Chaivenato_Cap 10-13-14

Disciplina:Admin.e Organização Industrial5 materiais38 seguidores
Pré-visualização48 páginas
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados
*

PARTE IV
Organização da ação empresarial

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. IV.1: Organização dentro do processo administrativo..

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. IV.2: A interligação entre desenho organizacional, desenho departamental e desenho de cargos e tarefas.

Idalberto Chiavenato

Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados
*

Capítulo 10

Desenho Organizacional
 Os requisitos do desenho organizacional
 As características principais do desenho organizacional
 Amplitude e controle
 Tipos tradicionais de organização
 Principais característica das organizações
Sumário completo deste capítulo:
http://www.chiavenato.com/publicacoes/catalogo_detalhe.asp?id=29 Para Manual do Professor e outros materiais de apoio acesse: http://www.chiavenato.com/tecnologia/educacional.asp

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. 10.1: Os requisitos fundamentais do desenho organizacional.

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. 10.2: Organograma indicando a diferenciação horizontal e vertical.

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. 10.3: A centralização e descentralização da organização.

Idalberto Chiavenato

Idalberto Chiavenato
*
Administração – Teoria, Processo e Prática
2007 Elsevier Editora, todos os direitos reservados

Idalberto Chiavenato
Fig. 10.4: Custos e benefícios dos métodos de integração.

Idalberto Chiavenato

Fig. 1.7

		FAYOL:		GULICK:		URWICK:		DALE:		NEWMAN:		NOSSA ABORDAGEM:

		Prever		Planejar		Investigar		Planejar		Planejar		Planejar

						Prever

						Planejar

		Organizar		Organizar		Organizar		Organizar		Organizar		Organizar

		Comandar		Admin. Pessoal		Comandar		Dirigir		Liderar		Dirigir

		Coordenar		Dirigir		Coordenar

				Coordenar

		Controlar		Informar		Controlar		Controlar		Controlar		Controlar

				Orçar

Fig. 2.14

		PROPÓSITO ORGANIZACIONAL (MISSÃO)

		Vasconcellos Filho e Pagnoncelli pesquisaram a definição de missão em várias organizações e empresas.
Fornecemos a seguir alguns exemplos de missões pesquisados pelos autores:

		

		McDonald's		Servir alimentos de qualidade com rapidez e simpatia, em um ambiente limpo e agradável.

		Danone		Assegurar que as pessoas possam crescer, viver melhor e ser providas diariamente. com alimentos melhores, uma grande variedade de sabores, para uma saúde melhor.

		Hospital das Clínicas de São Paulo		Salvar vidas.

		Caixa Econômica Federal - CEF		Promover a melhoria contínua da qualidade de vida da sociedade com a intermediação de recursos financeiros.

		INT - Instituto Nacional de Tecnologla		Participar ativamente do desenvolvimento e da modernização do país pela incorporação de soluções tecnológicas criativas, atividades de produção e gestão de bens e serviços, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da sociedade.

		Disney		Alegrar as pessoas.

		Wal-Mart		Dar às pessoas comuns a oportunidade de comprar as mesmas coisas que os ricos.

		Nlke		Viver a alegria do avanço e usar tecnologia em benefício do público.

		Revista Exame		Transformar a informação em conhecimento; dar sentido a coisas aparentemente desconexas; antecipar idéias e conceitos.

		Editora Senac		Disseminar conhecimentos na forma de livros e vídeos.

		Senac		Desenvolver pessoas e organizações para o mundo do trabalho por intermédio de ações educacionais.

		Fiat		Produzir automóveis que as pessoas desejam comprar e tenham orgulho em ter.

		3M		Solucionar de maneira inovadora problemas não solucionados.

Fig. 2.16

		

		O que somos hoje				O que queremos ser no próximo ano:				O que queremos ser daqui a dois anos:

		

		Somos uma empresa que publica revistas de moda feminina.				Queremos ser uma das melhores revistas de moda feminina do pais.				Queremos ser a melhor revista de moda feminina do pais.

		Nossa circulação mensal é de 50.000 exemplares				Queremos uma circulação mensal de 70.000 exemplares.				Queremos alcançar uma circulação mensal de 100.000 exemplares.

		Temos 30.000 assinantes cadastradas.				Queremos alcançar 50.000 assinantes cadastradas.				Queremos chegar a 90.000 assinantes cadastradas.

		Fazemos propaganda para cerca de 20 empresas do ramo da moda feminina.				Queremos fazer propaganda para cerca de 40 empresas do ramo da moda feminina.				Queremos fazer propaganda para 90 empresas do ramo da moda feminina.

		Nosso faturamento mensal bruto é de R$ 500.000,00.				Queremos alcançar um faturamento de R$ 700.000,00				Queremos atingir um faturamento de R$ 900.000,00

		Utilizamos tecnologia gráfica de terceira geração.				Queremos utilizar tecnologia gráfica de quarta geração.				Queremos utilizar tecnologia gráfica de quinta geração.

		Nossa produtividade atual é de 80%.				Queremos chegar a uma produtividade de 90%.				Queremos manter uma produtividade de 95%.

		Nossa rentabilidade atual sobre o patrimônio é de 12%.				Queremos chegar a uma rentabilidade de 15%.				Queremos manter uma rentabilidade de 18%.

Fig. 2.17

		

				Missão				Visão

		

				Inclui o negócio da empresa.				É o que se sonha no negócio.

				É o ponto de partida.				É aonde vamos.

				É a carteira de identidade da empresa.				É o passaporte para o futuro.

				Identifica "quem somos".				Projeta "quem desejamos ser".

				Dá o rumo à empresa.				Energiza a empresa.

				É orientadora.				É inspiradora.

				Foco do presente para o futuro.				Focalizada no futuro.

				Vocação para a eternidade.				É mutável conforme os desafios.

Fig. 2.18

		

		OBJETIVOS:		MEIOS:		INDICADORES E MEDIDAS:

		Aumento da participação no mercado		Bom serviço		Proporção de clientes que retornam
Taxa de ocupação
Retroação informal

		Moral do pessoal		Grau de satisfação		Rotatividade do pessoal
Absenteísmo do pessoal
Retroação informal

		Estabilidade financeira		Imagem no mercado financeiro		Proporção entre preço e retorno
Participação dos custos no preço

		Lucratividade		Retorno do investimento		Margem de lucro por cliente
Lucro operacional bruto
Tendências dos custos
Fluxo de caixa

		Força da equipe gerencial		Desempenho gerencial		Rotatividade do pessoal
Lucro por área de atividade
Proporção entre gerentes/empregados
Retroação informal

		Satisfação dos proprietários ou acionistas		Fluxo de caixa adequado		Taxa de ocupação
Vendas
Lucro operacional bruto
Lucro por divisão ou departamento

Fig. 3.4

		

		Categoria				Papel				Atividades

		

		Interpessoal				Representação				Assume deveres cerimoniais e simbólicos, representa a organização, acompanha visitantes, assina documentos legais.

						Liderança				Dirige e motiva pessoas, treina, aconselha,
orienta se comunica com subordinados.

						Ligação				Mantém redes de comunicação dentro e fora da
Organização, usa malotes, telefones, reuniões.

		Informacional				Monitorador				Manda e recebe informação, lê revistas e relatórios
Mantém contatos pessoais.

						Disseminador				Envia informação para membros de outras organizações, envia memorandos e relatórios,
e-mails, telefonemas e contatos.

						Porta-voz				Transmite informações para pessoas