RESUMÃO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA
3 pág.

RESUMÃO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA


DisciplinaAdministração Financeira36.066 materiais663.197 seguidores
Pré-visualização1 página
RESUMÃO
O administrador financeiro realiza analises, planejamento, toma decisões de investimentos e financiamentos utilizando dados financeiros e operacionais para orientar as decisões.
Identificar oportunidades de investimento;
VALOR maior que o CUSTO de aquisição;
Procurar fontes menos custosas;
METODO DE ANALISE DE INVESTIMENTO
TMA: Investidor considera o percentual para obter ganhos nas aplicações;
Custo de Oportunidade: alternativas de escolha;
Risco do negócio: previsões efetuadas para o negócio podem não ocorrer como planejadas, relacionado com o futuro (expectativa). Quanto maior o risco, maior é a remuneração esperada.
Liquidez: Capacidade/velocidade de transformar um ativo em dinheiro com a menor perda de valor.
Poupança (alta); Títulos públicos (média/baixa); Fundos de investimento (alta/média); Imóveis (baixa); Ações (geralmente é alta).
TIR: iguala o valor presente dos fluxos de caixa futuro ao investimento inicial (taxa de corte ou taxa mínima de retorno). Torna o VPL = 0. Se a TIR exceder a TMA, o projeto é recomendável.
VPL: avaliação de entrada/saída de investimentos calculados usando taxa de juros fixada para saber o custo do capital exigido pela aplicação. 
VPL = VP \u2013 I0
VPL > 0 \u2013 Favorável;
VPL = 0 \u2013 Indiferente;
VPL < 0 \u2013 Desfavorável.
Vantagens:
Usa apenas fluxos de caixa;
Reconhece o valor do dinheiro no tempo;
Quanto maior o tempo, maior o desconto;
VPL positivo aumenta o valor da empresa.
Desvantagens:
Dificuldade em determinar uma taxa apropriada;
Taxa de atualização pode não ser realista (variação de taxas com o tempo);
Reinvestimentos ou financiamentos à mesma taxa não é seguro (depende das condições do mercado).
PAYBACK: período necessário para recuperar um investimento.
Vantagens:
Fácil de usar e entender;
Não tem cálculos complicados;
Utilizado para análise rápida;
Desvantagens:
Ignora o valor do dinheiro no tempo;
Por exemplo, as entradas de caixa após o período que o I0 foi recuperado.
IL: razão entre o valor presente das entradas de caixa (VEPEC) e o I0, está relacionado diretamente com o VPL;
IL = VPEC / I0;
IL > 1 \u2013 Aceito;
IL < 1 \u2013 Rejeitado.
VPL = Positivo, IL > 1
VPL = Negativo, IL <1
NPV: O resultado é obtido pela diferença entre o total do valor presente líquido de caixa previsto para cada período e o valor presente do investimento.
 
CAPITAL DE GIRO
Conjunto de valores necessários para empresa fazer seus negócios (movimentação dos ativos).
CAPITAL DE GIRO = ATIVO CIRCULANTE
Recursos correntes de curto prazo aplicados no ativo circulante;
Formado pela disponibilidade, valores a receber e estoques;
Rápida renovação;
Sustenta as operações do dia-a-dia;
Frequentemente surgem problemas quando ocorre redução de vendas;
Necessidade de manter o capital sob controle quando houver redução das vendas;
Formação de reserva financeira;
Controle da inadimplência;
Encurtamento do ciclo econômico;
Reduzir custos;
Substituição de passivos;
Negociar um prazo maior para pagamento das dívidas.
Fixo (permanente): volume mínimo de ativo circulante para manter a empresa em condições normais de funcionamento;
Variável (sazonal): necessidades adicionais em determinados períodos;
Período de queda nas vendas;
Compras antecipadas, etc.
Fontes do capital de giro: capital próprio, empréstimos/financiamentos, descontos de duplicatas e cheques, fornecedores, adiantamento de clientes e lucros.
NCG: Quando o ciclo de caixa é longo, a necessidade de capital de giro é maior e vice-versa. O NCG aumenta com o acréscimo no volume de vendas, redução de prazos de pagamento, aumento do volume de vendas a prazo e ampliação dos prazos de recebimentos e de estoques. E diminui com queda de vendas, aumento dos prazos de pagamento, redução do volume de vendas a prazo.
Reduzir esse ciclo significa RECEBER mais CEDO e PAGAR mais TARDE.
Pode ser calculada das seguintes formas:
Balanço Patrimonial:
NCG = (DUPLICATAS A RECEBER + ESTOQUE) - (CONTAS A PAGAR)
Ciclo Financeiro:
(PRAZO MÉDIO DE ESTOQUES + PRAZO MÉDIO DE RECEBIMENTOS) \u2013 (PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTOS).
NCG = Ciclo Financeiro x Valor das Vendas por Dia
Capital de Giro Líquido (CGL): indicador de liquidez para espelhar a capacidade de gerenciar as relações com fornecedores e clientes.
É calculado com a subtração do Ativo Circulante (AC) e do Passivo Circulante (PC)
				CGL = AC \u2212 PC
Esse valor excede a NCG e denomina-se Efeito Tesoura (ET = CGL \u2013 NCG).