A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
CnidariaUFPE2012

Pré-visualização | Página 1 de 3

1 
Bibliografia Indicada Pode ser também! 
NUNCA! Uma Boa Leitura! 
Filo Cnidaria 
Ulisses dos S. Pinheiro 
Filogenia dos Metazoa Inferiores 
Metazoa 
•  Organismo multicelular, composto por células diplóides. 
•  Meiose gamética, produzindo óvulos e espermatozóides haplóides. 
•  Produção de matriz extracelular com colágeno. 
•  Clivagem radial. 
•  Diferenciação somática. 
2 
Filogenia dos Metazoa Inferiores 
Eumetazoa 
•  Presença de dois folhetos germinativos: Ectoderme e Endoderme. 
•  Células sensoriais monociliadas na epiderme. 
•  Células nervosas. 
•  Células epitélio-musculares. 
•  Junções celulares do tipo “gap”. 
Filogenia dos Metazoa Inferiores 
Cnidaria 
•  Pólipo séssil, com simetria radial. 
•  Ciclo de vida bifásico, com uma larva plânula pelágica. 
•  Presença de cnidas. 
FILO CNIDARIA 
1- APRESENTAÇÃO GERAL 
Representantes: anêmonas, 
corais, zoantídeos e águas- 
vivas 
 
 Registro Fóssil: 
 Pré-Cambriano 
 
 9000 spp descritas 
 
 Exclusivamente aquáticos 
 Maioria marinhos 
 
FILO CNIDARIA - Apresentação Geral 
Simetria radial primária - 
 perdida secundariamente 
 
Tecidos verdadeiros - 
diblásticos: 
 Ectoderme = epiderme 
 Endoderme = gastroderme 
Mesoderme - a partir de 
Platelmintos 
 
Ausência de órgãos 
especializados 
FILO CNIDARIA 
2- ESTRUTURA BÁSICA 
2.1- Camadas do corpo 
 Epiderme 
 Gastroderme 
 Mesogléia: 
 - origem- epiderme ou 
gastroderme 
 - não é tecido verdadeiro 
 - proteínas e fibras elásticas 
 - presença ou não de células 
amebóides (origem epidérmica) 
FILO CNIDARIA 
2- ESTRUTURA BÁSICA 
2.2- Tipos Celulares 
I. Epiderme 
a) Células Epitélio-Musculares 
- revestimento 
- colunares, revestem superfície 
- lâmina basal 
- porção basal - miofibrilas contráteis 
paralelas ao eixo longitudinal da 
coluna, camada cilíndrica 
longitudinal contrátil 
- junções intercelulares - canais, 
placas septadas ou 
“gaps” (Hydrozoa) 
 
 
 
 
 
 
 
3 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
I. Epiderme 
b) Células Intersticiais 
- entre células epitélio-
musculares 
- pequenas, arredondadas, 
núcleo grande 
- células germinativas - óvulos e 
espermatozóides 
- totipotentes! 
c) Células Glandulares Mucosas 
- grandes, vacuoladas 
- captura de presas, adesão, 
proteção 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
I. Epiderme 
d) Células Sensoriais - 
- alongadas, ângulo reto com 
superfície epidérmica 
- porção basal - processos 
neuronais 
- porção distal - cerdas sensoriais 
- abundantes nos tentáculos 
- entre células epitélio-musculares 
e) Células Nervosas 
- neurônios multipolares 
- base da epiderme 
- ida/vinda de estímulos = sistema 
nervoso difuso 
 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
I. Epiderme 
f) Cnidócitos - exclusivos! 
- contêm cnidae eversível 
- defesa, captura de alimento, 
fixação ao substrato 
- 3 tipos: 
 Nematocistos - 30 tipos, valor 
taxonômico, todas as espécies, 
estruturas penetrantes, 
espinhos e substâncias 
urticantes, tentáculos; 
 Espirocistos - Anthozoa, adesão; 
 Pticocistos - Ceriantharia, 
adesão, construção de tubos 
 
 
 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
I. Epiderme 
Mecanismo de disparo dos 
cnidócitos 
Cnidocílio - estímulos do ambiente 
abertura do opérculo 
Cnidae - tubo longo com espinhos e 
substância urticante 
Alteração na pressão osmótica 
interna (aumento do Ca) 
Abertura do opérculo - liberação do 
tubo e substância urticante 
Eficiência na penetração 
Repostos em cerca de 48 h. 
 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
II. Gastroderme 
 
a) Células nutritivo-musculares 
- colunares, englobam alimento 
(dig. intracelular), musculatura 
circular, flageladas, 
movimentam alimento na CGV 
b) Células enzimático-glandulares 
- entre cél. nutritivo-musculares, 
enzimas para digestão 
extracelular 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.2- Tipos Celulares 
II. Gastroderme 
 
c) Células muco-secretoras - 
ao redor da boca 
d) Células Nervosas - número 
reduzido 
e) Cnidócitos - exceto 
Hydrozoa 
f) Endossimbiontes - 
zooxantelas ou zooclorelas 
 
4 
FILO CNIDARIA 
2- ESTRUTURA BÁSICA 
2.3- Tipos Morfológicos 
 
Pólipos - sésseis ou semi-sésseis 
Cilíndricos, solitários ou coloniais 
Disco oral: boca (hipostômio) e 
coroa de tentáculos 
Região aboral: disco pedal 
Faringe, com canais ciliados 
sifonoglife 
Cavidade gastrovascular (CGV) 
digestão e distribuição de 
alimentos 
Mesentérios e filamentos 
 
 
 
FILO CNIDARIA - Estrutura Básica 
2.3- Tipos Morfológicos 
Medusas - livre-natantes 
“pólipo invertido” = guarda-chuva 
Coluna = umbrela 
Região aboral - exumbrela 
Região oral - subumbrela 
Boca central, tentáculos emergem 
da borda da umbrela 
Manúbrio abre-se em CGV 
Boca - única abertura 
Tentáculos - captura e ingestão de 
alimentos 
CGV - primeira cavidade digestiva: 
presas maiores, novos 
ambientes 
 
 
 
 
 
FILO CNIDARIA 
3- FISIOLOGIA 
3.1- Movimento e locomoção 
CGV = esqueleto hidrostático 
Pólipos - deslizamento de disco pedal 
- tentáculos apoiam, disco pedal se 
desprende = mede palmos, saltos 
- flutuação - bolhas no disco pedal 
Medusas - musculatura circular da 
subumbrela bem desenvolvida = natação 
por jato-propulsão - deslocamento 
vertical 
- correntes marinhas - movimento 
horizontal - alguns nadam ativamente 
FILO CNIDARIA - Fisiologia 
3.2 - Nutrição 
- nematocistos paralizam a presa 
- tentáculos direcionam para ingestão 
- CGV - digestão: 
 extracelular - proteases (céls enzimático-
glandulares) - restringem ao hábito 
carnívoro 
intracelular - peptidases (céls nutritivo-
musculares) 
- passagem de nutrientes - difusão 
- detritos expelidos pela boca 
 
FILO CNIDARIA - Fisiologia 
3.3- Trocas gasosas e excreção 
- trocas de gases e eliminação de amônia - difusão 
por toda a superfície do corpo e circulação na 
CGV 
- CGV - vacúolo pulsátil - osmorregulação 
3.4- Sistema Nervoso 
- Neurônios - aspecto multipolar 
- Rede irregular - sistema difuso 
- Sinapses: 
Assimétricas - única direção 
Simétricas - ambos terminais secretam 
transmissores 
 
FILO CNIDARIA - Fisiologia 
3.4- Sistema Nervoso 
Elementos sensoriais 
Fotorreceptores - epidérmicos 
células pigmentares concentram luz = ocelos 
(medusas) 
Estatocistos - células flageladas 
estatólitos densos acumulam em regiões = “noção 
de posição” 
3.5- Reprodução 
Assexuada - brotamento 
- formação de colônias 
- regeneração 
- polaridade ou gradiente de dominância oral sobre 
aboral 
 
5 
FILO CNIDARIA - Fisiologia 
3.5- Reprodução 
Sexuada 
Fecundação interna: óvulos 
migram até mesogléia 
espermatozóides liberados 
Fecundação externa:óvulos 
e espermatozóides 
liberados no ambiente 
Larva Plânula - planctônica 
Alternância de gerações: 
Pólipo séssil - assexuada 
Medusa vágil - sexuada 
Garante dispersão e 
recombinação gênica 
 
FILO CNIDARIA 
Subdividido em 3 Classes: 
 
 ANTHOZOA 
 
 HYDROZOA 
 
 SCYPHOZOA 
 
 
 
 
 
 
 
Filogenia dos Cnidaria 
Anthozoa 
•  Presença de septo endodérmica. 
•  Actinofaringe ectodérmica. 
•  Sifonoglife. 
•  Simetria birradial. 
FILO CNIDARIA 
4- Classe Anthozoa 
Características Gerais 
 
- 6.500 spp descritas - 47 spp SP 
- Exclusivamente marinhos 
 
- Apenas pólipos 
 (ametagenética) 
- Solitários ou coloniais 
 
- Simetria birradial 
 
FILO CNIDARIA 
4- Classe Anthozoa 
Características Gerais 
 
Disco oral: boca no hipostômio 
e coroa de tentáculos 
 
Faringe- invaginação da 
epiderme 
CGV com