FISICA 1
167 pág.

FISICA 1


DisciplinaFísica Básica I1.085 materiais10.597 seguidores
Pré-visualização44 páginas
para melhorá-lo. Além disso, tinha tentado realizar algumas 
experiências sem bons resultados. Agora ele dispunha de um motor e das peças necessárias para 
reconstruí-lo. 
 
Watt conseguiu descobrir que, para melhorar seu funcionamento, era necessário elevar a temperatura do 
vapor, resfriando-o depois bruscamente durante a expansão. Acrescentou o condensador de vapor e outros 
artifícios destinados a melhorar o rendimento do motor. Depois dessas modificações o resultado era muito 
semelhante ao do motor ainda hoje em uso, com condensador, caixa de distribuição e sistema biela-
manivela, para obter o movimento rotativo a partir do alternado. 
 
O engenheiro fazia todas as experiências à noite porque durante o dia trabalhava para manter a família, 
pois seu pai estava arruinado. Sua única distração era passar o domingo no campo, em companhia de um 
tio materno e de sua prima, Margaret Miller, com quem se casou em 1764 e teve quatro filhos. 
 
As primeiras experiências de Watt, destinadas a mostrar os méritos do seu motor, não foram vitoriosas: os 
108 
 
 
 
recursos eram escassos e ele não conseguia ordenar seus negócios. Por quatro anos trabalhou como 
engenheiro civil e elaborou um projeto para um canal entre Forth e Clyde. A Câmara dos Comuns, 
entretanto, não aprovou o trabalho. Em 1769 fez um segundo projeto, desta vez para o canal destinado a 
transportar carvão para Glasgow. 
 
Finalmente encontrou um financiador, J. Roebuck, para a aplicação em larga escala de sua descoberta, 
mas a sociedade fundada para esse fim faliu em pouco tempo. A associação com Matthew Boulton, 
engenheiro de Birmingham, foi mais afortunada. Conseguiu em 1769 a patente para o motor de Watt e, em 
1775, a prorrogação da posse por mais 25 anos. A prova decisiva do invento veio quando uma mina 
alagada foi inteiramente drenada em dezessete dias, enquanto os métodos tradicionais exigiam meses de 
esforço. 
 
Watt propôs também que seu motor fosse utilizado para operar os elevadores subterrâneos. O motor tinha 
numerosas aplicações e como substituía os cavalos, para dar ao comprador uma ideia de sua capacidade, 
a potência era expressa pelo número de cavalos que podia substituir, gerando a expressão horsepower 
(hp). Os aperfeiçoamentos no modelo inicial sucederam-se, exigindo novas patentes, em 1781, 1782 e 
1784. Outra invenção foi o controlador centrífugo, graças ao qual a velocidade dos motores rotativos foi 
automaticamente controlada. Esse trabalho é atualmente considerado como uma das primeiras aplicações 
da realimentação, um elemento essencial para a automação. 
FONTE: http://educacao.uol.com.br/biografias/james-watt.jhtm 
 
 
 
 
 
ATIVIDADES: 
1) Uma força \uf0aeF na direção do deslocamento varia ao longo da trajetória, conforme o gráfico 
ForçaXDeslocamento abaixo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
a)Diga em quais intervalos, ao longo do deslocamento, o Trabalho foi motor, nulo ou resistente. Justifique. 
b)Calcule o Trabalho total da força \uf0aeF ao final do deslocamento de 8 m. 
 
RESPOSTAS: a) Trabalho é Motor de 0 até 6m e Resistente de 6 até 8 m. b) 34 j 
8 6 
- 
8 
4 d 
F 
109 
 
 
 
2) Uma força \uf0aeF igual a 15 N atua sobre um bloco m de 6 Kg formando um ângulo \uf071 igual a 60
 o
 com a 
horizontal, conforme o esquema abaixo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
a) Calcule o Trabalho realizado pela força ao longo de um deslocamento de 8 m. 
b)Qual o Trabalho das forças Peso e Normal? Justifique 
 
RESPOSTAS: a) 60j b) 0 
 
3) Para subir do térreo para o primeiro andar, uma pessoa pode escolher 3 alternativas: ir pela escada, mais 
íngreme; ir de elevador e ir pela rampa, menos inclinada. Sobre o Trabalho realizado pelo Peso da pessoa 
podemos afirmar corretamente que: 
a)É maior pela escada. 
b)É o mesmo por qualquer caminho. 
c)É maior pelo elevador. 
d)É maior pela rampa 
 
RESPOSTA: LETRA B 
 
 
 
TAREFAS: 
 
1) (UFSE) Um corpo de massa m é colocado sobre um plano inclinado de ângulo q com a horizontal, num 
local onde a aceleração da gravidade tem módulo igual a g. Enquanto escorrega uma distância d, descendo 
ao longo do plano, o trabalho do peso do corpo é: 
a) m g d senq 
b) m g d cosq 
c) m g d 
d) -m g d senq 
e) -m g d cosq 
 
2) (UNIRIO) Três corpos idênticos de massa M deslocam-se entre dois níveis, como mostra a figura: A - 
caindo livremente; B - deslizando ao longo de um 
tobogã e C - descendo uma rampa, sendo, em 
todos os movimentos, desprezíveis as forças 
dissipativas. Com relação ao trabalho (W) realizado 
pela força-peso dos corpos, pode-se afirmar que: 
a) WC > WB > WA 
b) WC > WB = WA 
c) WC = WB > WA 
d) WC = WB = WA 
e) WC < WB > WA 
 
 
3) O gráfico a seguir representa a intensidade da força resultante em ponto material, em trajetória retilínea, 
em função da distância por ela percorrida. Qual o valor aproximado do trabalho realizado pela força entre d1 
= 0 e d2 = 7,0m? 
\uf0ae
F
\uf071 
m \uf0aed
110 
 
 
 
 
a) 50J 
b) 42J 
c) 34J 
d) 28J 
e) 16J 
 
 
 
 
 
4) (UERJ/2012)Uma pessoa empurrou um carro por uma distância de 26 m, aplicando uma força F de 
mesma direção e sentido do deslocamento desse carro. O gráfico abaixo representa a variação da 
intensidade de F, em newtons, em função do deslocamento 
d, em metros. 
Desprezando o atrito, o trabalho total, em joules, realizado 
por F, equivale a: 
a) 117 
b) 130 
c) 143 
d) 156 
 
5) Considere as figuras (a), (b) e (c) e analise as afirmações seguintes: 
CARRON, W. e GUIMARÃES, O. As faces da Física. 
São Paulo: Moderna, 2006, p. 158-159. 
(I) Na figura (a), quanto mais tempo o atleta demorar a 
levantar a barra de pesos, maior será o trabalho 
realizado pelas forças aplicadas a esse objeto. 
(II) Na figura (c), quanto mais a pessoa andar, mais ela 
se cansará. Portanto, a força vertical, que ela aplica 
sobre a mala para carregá-la, realizará mais trabalho. 
(III) Na figura (b), se a barra foi levantada pelo esportista 
com velocidade constante, o trabalho realizado pelas 
forças aplicadas à barra será igual a mgh, onde m é a 
massa da barra, g a aceleração da gravidade e h a altura 
levantada. 
(IV) Considerando a posição do atleta mostrada na figura 
(b), e que a partir daí ele comece a se deslocar para 
frente e para atrás, tentando sustentar a barra de pesos 
por alguns segundos, sempre na mesma altura mostrada, 
pode-se afirmar que, durante essa movimentação, as forças com as quais ele sustenta a barra de pesos 
não realizarão trabalho, independente do cansaço 
do atleta. 
Sendo assim, pode-se afirmar que: 
a) (III) e (IV) estão corretas. 
b) (I) e (IV) estão incorretas. 
c) (II) está correta e (IV) está incorreta. 
d) (II), (III) e (IV) estão corretas. 
e) (I) (II) e (III) estão corretas. 
111 
 
 
 
6) (FMABC/2011) Observe as figuras. Elas representam uma pessoa elevando de 30cm uma carga de 
1000N. Quanto ao trabalho realizado pela força gravitacional sobre 
a carga, nas três situações, podemos afirmar que: 
 
a) > > 
b) > > 
c) > > 
d) > > 
e) = = 
 
 
 
 
 
7) (UFAC/2010) João e André empurram caixas idênticas e de mesma massa, com velocidade constante, 
do chão até a carroceria de um caminhão. As forças aplicadas pelos dois são paralelas às rampas. 
Desconsidere possíveis atritos, analise as afirmações 
Abaixo e assinale a opção correta: João e André empurram caixas idênticas e de mesma massa, com 
velocidade constante, do chão até a carroceria de um caminhão. As forças aplicadas pelos dois são 
paralelas às rampas. Desconsidere possíveis atritos, analise as afirmações abaixo e assinale a opção 
correta: 
 
 
a) O trabalho realizado por João é maior que 
o trabalho realizado por André. 
b) O trabalho realizado