A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
414 pág.
Manual de Sinalizacao de Rodoviaria - DNIT

Pré-visualização | Página 21 de 50

Figura 107 – Sinal A-14 – Semáforo à frente 
 
 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
125 
MT/DNIT/IPR 
Este sinal é utilizado para advertir os usuários da existência de um semáforo adiante e, portanto, 
alertar para a necessidade de redução de velocidade, com eventual necessidade de parada, de maneira 
a diminuir os riscos de acidentes decorrentes da operação de uma interseção semaforizada, 
principalmente num segmento de rodovia. 
Esta situação pode vir a existir em segmentos de rodovia correspondentes a travessias urbanas, onde a 
rodovia possui nítidas características de via urbana, por sua seção transversal (sem acostamento, com 
passeio para pedestres), pelo seu pavimento diferenciado e pela ocupação lateral urbana. 
Em interseções com rodovias e vias de trânsito rápido é obrigatório o uso do sinal A-14 com 
mensagem complementar de distância de A ... m, a, no mínimo, 300 m, repetindo-se este sinal com 
nova mensagem complementar entre 300 m e 100 m antes da interseção. 
Figura 108 – Sinal A-15 – Parada obrigatória à frente 
 
 
Este sinal é utilizado para advertir os usuários da existência de um sinal de Parada Obrigatória 
adiante, principalmente quando este não for visível a uma distância tal que lhes permita reduzir a 
velocidade até a parada total do veículo, de maneira a evitar os riscos de acidentes decorrentes da 
operação de cruzamento em nível ou de conversão à esquerda. 
Além de indicado para situações de restrição de visibilidade, tais como curvas horizontais e verticais, 
vegetação e outros tipos de obstrução, o sinal de Parada Obrigatória à Frente tem o seu emprego 
também recomendado para dar mais ênfase, em alguns casos, ao sinal de Parada Obrigatória, 
principalmente quando este não estiver sendo obedecido por qualquer motivo. Este sinal pode vir 
acompanhado de mensagem complementar de distância de A ... m. 
 
 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
126 
MT/DNIT/IPR 
2.3.4. Sinais de mudança das condições de pista 
 
Figura 109 – Sinal A-17 – Pista irregular 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários da ocorrência adiante de irregularidade na superfície de 
rolamento, causada por ressaltos e depressões seguidos, acarretando desconforto para os usuários e, 
principalmente, risco de acidentes pela perda de controle dos veículos e/ou desvio de seu curso. 
Quando sonorizadores, por defeito de projeto ou de má execução, vierem a se constituir em risco à 
segurança do usuário, este sinal pode ser adotado, preferencialmente com mensagens complementares 
tais como A ... m, para sonorizador à frente, e Próximos ... m, para trechos de pista irregular. 
Figura 110 – Sinal A-18 – Saliência ou lombada 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários da ocorrência adiante de ondulações transversais 
(quebra-molas) na superfície de rolamento, acarretando desconforto para os usuários e, 
principalmente, risco de acidentes pela perda de controle dos veículos e/ou desvio de seu curso. O 
sinal Saliência ou Lombada é indicado também para advertir os usuários da existência adiante de 
lombada (quebra-molas), em segmentos de travessia urbana. Este sinal, quando colocado para advertir 
a existência de ondulação transversal à frente, deve vir acompanhado de mensagens complementares, 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
127 
MT/DNIT/IPR 
tais como “A ... m” e seta de posição, ou seja, seta inclinada a 45 graus para baixo na placa ao lado da 
ondulação transversal. 
Figura 111 – Sinal A-19 – Depressão 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários da ocorrência adiante de depressão decorrente de 
defeito na superfície de rolamento, acarretando desconforto para os usuários e, principalmente, risco 
de acidentes pela perda de controle dos veículos e/ou desvio de seu curso. 
Figura 112 – Sinal A-20a – Declive acentuado 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários do início adiante de uma rampa acentuada em descida, 
onde o percentual do greide, associado ao comprimento da rampa, venha exigir cuidados especiais por 
parte dos usuários, principalmente dos condutores de veículos de carga. 
As condições próprias da rampa que, por si só, justificam a adoção do sinal declive acentuado são 
indicadas na Tabela 5. 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
128 
MT/DNIT/IPR 
Tabela 5 – Declive acentuado – Condições de rampa 
Greide (%) Extensão (m) 
5 1000 
6 600 
7 300 
8 230 
9 150 
Fonte: Manual de Sinalização Rodoviária 
do DER-SP, 2ª edição, Vol. I - Projeto 
(2006) 
 
Caso o trecho com rampa acentuada se prolongue por mais de 1 quilômetro, esse sinal deve ser 
acompanhado de Mensagem Complementar de Advertência (ver subseção 2.3.11), onde a legenda 
Próx. ... km assinale a extensão da rampa, Este procedimento deve ser repetido a intervalos regulares 
de extensão a ser estabelecida em projeto. Nos casos de descida de serra, além destes sinais devem ser 
previstas placas adicionais do tipo Verifique os freios, Descida da serra próximos..... km e “USE 
FREIO MOTOR”, por exemplo. 
Figura 113 – Sinal A-20b – Aclive acentuado 
 
Este sinal deve ser previsto apenas nos casos em que o evento possa representar de fato perigo para o 
trânsito. 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
129 
MT/DNIT/IPR 
Figura 114 – Sinal A-21a – Estreitamento de pista ao centro 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários da ocorrência adiante de estreitamento de pista, em 
ambos os lados da via, decorrente da redução da largura da pista ou do número de faixas, nas 
situações em que, de fato, haja risco de acidentes pela necessidade de acomodação do tráfego. Este 
sinal deve ser colocado em ambos os lados da pista. 
Este sinal precederá, quando for o caso, um sinal regulamentando a diminuição da velocidade para um 
valor compatível com a operação no trecho estreito e deve ser complementado, ainda, pela 
implantação de delineadores (ver subseção 2.5.2) margeando a via ao longo de seu estreitamento, e 
por sinalização horizontal adequada (ver seção 3). 
 
Figura 115 – Sinal A-21b – Estreitamento de pista à esquerda 
 
 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
130 
MT/DNIT/IPR 
Figura 116 – Sinal A-21c – Estreitamento de pista à direita 
 
 
Estes sinais são indicados para advertir os usuários da ocorrência adiante de estreitamento de pista à 
esquerda ou à direita (considerando-se o sentido de tráfego), decorrente da redução do número de 
faixas, nas situações em que, de fato, haja risco de acidentes pela necessidade de acomodação do 
tráfego. 
Essas situações ocorrem, por exemplo, ao término de terceiras faixas (no caso de estreitamento de 
pista à direita) ou de supressões de faixa à esquerda (no caso de pista com sentido único). 
O sinal deve ser colocado no lado da pista correspondente ao estreitamento. 
Estes sinais devem ser normalmente complementados por sinalização horizontal adequada (ver seção 
3). Nos caso em que o estreitamento for permanente, devem ser acompanhados de sinalização 
horizontal, com uso de setas e marcas viárias apropriadas. 
Figura117 – Sinal A-21d – Alargamento de pista à esquerda 
 
 
Manual de Sinalização Rodoviária 
 
 
131 
MT/DNIT/IPR 
Figura118 – Sinal A-21e – Alargamento de pista à direita 
 
 
Os sinais A-21d e A-21e advertem o condutor do veículo da existência adiante de alargamento da 
pista no lado esquerdo ou do lado direito, respectivamente. 
Figura119 – Sinal A-22 – Ponte estreita 
 
 
Este sinal é indicado para advertir os usuários da ocorrência adiante de ponte ou viaduto com largura 
inferior à da via, decorrente da supressão ou redução substancial da largura do acostamento, que 
acarreta sério risco de acidentes pela sensação de confinamento e pelo consequente afastamento