Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
49 pág.
criminologia

Pré-visualização | Página 11 de 15

obter indevida vantagem econômica, indicou diversos tratamentos caros e fraudulentos para Carlitos. Considerando os estudos da Criminologia, especialmente da vitimologia, indique qual teoria melhor demonstra a condição de Carlitos como vítima:
		
	
	vitimização terciária
	 
	Teoria do crime precitpitado pela vítima
	
	Vitimização secundária
	 
	Teoria da vitimização inconsciente
	
	Teoria assistencialista
		
	
	
	 10a Questão (Ref.: 744669)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Analise o seguinte discurso: "se a impunidade costuma ser usada como um dos principais argumentos para a falta de solução dos problemas, que se façam, então, leis mais severas. Assim, ficará evidente que medidas estão sendo tomadas e que os criminosos serão punidos com maior rigor, o que porá fim à criminalidade." Tais medidas podem ser definidas como:
		
	
	medidas genéricas
	
	medidas midiáticas
	
	leis eficazes
	
	leis globais
	 
	leis penais simbólicas
	
	 1a Questão (Ref.: 139804)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Segundo as aulas ministradas sobre a criminologia, analise as afirmativas abaixo: I- a criminologia estuda apenas a figura do criminoso II - a criminologia sempre se utiliza de um método valorativo III - o objeto de estudo da criminologia não é bem definido, podendo ser o crime, o criminoso, a vítima ou o sistema penal IV - a criminologia não admite a utilização do método empírico Com base nas assertivas, assinale a alternativa que contém apenas afirmativa (s) correta (s):
		
	
	II e IV
	
	I, II, III e IV
	
	I e II
	 
	II e III
	 
	III
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 234711)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Beccaria, influenciado pelas idéias contratualistas no período iluminista, foi um dos mais importantes e influentes autores clássicos do Direito Penal. Aponte a opção de descreva da melhor forma esta relação entre o contratualismo e o novo modelo proposto de Direito Penal.
		
	
	Baseado na obra de Rousseau, passa a legitimar o poder absoluto do soberano conforme as bases do catolicismo amparando, inclusive, a inquisição.
	
	Passa a existir um incremento nos contratos entre o poder público e a iniciativa privada, surgindo a privatização dos presídios, os quais passam para a administração do capital privado
	 
	Como no contrato social cada um de nós cedeu apenas uma parte de nossa liberdade, impomos limites ao poder punitivo do Estado, o qual só pode intervir na forma restrita da lei.
	
	O Direito Penal passa a ganhar características de Direito Civil, havendo maior incremento na composição e penas pecuniárias.
	
	O crime é uma violação do contrato social, por isso merece o maior rigor no momento da sanção penal
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 172992)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A escola positivista, primeira escola de criminologia, faz nascer o estudo científico do crime e, principalmente, do criminoso. Segundo essa teoria, marque a opção correta:
		
	
	O positivismo no Brasil, ao estudar o criminoso, ajudou a reduzir a idéia do negro como marginal, contribuindo de forma considerável para a diminuição do racismo, pois pregava a idéia do criminoso nato, alguém que já nascia predestinado ao crime
	
	Todos os adeptos do positivismo defendiam as penas por tempo determinado e afirmavam que a prisão perpétua ou a pena de morte não seriam eficazes no combate à criminalidade
	 
	Consoante um dos defensores dessa escola, o criminoso seria uma peça quebrada de um relógio; por esse motivo vem a comprometer o funcionamento do relógio, e por isso, deve ser descartada e substituída por outra
	
	Segundo Lombroso o determinismo biológico servia como um entrave ao agente quanto à prática do crime, o qual decorria de uma decisão livre e consciente
	
	Para alguns defensores do positivismo, o criminoso possui livre arbítrio e é levado a delinquir pelo determinismo social
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 173013)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	No final do século XIX Ferri foi um dos maiores contribuintes para o desenvolvimento do positivismo criminológico e foi dele a teoria dos ¿relógios quebrados¿, que muito se assemelha com o atual funcionalismo sistêmico em vigor na Alemanha, defendida por Jakobs, segundo o qual o criminoso é uma disfunção no sistema que está presente na sociedade. Assim, marque a opção que melhor se adequa a esta teoria positivista.
		
	
	O sistema penal e o Estado são relógios quebrados pela corrupção
	
	O mundo é um relógio e os países fracos devem ser dominados
	
	O criminoso é um relógio que precisa ser consertado, por isso a pena sempre tem um caráter ressocializador
	
	A cidade é um relógio e os bairros pobres peças defeituosas que comprometem o funcionamento do todo
	 
	A sociedade é um relógio e o criminoso uma peça defeituosa que deve ser substituída
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 173409)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Nos anos 60 no Rio de Janeiro, no Governo de Carlos Lacerda, através de uma política de urbanismo autoritária, a favela do morro do pasmado no Centro tem seus barracos derrubados e incendiados e as famílias transferidas para a Vila Kennedy, na Zona Oeste. Analisando o fato, responda qual teoria criminológica esta política teve como base:
		
	
	Escola Subcultural
	 
	Escola de Chicago (teoria ecológica)
	
	Escola Positivista
	 
	Teoria da anomia
	
	Escola Clássica (Iluminista)
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 234746)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Embora ainda previsto como uma contravenção penal, o jogo do bicho é amplamente aceito pela sociedade, verificando-se uma violação ao princípio de direito penal da adequação social, segundo o qual não pode ser definida como crime uma conduta que venha a ser aceita pela sociedade. Com isto, qual seria a relação entre este princípio e a teoria da anomia estudada em nossas aulas?
		
	 
	como a anomia é a ausência de reconhecimento na legitimidade da norma, esta perderia sua eficácia e relevância, devendo afastar a incidência do Direito Penal pelo referido princípio
	
	são temas conflitantes, pois a anomia é a ausência de norma e o jogo do bicho está normatizado, por isso não há que se falar em não aplicação do direito penal
	
	a teoria e o princípio defendem que ainda aceita pela sociedade, o Estado tem legitimidade para determinar o que for preciso para proteger a sociedade e proibir tudo o que lhe for nocivo
	
	ambas reconhecem que a norma torna-se frágil, mas só entendem como relevantes os casos em que há um grande aumento da prática do delito, o que não é o caso do jogo do bicho.
	
	a teoria da anomia defende que os costumes podem revogar lei penal
		
	
	
	 7a Questão (Ref.: 139780)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	A lei 11.343/2006, veio tratar de forma diversa os crimes relacionados a entorpecentes, cominando penas restritivas de direitos ao usuário e aumentando a pena mínima do traficante. Analisando esta lei segundo a teoria do conflito, como poderia se explicar estas mudanças, as quais impossibilitam, na maioria das vezes, a aplicação de penas alternativas pera o tráfico?
		
	
	Por força dos inúmeros conflitos resultantes do tráfico de drogas, esta lei vem coibir com maior rigor tal prática a fim de reduzir a criminalidade
	
	O usuário recebeu uma pena mais rigorosa, porém, não mais privativa de liberdade
	
	Considerando o usuário como doente, a pena visa tratá-lo, o que também deve ser aplicado ao traficante, quando dependente, durante o cumprimento de sua pena
	
	verifica-se o tratamento mais benéfico para o usuário pertencente à classe dominante e um maior rigor ao traficante do morro
	
	Como são dois lados da mesma moeda, o usuário e o traficante deveriam ter a mesma pena
Página1...789101112131415