apol libras
5 pág.

apol libras


DisciplinaLibras18.914 materiais123.087 seguidores
Pré-visualização2 páginas
\u201cPodem-se organizar os principais fatores diferenciadores individuais os cinco seguintes: a localização da lesão, a etiologia, a perda auditiva, a idade de início da surdez e o ambiente educativo da criança. Uma surdez ou uma deficiência auditiva é qualquer alteração produzida tanto no órgão da audição como na via auditiva. A classificação mais habitual do ponto de vista médico foi feita em função do lugar de onde se localiza a lesão\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLL C.; MARCHESI A.; PALACIOS J. Desenvolvimento psicológico e educação: Transtornos de desenvolvimento e necessidades educativas especiais. Porto Alegre: Artmed, 2004. p. 172.
De acordo com o texto-base As primeiras aprendizagens da criança surda, a perda auditiva pode ser classificada em tipos e graus. Sobre o tipo de surdez denominado sensório-neural, é correto afirmar que:
	A	A surdez sensório-neural é proveniente de patologias na orelha externa e/ou média, passíveis de tratamento medicamentoso e/ou cirúrgico.
	B	A surdez sensório-neural é proveniente de patologias na orelha externa, passíveis de tratamento cirúrgico na orelha interna.
	C	A surdez sensório-neural afeta a audição tanto da orelha externa quanto da orelha interna, apresentando uma surdez de condução e ao mesmo tempo uma surdez sensório-neural.
	D	A surdez sensório-neural é proveniente de patologias na parte interna da orelha, passíveis de tratamento cirúrgico e medicamentoso na parte externa da orelha.
	E	Localizado na orelha interna e/ou no nível central. É irreversível, pois atinge as células neurais que quando lesionadas não se regeneram.certa
\u201cAprendizes tardios da primeira língua são praticamente inexistentes em comunidades de língua falada, o que não é o caso em comunidades sinalizantes. Uma vez que cerca de 95% das crianças surdas possuem pais ouvintes [conforme Mitchell e Karchmer], não é de se admirar que a grande maioria não esteja exposta à língua de sinais desde o nascimento. [...] Não se entende muito bem como essa exposição linguística tardia afeta o desenvolvimento linguístico, porém, fica evidente que os efeitos existem".
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LILLO-MARTIN, Diane. Estudos de aquisição de línguas de sinais: Passado, presente e futuro. In. QUADROS, Ronice Muller de; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de (Org.). Questões teóricas das pesquisas em Línguas de Sinais. Rio de Janeiro: Editora Arara Azul, p. 191-210, 2008. p. 203.
Conforme o estudado no texto-base As primeiras aprendizagens da criança surda, pode-se compreender que a comunicação não verbal é insuficiente para as interações sociais e para a aquisição de aprendizagens mais complexas pelo sujeito surdo, havendo então...
	A	
a necessidade da comunicação por desenhos.
	B	
a necessidade da aquisição de uma língua.certa
	C	
a necessidade da construção da identidade surda.
	D	
a necessidade da aprendizagem sistemática de objetos.
	E	
a necessidade da pesquisa linguística.
\u201cA língua de sinais e a língua falada artilham de muitas propriedades fundamentais. [...] As línguas, nas duas modalidades, compartilham a propriedade de ter palavras/sinais que são constituídos de unidades fonológicas sem significado consequentemente, a língua de sinais e a língua falada exibem uma dualidade de padronização\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: QUADROS, Ronice Muller de; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de (Org.). Questões teóricas das pesquisas em Línguas de Sinais. Rio de Janeiro; Editora Arara Azul, 2008. p. 219.
Conforme os conteúdos do texto-base Educação Infantil - Saberes e Práticas da Inclusão: Dificuldades de comunicação e sinalização \u2013 surdez sobre as duas modalidades dos sistemas de produção e reconhecimento de linguagem próprias do ser humano, é correto afirmar que:
	A	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema sensorial na modalidade viso-espacial ou oral-auditivo.certa
	B	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema neural nas modalidades articulatórias e sensoriais.
	C	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema gustativo na modalidade de sabores e cores.
	D	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema neural nas modalidades sensorial e de visualização.
	E	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema fonador na modalidade visual e sensorial.
\u201cA língua de sinais e a língua falada artilham de muitas propriedades fundamentais. [...] As línguas, nas duas modalidades, compartilham a propriedade de ter palavras/sinais que são constituídos de unidades fonológicas sem significado consequentemente, a língua de sinais e a língua falada exibem uma dualidade de padronização\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: QUADROS, Ronice Muller de; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de (Org.). Questões teóricas das pesquisas em Línguas de Sinais. Rio de Janeiro; Editora Arara Azul, 2008. p. 219.
Conforme os conteúdos do texto-base Educação Infantil - Saberes e Práticas da Inclusão: Dificuldades de comunicação e sinalização \u2013 surdez sobre as duas modalidades dos sistemas de produção e reconhecimento de linguagem próprias do ser humano, é correto afirmar que:
	A	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema sensorial na modalidade viso-espacial ou oral-auditivo.certa
	B	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema neural nas modalidades articulatórias e sensoriais.
	C	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema gustativo na modalidade de sabores e cores.
	D	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema neural nas modalidades sensorial e de visualização.
	E	O ser humano pode se comunicar por meio do sistema fonador na modalidade visual e sensorial.
A inclusão dos surdos no contexto educacional, através do deslocamento da visão medicalizada da surdez para o seu reconhecimento político, tendo por base a interculturalidade, revela uma possibilidade de se construir projetos político-pedagógicos que tenham como foco o fascinante mundo do conhecimento produzido pelas diversas culturas que compõem a sociedade brasileira mundial, dentre elas, a cultura surda\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SCHMITT, Deonisio. Espaço de conforto linguístico/cultural dos surdos na UFSC. In. QUADROS, Ronice Muller de (Org.). Estudos Surdos III (Série pesquisas). Rio de Janeiro: Gralha Azul, p. 98-123, 2008. p. 118.
Tendo em vista a abordagem sócio-histórica, estudada no texto-base As primeiras aprendizagens da criança surda, analise as afirmativas abaixo a respeito de como o indivíduo surdo foi visto pela sociedade durante longo tempo:
I. Um indivíduo incapaz devido suas limitações causadas pela surdez.
II. Um indivíduo que não falava e por isso não podia aprender.
III. Um indivíduo que aprendia apenas aquilo que tinha relação direta com o abstrato.
IV. Um indivíduo que aprendia apenas aquilo que tinha relação direta com o concreto.
Sobre as afirmativas, assinale a alternativa correta:
	A	São corretas as afirmativas I, II e III, apenas.
	B	São corretas as afirmativas II, III e IV, apenas.
	C	
São corretas as afirmativas I, II e IV, apenas.certa
	D	São corretas as afirmativas I e II, apenas.
	E	São corretas as afirmativas III e IV, apena
\u201cO que é ser diferente? Não seria igual ou não gostar das mesmas coisas? Com isso, muitas vezes os sujeitos surdos ficam com vergonha de suas identidades surdas na sociedade e têm medo de contar a alguém para não prejudicar a si próprios, pois não querem ser vistos como \u2018doentes\u2019 ou \u2018anormais\u2019. O pesquisador surdo Miranda [...] adverte quanto à identidade surda: \u2018Ela é ameaçada constantemente pelo \u2018outro\u2019. Este outro pode se referir aos surdos que optam pela representação da identidade ouvinte. Esta política de representação geralmente terá uma incidência negativa\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: