AV PSICOLOGIA
1 pág.

AV PSICOLOGIA


DisciplinaPsicologia Geral I280 materiais2.329 seguidores
Pré-visualização1 página
Avaliação: SDE0644_AV_201301005851 » PSICOLOGIA GERAL I

Tipo de Avaliação: AV

Aluno: 201301005851 - LUDMILA MOITA DE OLIVEIRA

Professor: CARLA PIRES MENDES Turma: 9003/AC

Nota da Prova: 7,5 Nota de Partic.: 2 Data: 02/06/2014 13:57:03

1
a
 Questão (Ref.: 201301204556) Pontos: 1,5 / 1,5

Relacione as principais mudanças provocadas pelo Estatuto da Criança e do adolescente ECA no que concerne ao
abandono de crianças e adolescentes:

Resposta: A constituição de 1988 deixou de ver só o menor abandonado, de situação de pobreza, e menor infrator,
para ver todos os adolescentes e crianças de qualquer tipo de classe social em qualquer situação, todos estão
protegidos pelo Estatuto da Criança e Adolescente.

Gabarito: O Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), diferentemente da lei anterior, que se limitava aos menores
em situação irregular, abrange toda criança e adolescente em qualquer situação jurídica. Verifica-se a modificação
na doutrina que passa de ¿doutrina de situação irregular¿ para ¿doutrina de proteção integral à infância¿ dentro
desta perspectiva não só os abandonados e delinqüentes seriam abarcados, mais também, todas as crianças, de
qualquer classe social, vitimas ou não da ação ou omissão. Essa idéia, de proteção integral à criança e ao
adolescente, encontra-se expressa no artigo 5º da referida Lei que diz:

2
a
 Questão (Ref.: 201301204563) Pontos: 1,5 / 1,5

Qual é o principal objetivo do Programa de Famílias Acolhedoras?

Resposta: O principal objetivo são as crianças em situação de risco, onde essas familias acolhedoras ficam
temporariamente com essa criança para depois essa criança ter o contato com sua familia de origem, onde isso é
de tamanha importância.

Gabarito: Os programas de famílias acolhedoras enfatizam a provisoriedade do afastamento da criança e do
adolescente e a sua reintegração à família de origem.

3
a
 Questão (Ref.: 201301238484) Pontos: 0,0 / 0,5

Uma criança nasce sem qualquer conhecimento. E quando uma criança nasce a primeira coisa da qual ela se torna
consciente não é ela mesma; a primeira coisa da qual ela se torna consciente é o outro. Isso é natural, porque os
olhos se abrem para fora, as mãos tocam os outros, os ouvidos escutam os outros, a língua saboreia a comida e o
nariz cheira o exterior. Todos esses sentidos abrem-se para fora. O nascimento é isso. A criança não sabe quem ela
é, ela simplesmente sabe o que os outros pensam a seu respeito. Assim, esta instancia, de acordo com Freud,
caracteriza:

o Ego que desenvolve-se no decorrer da vida da pessoa.

um conteúdo referindo-se a exigências sociais e culturais.

Página 1 de 4BDQ Prova

18/06/2014http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

o Id que, contém os impulsos inatos, as inclinações mais elementares do indivíduo.

o Superego,a voz da repressão, que nos impõe valores

o Ego que não é socializado

4
a
 Questão (Ref.: 201301238486) Pontos: 0,5 / 0,5

A Pessoa não é abstração conceitual em teorização especulativa. É ente humano concreto diferente de todos os
outros, portanto único, irredutível a qualquer sistema classificativo pela sua liberdade-situada.A cada pessoa
corresponde um conjunto de qualidades, não sendo, contudo, repositório de tudo o que é humano e isto justifica a
compreensão:

da personalidade, isto é, aquilo que é mostrado através dos papéis sociais que as pessoas desempenham.

do que está associado a fatores hereditários e constitucionais, que influenciam na maturidade
emocional,como os aspectos morais

do juízo que a pessoa faz de si mesma, o bem estar, e que tem a ver com a parte subjetiva da saúde
mental.

do princípio da vida pessoal que é da responsabilidade de cada um, pois a sua significância é múltipla

do todo vivo e individual, único, que se vai construindo a partir do nascimento, por uma integração
dinâmica somente de fatores orgânicos e intelectuais

5
a
 Questão (Ref.: 201301204540) Pontos: 0,5 / 0,5

Complete a frase com as expressões que forem mais adequadas à compreensão desta afirmativa: O preconceito
está para ________________ assim como a discriminação está para ______________________.

Uma atitude desfavorável/um ato injusto

A tolerância / a opressão

A opressão/a tolerância.

Opressão e a segregação.

Uma ação injusta e atitude favorável

6
a
 Questão (Ref.: 201301238530) Pontos: 0,5 / 0,5

Observa- se quem são os outros, pela perspectiva da análise individual. O outro poderia ser qualquer um, inclusive
o próprio observador em outra situação, e geralmente a análise do outro é feita por concepções errôneas,
conferindo uma avaliação negativa. Várias anedotas étnicas são analisadas em termos sociológicos, delineando-se
limites geográficos, sociais e morais de nações ou grupos, que refletem valores e normas. Neste caso, à crença
coletivamente compartilhada acerca de algum atributo chamamos de:

codificação das informações

identidade social

fenômeno estereótipo

julgamentos e comportamentos

visão pós-construída sobre um fato

7
a
 Questão (Ref.: 201301204553) Pontos: 0,5 / 0,5

No século XIX, vê-se um crescente interesse de ordem política e econômica em prol da assistência ao pobre. Duas
forças atuaram nesse período, uma exercida por médicos e higienistas que buscavam o controle e vigilância das

Página 2 de 4BDQ Prova

18/06/2014http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

crianças pobres e suas famílias, priorizando os elementos prejudiciais à saúde e focos de doença. A outra era
exercida pelos juristas que se ocupavam com :

A criança cidadã.

Os enjeitados.

O adolescente em conflito com a lei.

Os meninos de rua.

Os menores delinqüentes.

8
a
 Questão (Ref.: 201301204555) Pontos: 0,5 / 0,5

A família, com o advento da Constituição de 1988, passou a ser reconhecida, não somente com base na identidade
instituída pelo matrimônio. Assim, além da família oriunda do casamento, passou-se a admitir a: I. A união estável
como entidade familiar. II. A família monoparental, aquela formada por qualquer um dos pais e seus descendentes.
III. A união homoafetiva.

I é verdadeira.

III é verdadeira.

II é verdadeira.

I e II são verdadeiras.

I, II e III são verdadeiras.

9
a
 Questão (Ref.: 201301214153) Pontos: 1,0 / 1,0

O diagnóstico de violência contra a criança ou o adolescente, muitas vezes, pode ser confundido com outras
patologias orgânicas. É extremamente importante que todos os profissionais reúnam dados e evidências
observadas, de acordo com suas competências, para a construção de uma história precisa sobre o evento. Onde
podem ser buscadas mais informações sobre o núcleo familiar: I. Com o agressor. II. Na comunidade. III. Na
escola. IV. Com os vizinhos.

I,III,IV estão corretas.

I,II, III estão corretas.

I,II, III,IV estão corretas.

II, III, IV estão corretas.

I,II estão corretas.

10
a
 Questão (Ref.: 201301264554) Pontos: 1,0 / 1,0

A Assistente Social da comunidade ao chegar na casa de uma família, ouviu a queixa de que um dos filhos do casal,
apresentava comportamento muito agressivo, hiperativo, temeroso, tendências auto destrutivas e ao isolamento,
baixa autoestima, medo dos pais, fugas de casa. É papel da profissional investigar, documentar e avaliar a
ocorrência de indícios de:

violência estrutural

violência cultural

violência-saúde

violência da resistência

violência física

Período de não visualização da prova: desde 30/05/2014 até 16/06/2014.

Página 3 de 4BDQ Prova

18/06/2014http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

Página 4 de 4BDQ Prova

18/06/2014http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp
Camila
Camila fez um comentário
Obrigada pelo conteúdo!
0 aprovações
Carregar mais