A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
32 pág.
Aula_05

Pré-visualização | Página 2 de 3

e com isso novos consumidores de gêneros industrializados também.
 
Neste período pouco se pensava nos impactos ambientais negativos dos processos de industrialização.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Resultados da Revolução industrial
A Revolução industrial resultou em conseqüências:
Econômicas
Hegemonia mundial inglesa. 
Acirrada disputa entre as potências, na busca de novas áreas para colonizar, conflitos estes que culminaram na primeira Guerra Mundial.   
Urbanas
Acelerado êxodo rural determinaram o aparecimento das grandes cidades industriais como Londres e Paris.
Os grandes aglomerados humanos originaram problemas de urbanização como: abastecimento de água, canalização de esgotos, criação e fornecimento de mercadorias, modernização de estradas, fornecimento de iluminação, fundação de escolas, construção de habitações etc.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Trabalhistas
Operários vivendo em condições de miséria, expostos a diversas situações de riscos. 
Mulheres e crianças trabalhando longas horas por dias (14 até 18 horas), com baixos salários.
O surgimento de novas máquinas substituíram os trabalhadores.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Conceito de urbanização
A urbanização é o processo de distanciamento das características rurais de um lugar ou região para características urbanas. Está associado, geralmente, ao desenvolvimento de novas tecnologias.
 
No Brasil, a urbanização surgiu no século XVI com a produção do açúcar. Mais tarde, nos séculos XVII e XVIII, com a descoberta do ouro e, no século XIX, com a produção de café.
Atualmente, os problemas mais comuns enfrentados pela urbanização descontrolada estão relacionados com a expansão das áreas de moradia, com o aumento do fluxo de veículos circulantes.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Transição demográfica
Para entendermos o que significa transição demográfica, precisamos, antes, discutir alguns conceitos. Com certeza você já ouviu a sentença:
Nascer crescer
Reproduzir
Este ciclo ocorre de maneira diferente nas diversas sociedades do mundo, dependendo de alguns indicadores - as taxas de fecundidade, natalidade, migração e mortalidade - e da influência, sobre esses indicadores, da economia, das variações climáticas e das mudanças culturais. 
 
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Existe uma ciência responsável por estudar as modificações desses indicadores, a demografia. 
De acordo com a demografia, transição demográfica é a mudança dos indicadores durante o tempo, sendo um período de grande crescimento natural entre dois períodos de baixo crescimento demográfico.
Fecundidade: Taxa de fecundidade: é a capacidade de reprodução de determinada sociedade. A taxa de fecundidade é calculada dividindo-se o número de filhos nascidos pelo número de mulheres entre 15 e 49 anos, em uma determinada população.
Natalidade: Taxa de natalidade: relação entre o número de nascidos vivos e o total da população em um dado lugar, num dado período de tempo. Calcula-se a taxa de natalidade dividindo-se o número de nascidos vivos em um ano pelo número de habitantes (do país, região ou cidade).
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Morrer
Taxa de mortalidade: número de pessoas que morrem em determinada época ou em determinada região, país, etc. A taxa de mortalidade é calculada dividindo-se o número de pessoas mortas pelo número de habitantes.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Fases da transição demográfica
Para entendermos um pouco mais sobre a transição demográfica, vale a pena citar que, para o demógrafo Warren Thompsom, a transição demográfica ocorre em quatro fases:
Primeira fase (pré-moderna)
Temos uma grande população jovem, que sofre rápidas oscilações, dependendo dos eventos naturais como as secas prolongadas e as doenças.
Segunda fase (pré-moderna)
Com a melhoria das condições sanitárias e o aumento da oferta de alimentos, as taxas de mortalidade caem e, consequentemente, há o aumento da sobrevida e a diminuição de algumas doenças.  Ocorre também aumento na taxa de natalidade.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Terceira fase (industrial)
Com as novas pesquisas das indústrias farmacêuticas (contraceptivos), a urbanização e a mudança da posição feminina na sociedade, ocorre uma diminuição na taxa de natalidade.
 
Temos inicialmente um grande número de crianças, mas esta proporção cai rapidamente com o passar dos anos, e temos então um aumento do número de jovens nas cidades. Há um aumento da violência juvenil.
Tendência de estabilização da população.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Quarta fase (pós-industrial)
Diminuição (baixa) das taxas de natalidade e mortalidade. As taxas de fecundidade ficam abaixo da taxa de reposição populacional. População com um grande número de idosos. Existe a necessidade de imigrantes para trabalhar em empregos de mais baixo salário.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Outras informações sobre transição demográfica 
Saiba um pouco mais sobre a transição demográfica no Brasil  e o envelhecimento da população brasileira clicando abaixo.
Do primeiro censo demográfico (1872) ao mais recente, ocorreu alteração radical nos indicadores de mortalidade e natalidade no Brasil.
 
De acordo com o Ministério da Saúde em 2006 a taxa de fecundidade manteve sua tendência de queda, atingindo, em 2006, o valor de 1,8 filhos por mulher, em contraste com os 2.5 registrados em 1996.
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Envelhecimento da População Brasileira
Dados mais recentes, contudo, divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em outubro de 2008, mostram que há uma queda acelerada das taxas de fecundidade e mortalidade no país.
 
De acordo com o Ipea, em 2007, a taxa de fecundidade total foi de 1,83 filho por mulher. A média foi inferior à chamada taxa de reposição (de 2,1 filhos), ou seja, foi inferior ao número mínimo de filhos que cada brasileira deveria gerar para que, no período de trinta anos, a população total do país fosse mantida nos níveis atuais.
Podemos citar duas possíveis conseqüências: não havendo uma mudança nesse ritmo, a população brasileira, a partir de 2030, estará muito envelhecida. E a tendência, a partir de 2030, é de a população começar a diminuir. 
Tema da Apresentação
 Crescimento populacional e desenvolvimento econômico – Aula 5 
 ENFERMAGEM EM SAÚDE AMBIENTAL
Nesta aula, você:
Discutiu sobre a Revolução Industrial e o Capitalismo; 
Compreendeu as relações do processo de adoecimento
 e condições econômicas;
 
Debateu