eBook 10 Tecnicas Victor Ribeiro v2
32 pág.

eBook 10 Tecnicas Victor Ribeiro v2


DisciplinaDidática das Ciências Biológicas II7 materiais105 seguidores
Pré-visualização7 páginas
o filme (e não as palavras).
Como você vai utilizar essa ferramenta chamada visualização? Comece 
a ler ou a assistir a uma aula e esforce-se para conseguir acompanhar na sua 
cabeça... Criar um filme daquilo que você está lendo. Você lê, por exemplo: "a 
tortura é proibida no Brasil". Você consegue imaginar isso acontecendo?
"Compete privativamente ao Senado, processar e julgar o Presidente 
da República e o vice nos crimes de responsabilidade, assim como os coman-
dantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, nos crimes de responsabili-
dade conexos com os mesmos". Você leu essa \u2018\u2018marmota\u2019\u2019 toda, mas consegue 
entender o que aconteceu? Você consegue imaginar o que significa processar 
e julgar esse pessoal? 
Isso é usar sua imaginação e o lado direito do cérebro para literalmente 
duplicar a efetividade de seus estudos!
A maioria de nós, enquanto estamos fazendo uma leitura, fazemos de 
forma passiva: nosso compromisso é só passar os olhos nas linhas. Isso é uma 
perda de tempo muito grande. Enquanto estamos lendo, temos de conseguir 
criar aquela história na cabeça! Você não vai ser testado pela quantidade de 
linhas ou páginas que você leu, mas pela quantidade de páginas para as quais 
gerou uma representação e que você conseguir extrair da sua memória na 
hora da prova. 
Como exemplo, a maioria das pessoas, quando estudam ou assistem às 
VISUALIZAÇÃO
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
13
aulas de um cursinho, tentam só memorizar os conceitos sem visualizá-los. 
O que é uma autarquia? Autarquia é criada por lei, é extinta por lei, tem 
poder de policia às vezes... Mas o candidato sequer consegue visualizar o que 
é uma autarquia. A preocupação em decorar o conceito é maior que a de 
aprendê-lo. O foco está na memorização de palavras, quando seria mais fácil 
e eficiente, absorver o entendimento por meio de uma boa representação. 
Essa sacada eu peguei com o Dr. Michael Hall, PhD em Psicologia e 
mega especialista em aprendizagem, ele dizia que durante sua sessão de 
estudos, ao final de um trecho ou bloco de conteúdo, pare por alguns segun-
dos e confira a visualização que você fez daquela matéria, perceba se está 
claro o suficiente, e anote uma palavra-chave que represente esta visualiza-
ção. 
O que é uma autarquia? Ah, é tipo o BACEN e a ANATEL. Legal! Então se 
é como o BACEN e a ANATEL, eu sei que é de direito público, eu sei que faz 
sentido que seja criada por lei, porque vai executar uma atividade que está 
prevista na lei (esta representação sintetiza as características do que foi estu-
dado sem que você tenha que se esforçar em memorizar cada palavra do 
conteúdo estudado).
Crie uma história com o conteúdo
estudado. Assista ao vídeo e entenda.
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
14
O professor vai falando, o aluno vai copiando palavra por palavra\u2026 
Fizemos isso no ensino médio, na faculdade e no estudo para concurso. Quão 
efetivo é fazer isso? Bom, é praticamente inútil.
Efetuar uma transcrição de trechos gera um efeito quase nulo no 
cérebro! Você nunca na vida copiou a letra de uma música para cantá-la. 
Quando o cérebro ativa o módulo \u201ctranscrição\u201d, ele \u201cdesliga\u201d. Dessa forma, a 
elaboração de resumos como aprendemos tem efetividade quase nula. 
Para os estudantes, os resumos ficam ruins primeiro porque ficam 
muito longos, segundo porque não passam por um processo de interpreta-
ção, de compreensão das palavras lidas / ouvidas / assistidas.
Aqui vai uma dica sobre os resumos:
As informações entram em sua cabeça, o que chamamos de input, você 
escutou a informação, você leu a informação, você assistiu uma aula. Nesse 
momento, você não está aprendendo, você está colocando informação para 
dentro da sua cabeça. Essa informação tem de ser processada, interpretada. A 
minha grande chave pra interpretação, para fazermos esse processamento 
é, após a leitura de um trecho, afirmar pra si mesmo:
"Ah, então, que dizer que\u2026", e complementar com a síntese da 
informação entendida.
\u201cAh, então quer dizer que uma fundação publica é...", e você faz isso 
sem olhar no livro, na sua cabeça.
\u201cAh, então um ato administrativo é...\u201d 
\u201cAh, então os cinco elementos do ato administrativo são...\u201d
\u201cAh, então um ato de gestão é...\u201d
Assim você reforça a conclusão na sua cabeça antes de resumir! A 
maioria de nós, quando faz um resumo, acaba fazendo uma transcrição da 
aula, usa as palavras do professor para registrar isso em forma de um resumo. 
Quando fazemos o resumo tradicional de um livro, às vezes fica pior 
ainda. Tentamos transcrever o livro para o resumo. 
Este tipo de resumo não vale a pena fazer. 
 Precisamos ser mais efetivos em nosso processo de aprendizagem. 
Fazer qualquer tipo de resumo deve passar necessariamente por essa estraté-
gia: ver, escutar ou ler e em seguida, antes da anotação, processar em sua 
cabeça e só então fazer a conclusão: "Ah, então quer dizer que..."
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
ELABORAÇÃO DE RESUMOS
15
Primeiro a informação passa pela sua cabeça, para depois externalizá-
la. Você também não será testado pela quantidade de páginas anotadas em 
seu caderno.
Prepare-se para essa parte!
Aquelas de matéria que estudei para a parte específi-
ca do TCU nos 27 dias finais, eu resumi em vinte e oito páginas! Se alguém 
fosse ler estas 28 páginas, dificilmente conseguiria aprender. Mas não resumi-
mos para que outra pessoa aprenda, resumimos para ter um guia dos pontos 
essenciais já aprendidos! 
A maioria dos estudantes faz resumo de forma muito longa, muito 
extensa e não os fazem topificados. Você precisa criar uma estratégia própria 
disso, com símbolos, cores, com uma estrutura específica. 
Então, por exemplo, uma matéria é abordada dentro do livro, que tem 
cerca de dez páginas. Ela foi falada para mim em uma aula de cursinho de uma 
hora e vinte minutos, e eu a externalizei ela em um resumo de mais ou menos 
uma página. 
Para cada informação externalizada no papel, na minha cabeça tem 
muito mais, tem um exemplo e tem um filme sobre isso. Você pode facilitar 
esse processo com boas anotações, com um sistema de cores e algumas 
outras ferramentas. 
três mil páginas
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
Clique na imagem
e assista no YouTube.
16
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
Então quando você for fazer resumos, as duas dicas são:
1. O resumo tem de ser ativo: você não vai transcrever as informações 
que o professor fala, você vai montar uma estrutura-chave e repassar na sua 
cabeça primeiro, tirar a sua conclusão daquele assunto, sintetizar, e aí sim 
anotar.
2. Use um esquema de cores para anotação e use elementos gráficos 
(símbolos, setas, esquemas) que facilitem sua visualização e, posteriormente, 
sua revisão. 
De tempos em tempos eu faço tradução simultânea dos melhores 
palestrantes internacionais na área de Coaching do Brasil. Às vezes passo três, 
quatro horas traduzindo sem parar, simultaneamente. No final, confesso que 
eu não lembro muito do que eu traduzi. Por quê? Exatamente porque falta 
esse processamento!
Assim, resumos são de utilidade baixa se você só transcrever as 
informações. É melhor fazer isso do que não fazer nada, mas, melhor do que 
isso, use esses dois elementos de anotação, complemente com técnicas de 
anotação dinâmica, mapas mentais e tudo o mais!
Clique na imagem
e assista no YouTube.
17
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM
MAIS EFETIVAS PARA A
APROVAÇÃO EM CONCURSO10 
É uma ferramenta considerada de utilidade moderada,