Vocabulário Jurídico
788 pág.

Vocabulário Jurídico


DisciplinaIntrodução ao Direito I88.135 materiais525.805 seguidores
Pré-visualização50 páginas
de alguma cousa: Díz-se 
porém particularmente da numeração, e discrip-1 
çâo, dos bens moveis, e de raiz, títulos, papéis, e divi4 
das activas e passivas, dos defuntos; 
As penas impostas ao Cônjuge, que por morte do outros 
Cônjuge não procede á Inventario, devem sêr julgadas por , 
Sentença em Causa por êlle contestada, para poderem têr I 
t 
VOCABULÁRIO JURÍDICO 191 
effêito contra os Herdeiros :\u2014 Ass. de 20 de Junho de 1780, 
tomado sobre a Ord. Liv. 1.* Tit. 88 § 8.»: 
O Inventario de Marido pertence ap Juizo, que fizer o da 
Molhér :\u2014 Ass. de 17 de Junho de 1651, etc. etc: 
(N. B. Ha muita Legislação sô*bre os Inventários, mas 
toda se-achará. na Consolid. das Leis Civis; e na maior parte 
substituída por Leis modernas, posteriores à I Independência 
do Império) \u2014. 
Inventario\u2014Dicíon. de Ferr. Borges ':\ 
\u2014 Inventario (Beneficio de) é um privilégio, que as 
Leis concedem â um Herdeiro, e consiste em admittil-o 
â herança do fallecido, sem obrigal-o aos encargos além 
do valor dos bens, de que é composta essa herança, com 
tanto que faça Inventario no praso estabelecido péla Lêi: 
Esta matéria é de puro Ditêito Civil \u2014. 
\u2014 Inventario Commerciál, que também se-chama 
\u2014 Balanço \u2014, é um acto, que contém o estado dos dos 
effêitos moveis, de raiz, e dos direitos activos e passivos, \u2022 
do Negociante: 
Este acto não tem solemnidades, e pode sêr feito pêlo 
Commerciante particularmente; e d'aqui a differença dos 
\Inventarios Judicides, por morte, interdicçâo, ou ausência : 
Este acto importa o registro do activo e passivo do 
Commerciante, e a Lêi Commerciál lhe-impõe a obrigação de 
balancear por tal Inventario todos os annos a sua Casa, o de 
lançal-o n'um Livro Especial (Confere o nosso Cod. do 
Comm.) : 
Procede-se â Inventario nos casos de fallencia segundo o 
§ 15 do Alv. de 13 de Novembro de 1756 : (Também confere 
o nosso Cod. Com.): 
Como os bens dos que morrem no màr pertencem à seus 
herdeiros, ou legatários, as Leis Marítimas ordenarão, que, 
fallecendo alguém à bordo de um navio, o Escrivão 
\u25a0 
192 VOCABULÁRIO JURÍDICO 
óVêlle ; e, quando não haja Escrivão, o Capitão ou Mestre, 
faça Inventario do que se-acha ao fallecido: (Também confere 
o nosso Cod. do Comm.): 
. O Inventario, para sêr valioso, não só deve conter a descripção 
de todos os bens, que o fallecido tinha no Navio ; mas deve sêr 
feito na presença de seus parentes, se os-houvér á bordo, ou de 
duas testemunhas, que o-de-vem assig-nár: O Escrivão é obrigado 
à entregar na torna-viágem os effêitos inventariados, e o Inventario 
aos her-1 dêiros do defunto, aos legatários, ou á outros, à quem 
pertencerem: (Também confere o nosso Cod. do Comm.): I Be 
ordinarip os Capitães entregão tudo aos donos dos i Navios, que, 
com o saldo das soldadas, entregão tudo aos herdeiros habilitados, 
etc: (Também confere o nosso Cod. 1 do Comm.) : 
O Inventario dos bens naufragados é feito pêlos Ofil- 1 ciàes 
de Fazenda, segundo o Alv. de 20 de Dezembro de 1713 : 
(Vêja-se o Art. 52 § 2.° Nota 26 da Consolid. das Leis Civis) \u2014. 
\u2014 Inventores são os que achão alguma cousa, ou fazem 
alguma Invenção ou Descoberta. 
Inventores \u2014 Leis actudes do Império 
Pelo Art. 179 \u2014 XXVI da Constit. do Império os Inven- ' 
tôres (no segundo sentido) tem a propriedade de suas des-sobertas, 
ou de suas producções; assegurando-lhes a Lêi com privilegio 
exclusivo temporário, ou os-reservando I um reçarcimento da 
perda, que hajâo de soffrêr péla 
vulgurisação: 
H Essa Lêi promettida é a de 28 de Agosto de 1830, asse-
gurando aos Descobridores ou Inventores das industrias Úteis a 
propriedade, e o uso exclusivo, de suas Invenções. 
Inventores\u2014Diccion. de Ferr. Borges. 
São os que descobrem algum processo não antes co- \u25a0 
VOCABULÁRIO JURÍDICO 193 
nhecido, que melhore as Artes e os Officios, as Fabricas; 
n'uma palavra\u2014um autor\u2014: 
Também se-considerão no mesmo pé de Inventores os que 
introduzem no paiz uma descoberta estrangeira, por sêr igual o 
effêito para com a Sociedade: (Confere a mesma citada Lêi de 
28 de Agosto de 1830 : 
Entre nós ou em Portugal aos Inventores de alguma nova 
maquina concede-se o privilégio exclusivo de Invenção : 
Todas as Nações adoptão, pouco mais ou menos, as mesmas 
regras etc. etc. O tempo do privilégio consta da [ respectiva 
Patente\u2014. 
K. 
\u2014 Kalendario (entre nós) é a nossa Folhinha, e mais 
boje o nosso Âlmanack: Vêja-se o Direito Romano de 
Savigny 3." Volume, e o Diccion. Ecclesiastico de \ 
André. 
Kalendario\u2014Diccion. dz Per. e Souza 
E' o Livro, que contém a ordem,\u2014dos Dias,\u2014das Se-
manas,\u2014dos Mêzes, e das Festas, em cada anno : 
Os dois períodos são o Juliano, e o Gregoriano ; 
O Juliano é o que Júlio César, sendo Dictadôr e Pontífice, 
fêz reformar, e cujo uso foi introduzido em todo o Império 
Romano: os Christãos o-adoptarão, mas, no logâr das Letras 
Nundindes, que indicavâb jogos e férias, pozérão outras para 
mostrar os Domingos e as Festas do Anno: 
O Gregoriano é o reformado por Gregório XIII, a qual 
reforma se-fêz cortando-se déz dias, que se-havião introduzido 
de mais na computação ordinária : 
As Igrejas Particulares têm seus Kalendarios, que são 
catálogos, em que são escriptos os nomes dos differentes 
Santos, aos quaes dão Culto : 
VOCAB. JUR. 13 
I 
194 VOCABULÁRIO JURÍDICO 
Kalendario Perpetuo è o relativo aos differentes dias, em 
que a Festa da Páscoa pôde cahir, pois que nSo cahe mais 
tarde que á 25 de Abril, nem mais cedo que á 22 de Março : 
I Assim, o Kalendario Perpetuo é composto de outros tantos 
Kalendarios Particulares, quantos os dias, que vão de 22 de 
Março inclusivamente até 25 de Abril inclusivamente, 
formando 35 Kalendarios : 
Sobre a reforma do Kalendario Eccksiastico, vêja-se a 
Resolução de 22 de Dezembro de 1773 \u2014. 
\u2014 Kyrie eleison são palavras gregas, que significâo 
\u2014 SENHOR, tende piedade de nós\u2014: I 
Esta formula de oração se-diz nove vezes na Missa em 
honra das três PESSOAS DA SANTÍSSIMA TRINDADE : 
Ella lhes-é dirigida, e repetida á cada uma três vezes, 
porque todas três coopérão indivisivelmente para a Mi- I 
sericordia pedida à DEUS por esta oração.
 
I 
\u25a0 (N. B. São palavras rigorosamente juridicas, que, em sua 
decomposição, querem dizer: \u2014 Aqui rêi é, é lêi son\u2014, para 
que a falia comece no som das cousas novamente\u2014. 
I r.
 I 
\u2014 Lacuna (Dicion. de Ferr. Borges) é o vasio, que 
fica entre palavra e palavra (ou entre mais de uma pa- 
lavra), em qualquer papel escripto ou impresso : 
M Os Livros, que a Lêi incumbe aos Commerciantes não 
devem têr lacunas, h fim de evitar-se qualquer inserção 
fraudulenta posterior: (As lacunas são os intervallos em 
branco, também prohibidos pêlo nosso Cod. do Comm. Art. 
14; porém a palavra indica por vezes qualquer sup-pressão, que 
não devera ter escapado)\u2014. 
\u2014 Ladrão é o que furta, ou rouba; como distin- 
VOCABULÁRIO JURÍDICO 196 
gue o nosso Cod. Crim. por diversos delictos, em seus krts. 
257 à 262 e 269 à 274\u2014. 
I \u2014 Lançador (Diccion. de Per. de Souza) é quem offe-prece 
certo preço em leilão, ou almoéda (vulgo hoje arrematação na 
venda publica). 
Lançamento é o acto do Lançador: 
Também significa o orçamento ou estimação de certos 
impostos, como o da Decima Urbana : (E também significa o 
acto de Audiência judicial, pêlo qual uma das Partes fica 
privada de algum acto, para que fora citada com a pena de 
lançamento, que se-costuma julgar por Sentença) \u2014. 
\u2014 Lastro cbama-se as matérias pesadas, como areia, 
pedras, etc., que se-poein no poráõ das embarcações, para 
fazêl-as penetrar bem n'agua, e dar-lhes correspondente prumo 
\u2014. 
Lastro \u2014 Diccion. de Ferr. Borges 
E' o nome, que se-dà ás matérias pessadas, como ferro, 
pedras, cascalho, e outras,