A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
Aula 07

Pré-visualização | Página 6 de 6

de contaminação e poluição, as empresas 
mineradoras devem repor este custo ambiental por 
2 6 C E D E R J C E D E R J 2 7
A
U
LA
 
7
 
meio de programas ambientais e/ou sociais, tal como pratica a segunda organização, 
neste caso, o marketing verde é bem praticado. No segundo caso, a propaganda que 
a mineradora vier a fazer é justificável, no texto não diz que ela faz, mas imaginamos 
que a empresa tire proveito disto, é lógico! Ainda que sua atividade seja essencialmen-
te poluidora, ela pratica responsabilidade socioambiental quando elabora e executa 
programas sociais para a comunidade em que está inserida.
Entendemos a importância em conceituar e avaliar os impactos ambientais antes 
e/ou depois das atividades operacionais das empresas. Um melhor planejamento 
destas atividades pode diminuir o impacto, aumentar a receita, diminuir 
custos, proteger o meio ambiente e, ainda, promover uma imagem positiva 
das organizações na sociedade. Nem todos os impactos ambientais têm caráter 
negativo, o homem pode proporcionar uma intervenção em um ambiente 
degradado e recuperá-lo. Infelizmente, o estudo de AIA nem sempre tem caráter 
técnico, levando algumas decisões de intervenção, formadas por um viés político, 
o que favorece a descrença de ações sustentáveis por parte de algumas empresas 
que realmente fazem a sua parte, em detrimento de muitas que não praticam 
suas ações de recuperação ambiental planejadas. Trata-se de um mero discurso 
ecológico.
R E S U M O
2 8 C E D E R J C E D E R J A T
Recursos Ambientais e Naturais e Desenvolvimento Sustentável | A influência do impacto am-
biental no planejamento estratégico organizacional: um mal necessário?
INFORMAÇÃO SOBRE A PRÓXIMA AULA
Na aula seguinte, estabeleceremos a distinção do processo decisório entre 
as esferas pública e privada, na tentativa de diminuir os efeitos negativos 
do impacto ao meio ambiente.
LEITURAS RECOMENDADAS
Luis Enrique Sánchez. Avaliação de Impacto Ambiental. Editora Oficina de 
Textos.
Luis Enrique Sánchez é engenheiro de minas e geógrafo pela Universidade 
de São Paulo. Possui doutorado em Economia dos Recursos Naturais e 
do Desenvolvimento pela Escola de Minas de Paris. É professor da Escola 
Politécnica da USP desde 1990, atuando no campo de planejamento e 
gestão ambiental. Foi professor visitante do Departamento de Geografia 
da Universidade de Montreal e diretor da Associação Internacional de 
Avaliação de Impactos. Trabalhou na preparação e revisão de diversos 
estudos de impacto ambiental e como consultor de órgãos governamentais 
e de organizações internacionais.
Takeshy Tachizawa. Gestão ambiental e responsabilidade social corporativa. 
Editora Atlas. 
Neste livro, o autor apresenta conceitos e situações práticas de gestão 
ambiental e responsabilidade social no contexto das organizações, com 
uma abordagem focada na realidade brasileira.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.