apoll de metodologia historia
5 pág.

apoll de metodologia historia


DisciplinaMetodologia da História139 materiais1.007 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Questão 1/5 - Metodologia do Ensino de História 
 Considere o fragmento de texto a seguir:
\u201cNo campo da pesquisa em história da educação, [...] Eliane Marta Teixeira Lopes [...] classifica as fontes documentais em três grandes grupos, a saber: fontes orais, escritas e iconográficas. [...] A classificação quanto ao tipo de material/suporte e espécie de fonte para a pesquisa histórica veio se modificando com o tempo devido, por um lado, às novas posturas teórico-metodológicas no campo da pesquisa, e, por outro, à evolução tecnológica que faz surgir novos suportes da informação\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está disponível em: BONATO, Nailda Marinho da Costa. O uso das fontes documentais na pesquisa em História da Educação e as novas tecnologias. Acervo, [S.l.], v. 17, n. 2 jul./dez., p. 85-110, dez. 2011. <http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/162/162>. Acesso em: 07 Jun. 2017. 
Tendo em vista os conteúdos do livro-base Metodologia do Ensino de História sobre o trabalho com fontes documentais, relacione cada um dos tipos de fonte documental listados a seguir às suas respectivas características. 
Texto jornalístico
Texto literário
Depoimento oral
Documentos oficiais
Imagens 
( 3 ) Essa fonte documental dá vida aos fatos e, quando utilizada no ensino de História, deve ser complementada com o texto didático.
( 5 ) Ao usar essa fonte documental é preciso lembrar que ela não é neutra, pois demonstra o que as pessoas queriam mostrar, podendo haver nela possíveis \u201cmentiras\u201d.
( 2 ) Na abordagem tradicional de ensino-aprendizagem, essa fonte era usada somente para confirmar aquilo que já havia sido constatado no documento oficial.
( 1  ) Nesse tipo de fonte, encontra-se subjetividade além da objetividade.
( 4 ) São fontes documentais expedidas por órgãos públicos ou por entidades particulares com o aval do Estado.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	5 \u2013 4 \u2013 2 \u2013 3 \u2013 1
	
	B
	3 \u2013 5 \u2013 4 \u2013 2 \u2013 1
	
	C
	1 \u2013 2 \u2013 4 \u2013 5 \u2013 3
	
	D
	2 \u2013 1 \u2013 5 \u2013 3 \u2013 4
	
	E
	3 \u2013 5 \u2013 2 \u2013 1 \u2013 4
Questão 2/5 - Metodologia do Ensino de História 
Considere o fragmento de texto a seguir:
\u201c[É preciso] desenvolver [na sala de aula] atividades com diferentes fontes de informação (livros, jornais, revistas, filmes, fotografias, objetos etc.) e confrontar dados e abordagens; trabalhar com documentos variados, como sítios arqueológicos, edificações, plantas urbanas, mapas, instrumentos de trabalho, objetos cerimoniais e rituais, adornos, meios de comunicação, vestimentas, textos, imagens e filmes\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está disponível em: BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: História. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC /SEF, 1998. p. 77. 
De acordo com os conhecimentos adquiridos no livro-base Metodologia do Ensino de História com relação aos exemplos práticos de atividades a serem trabalhadas no ensino de História, analise as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras, e F para as afirmativas falsas:
I. ( ) Os exemplos práticos de atividades compreendem jogos e atividades r trabalhos com documentos.
II. ( ) Os exemplos de atividades com jogos e trabalhos com documentos podem ser utilizados pelo professor como estratégias de ensino motivadoras para a aprendizagem.
III. ( ) Os trabalhos com documentos são mais importantes do que outros tipos de atividades e, por isso, devem ser priorizados no desenvolvimento do ensino de História.
IV. ( ) A comparação de imagens, o trabalho com textos jornalísticos, a análise de cartas e crônicas são exemplos de trabalhos com documentos. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	F \u2013 V \u2013 V \u2013 F
	
	B
	V \u2013 V \u2013 F \u2013 V
	
	C
	V \u2013 V \u2013 V \u2013 V
	
	D
	F \u2013 V \u2013 F \u2013 F
	
	E
	V \u2013 F \u2013 F \u2013 V
Questão 3/5 - Metodologia do Ensino de História 
 Considere o extrato de texto a seguir:
\u201cPúblicas ou privadas, as cartas, em alguns momentos, foram os principais registros do passado sem as quais seria impossível a construção de uma memória. Se o público leitor se mostra interessado por esses documentos, a academia também. A área da literatura utiliza-se enormemente dessas fontes, fato que se dá de maneira mais recente com a história da educação, beneficiada com as transformações que ocorrem no campo da história, em especial a história cultural. A utilização das cartas e demais arquivos pessoais como objeto de pesquisa, tem ganhado amplo destaque entre os pesquisadores da história da educação\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está disponível em: Müller, Dalila; PAULA, Débora Clasen de; HALLAL, Dalila Rosa Hallal. As correspondências como fonte para a História do turismo. <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:x5fxqiUUpTUJ:www.anptur.org.br/ocs/index.php/seminario/2012/paper/downloadSuppFile/1133/625+&cd=9&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br>. Acesso em 07 jun. 2017.
Conforme os conteúdos do livro-base Metodologia do Ensino de História, os historiadores trabalham com dois tipos de cartas: pessoais e oficiais. Assim sendo, ao analisarem documentos desse tipo, é importante que os alunos saibam identificar o que é...
	
	A
	oficial e casual.
	
	B
	abstrato e evidente.
	
	C
	explícito e implícito.
	
	D
	invenção e novidade.
	
	E
	objetivo e subjetivo.
Questão 4/5 - Metodologia do Ensino de História 
Atente para a seguinte afirmação:
\u201cA mesma postura crítica escorregava para a análise dos documentos, que deixavam de representar fontes inoculadas e por si só verdadeiras. \u2018Documentos são vestígios\u2019, diz Marc Bloch, contrapondo-se à versão da época, que definia o passado como um dado rígido, que ninguém altera ou modifica\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está disponível em: SCHWARCZ, L. Apresentação à edição brasileira: Por uma historiografia da reflexão. In: BLOCH, M. Apologia da História ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. p. 7. 
Tendo em vista os conteúdos do livro-base Metodologia do Ensino de História com relação aos documentos oficiais e a História, marque V para as afirmativas verdadeiras, e F para as afirmativas falsas:
I. (  ) Durante muito tempo os documentos oficiais foram a fonte mais importante para os historiadores por terem o aval do Estado.
II. (   ) Os documentos oficiais podem ocultar a verdade.
III. (  ) Cabe ao historiador seguir à risca os dados fornecidos pelos documentos oficiais, não cabendo a ele formular hipóteses sobre informações ocultas.
IV. (  ) Certidões de nascimento, cédulas de dinheiro e declarações de Imposto de Renda são exemplos de documentos oficiais.
V. (   ) Cartas pessoais são consideradas como documentos oficiais.
Agora, selecione a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	V \u2013 V \u2013 F \u2013 F \u2013 V
	
	B
	F \u2013 V \u2013 F \u2013 V \u2013 F
	
	C
	V \u2013 F \u2013 V \u2013 V \u2013 V
	
	D
	V \u2013 F \u2013 F \u2013 V \u2013 V
	
	E
	V \u2013 V \u2013 F \u2013 V \u2013 F
Questão 5/5 - Metodologia do Ensino de História
 Considere o fragmento de texto a seguir:
\u201cÉmile Durkheim (1858-1917) foi um sociólogo francês. É considerado o pai da Sociologia Moderna e chefe da chamada Escola Sociológica Francesa. É o criador da teoria da coesão social. Junto com Karl Marx e Max Weber, formam um dos pilares dos estudos sociológicos\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está disponível em: EBIOGRAFIA. Biografia de Émile Durkheim. <http://www.e-biografias.net/emile_durkheim/>. Acesso em 6 jun. 2017. 
De acordo com os conteúdos do livro-base Metodologia do Ensino de História em relação à educação na concepção de Émile Durkheim no início do século XX, é correto afirmar que, para o referido sociólogo:
	
	A
	A questão da criatividade e da autonomia do pensamento 
dos educandos eram fatores a serem considerados.
	
	B
	A educação deveria incutir nas crianças, nos