro muitas vezes leva a deficiências graves em dinheiro e pode colocar um negócio em risco real. Um orçamento típico aloca fundos para a folha de pagamento, as despesas gerais, equipamentos, serviços, impostos e despesas diversas. decisões cuidadosas devem ser feitas em relação à quantidade de dinheiro gasto cada mês em itens específicos. Por exemplo, um gerente pode ter que adiar a compra de um novo equipamento que tem o potencial de ajudar a empresa a produzir mais, a fim de fazer folha de pagamento. Folha de pagamento é uma despesa orçamental, que não pode ser gasto de forma arbitrária ou sacrificado para outros custos. Em vez disso, o gerente deve projetar quanto tempo espera-se que tomar para adquirir os fundos necessários para comprar o equipamento desejado. Este tipo de decisão é comum na gestão do orçamento.
Aquisição de terceiros Fornecedor: A
	AQUISIÇÃO DE TERCEIROS FORNECEDOR A
	
	Janeiro
	Fevereiro
	Março
	Abril
	Maio
	Junho
	Julho
	Agosto
	Setembro
	Outubro
	Novembro
	Dezembro
	TOTAL
	Aquisição de Terceiros
	228000
	228000
	228000
	48000
	48000
	48000
	48000
	48000
	48000
	48000
	48000
	48000
	1.116.000
O fornecedor A precisará adquirir da produção de terceiros 1.116.000 mil toneladas de laranjas devido a sua capacidade de produção e a caixa com 40,8 kg custa em média R$19,90 logo teremos o custo de:
	1.160.000 kg
	 40,8 kg
= 28.431,40 x R$ 19,90 = R$ 565.784,30
Custos com Embalagem:
	Produção Anual
	Demanda Projetada em Garrafas.
	Demanda em Lts.
	Demanda em Ml
	2.592.000 lts.
	60% garrafas de 300 ml
	1.555.200 lts.
	1.555.200.000 ml
	2.592.000 lts.
	30% garrafas de 500 ml
	777.600 lts.
	777.600.000 ml
	2.592.000 lts.
	10% garrafas de 1.000 ml
	259.200 lts.
	259.200.000 ml
Então para encontrarmos o valor que será gasto com as compras de embalagens se adotarmos o fornecedor A teremos que dividir a demanda em ML pela demanda projetada de garrafas contendo 300 ml; 500 ml e 1000 ml respectivamente e após multiplicamos os respectivos valores pelos preços de cada embalagem como representado na tabela abaixo.
	Demanda em Ml
	Demanda Projetada 
	Resultado da Divisão
	Valor das Embalagens
	Total Gasto
	1.555.200.000
	300 ml
	5.184.000
	 R$ 0,45 
	 R$ 2.332.800,00 
	777.600.000
	500 ml
	1.555.200
	 R$ 0,72 
	 R$ 1.119.744,00 
	259.200.000
	1000 ml
	259.200
	 R$ 0,95 
	 R$ 246.240,00 
	 
	 
	 
	 
	 R$ 3.698.784,00 
Receita com vendas fornecedor: A
Para encontrarmos a receita de vendas do fornecedor A apenas multiplicamos a quantidade de garrafas envasadas pelo valor de cada uma:
	Referência
	Quantidades de Garrafas
	Valor por Unidade
	Receita com vendas
	300 ml
	5.184.000
	 R$ 1,90 
	 R$ 9.849.600,00 
	500 ml
	1.555.200
	 R$ 3,00 
	 R$ 4.665.600,00 
	600 ml
	259.200
	 R$ 5,90 
	 R$ 1.529.280,00 
	 
	 
	 
	 R$ 16.044.480,00 
DRE Fornecedor A
	(=) Receita Liquida