A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
MICROBIOLOGIA  REsumo

Pré-visualização | Página 1 de 3

MICROBIOLOGIA 
Introdução
* Microbiologia: estudo de bactérias, algas, fungos, vírus e protozoários.
“Teoria da Geração Espontânea” = acreditava-se que organismos surgiam de material sem vida (material estragado, poeira)
“Teoria Germinal das Doenças” = afirma que os microrganismos podem invadir outros organismos e causar doenças.
Postulados de Koch:
* 1. O agente causador específico de uma doença deve ser encontrado em todos os casos da doença
* 2. O organismo causador da doença deve ser isolado em cultura pura
* 3. A inoculação de uma amostra da cultura em um animal saudável e suscetível deve fazer com que esse animal desenvolva a mesma doença
* 4. O organismo causador da doença deve ser recuperado a partir do animal inoculado.
_______________________________________________________________
Fundamentos da Microbiologia: características das células eucariótica e procariótica:
Célula eucariótica: DNA encontra-se num núcleo circundado por um envoltório nuclear. “Núcleo verdadeiro”.
membrana celular com estrutura em mosaico fluído com esteróides, ja a membrana plasmática é constituida de varias organelas envolvidas por membranas. Contem reticulo plasmático, complexo de golgi, lisossomos, peroxissomos, ribossomos e citoesqueleto. suas enzimas respiratórias são as mitocondrias. a parede celular é constituida de celulose, quitina ou ambos e sua divisão celular é por mitose e/ou meiose.
Célula procariótica: DNA em região não circundada por membrana
(nucleóide). “Núcleo primitivo”.
A membrana plasmática é constituida de uma estrutura em mosaico fluido sem esteroides. a
membrana interna soh tem em organismos fotossinteticos. não apresenta nenhuma das Estruturas que estão presentes nos eucariotos e a respirão celular é por meio da membrana celular. a parede celular é constituida de peptidioglicano, para protejer o microorganismo do ambiente. e a divisão celular é binaria. os protozoarios apresentam um ribossomo menor (70s)
é necessário saber as diferenças entre os dois por isso é a base para a ação de agentes antimicrobianos.
Diferenças entre os procariontes:
- morfologia: tamanho, forma e características tintoriais (Gram - ou +)
- características metabólicas, antigenicas e geneticas.
- formas: coco, cocobacilo, vibrião, bacilo, espirilo e espiroqueta.
- arranjo: diplo-; estrepto-; tétrade-; sarcina-; estafilo-.
Célula bacteriana: membrana celular, as vezes envolta por uma parede celular e as vezes envolta por uma camada adicional externa. o citolasma interno possui ribossomos, região nuclear e em alguns casos granulos e vesiculas. sua extruna externa é em capsula, flagelo ou pili.
Parede celular: encontrada em quase todas as bacterias. fica fora da membrana plasmatica. função: manter a forma da celula e impedir o rompmento da celula quando liquidos fluem para o seu interior por osmose. componentes: peptideoglicano e ácido teicoico (nas gram +).
Membrana externa: presente nas gram -. membrana em bicamada ligada ao peptideoglicano por uma camada de lipoproteinas.
Lipopolissacarideo: identifica bacterias gram -.
espaço periplasmatico: entre a parede cellar e a membrana plasmatica. area mto ativa do metabolismo celular (possui enzimas digestivas e proteinas de transpote q destroem patogenos de bacterias).
Bacteria gram +: camada espessa de peptideo glicano, possui acido teicoico, mas nao possui membrana externa e espaço periplasmatico. os lipedios estão em escasses. sua forma é sempre rigida. resultado da digestão enzimatica: protoplasto. muito sensivel a corantes e antibioticos.
Bactéria gram -: camada fina de peptideoglicano. nao possui acido teicoico. apresenta lipopolissacarideo, membrana externa e espaço periplasmatico. forma rigida ou flexivel. resultado da digestão enzimatica: esferoplasto. moderadamente sensivel a corantes e antibioticos.
Bactéria álcool-ácido resistentes: possui poucos peptideosglicanos. acido teicoico, membrana externa e espaço periplasmatico estao todos ausentes. possui ácido micolico, ceras eglicolipidios. forma rigida ou flexivel. dificil de digerir. pouco sensivel a corantes e antibioticos.
membrana celular: viva, dinamica e em constante mudança. modelo de mosaico fluido: os fosfolipideos estão no estado fluido e as proteinas estão dispersas entres as moleculas de lipideos.
estrutura interna: citoplasma, ribossomos, nucleoide, inclusoes (granulos, vesiculas e vacuolos), endosporos.
estrutura externa: flagelos (movimento), filamentos axiais (faz girar como saca-rolha), pili (podem ser de conjugação-serve para transferir material genetico- ou de ligação-usado pra prender bacterias as superficies) e glicocálice (podem ser as capsulas ou camadas limosas).
__________________________________________________________________
Metabolismo e crescimento bacteriano:
O crescimento bacteriano requer uma fonte de carbono e nitrogenio, uma de energia e água/ions. Fonte de energia e materia prima, para construção de proteinas, estruturas, membranas e maqinaria bioquimica. elas obtem e sintetizam aminoacidos, carboidratos e lipideos.
O crescimento bacterinao é o aumento no NUMERO DE CELULAS e nao no tamanho.
metabolismo: soma de todos os processos quimicos que ocorrem em um organismo.
anabolismo: reações que NECESSITAM DE ENERGIA para sintetizar moléculas complexas a partir de moleculas simples. necessário para o crescimento, reprodução e reparo de estruturas celulares.
catabolismo: reações que LIBERAM ENERGIA através da quebra de mol´culas complexas em moléculas simples. fornece energia para processos vitais como o movimento, transporte e sintese de moléculas.
bacterias podem ser: anaeróbios obrigatórios, aeróbios obrigatórios ou anaeróbios facultativos.
Metabolismo Anaeróbio:
-Glicose: não necessita de O2 podendo ocorrer na sua presença ou não.
-Fermentação: ocorre na ausencia de O2.
Metabolismo Aeróbico:
-Ciclo de krebs
-Transporte de elétrons e fosforilação oxidativa.
Metabolismo de lipídios e proteínas: a maioria dos organismos obtem energia da glicose, mas para toda substancia organica há um microorganismo que pode metaboliza-la (enzimas):
- lipidios -> ácidos graxos -> CICLO DE KREBS.
- proteínas -> aminoácidos -> GLICOSE, FERMENTAÇÃO ou CICLO DE KREBS.
Divisão celular: maioria sofre divisão binaria. as celulas filhas se tornam independentes quando um septo cresce entre elas separando-as.
A sintese de dna é continua e capaz de replicar o unico cromossomo bacteriano imediatamente antes da celula se dividir, sendo que a replicação do cromo se completa antes da divisão celular. em algumas especies a separação incopleta das celulas produz cadeias lineares, trétades, sarcinas e cachos de uva.
Fase de LAG: os organismo nao crescem em numeros mas sao metabolicamente ativos: crescem de tamanho, sintetizam enzimas, incorporam moleculas do meio e produzem ATP.
Fase de LOG: crescimento populacional ocorre em velocidade exponencial ou logaritima. Nessa fase os organismos se dividem em intervalos regulares, geneticamente determinado, chamado TEMPO DE GERAÇÃO. a população dobra em cada tempo de geração. Esse crescimento é por tempo limitado, pois a medida q os nutrientes sao consumidos, os residuos metabolicos se acumulam e o espaço se torna pequeno, reduzindo a taxa de crescimento.
Fase estacionária: Divisão celular decresce ao ponto em que novas celulas sao produzidas na mesma velocidade com que as células antigas morrem, devido a nutrientes limitados, residuos toxicos, suprimento de o2 inadequado e alteração no pH.
Fase de declínio (morte): numero de celulas vivas decresce em velocidade logaritima a medida que as condições do meio se tornam menos favoraveis. muitas celulas vao assumir forma incomum e algumas especies formam esporos.
Crescimento de colônias: em meio sólido, à partir de uma celula bacteriana que se divide, forma-se uma colonia. UFC (unidade formadora de colonia) -> cada bacteria da origem à uma colonia e a contagem é representada por UFC/ml.
Métodos De Medição:
-diluição de serie