A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
37 pág.
DEPARTAMENTALIZAÇÃO

Pré-visualização | Página 2 de 3

mais rápidas.
• Melhor coordenação e avaliação
de cada parte do processo.
DESVANTAGENS
• Perda da visão global.
• Flexibilidade restrita.
DEPARTAMENTALIZAÇÃO POR PROJETOS
– CONCEITO E ORGANOGRAMA –
DEPARTAMENTALIZAÇÃO POR PROJETOS
– CONCEITO E ORGANOGRAMA –
Diretoria
Administração
e Finanças Comercial
Coordenação
de Projetos
Projeto
A
Projeto
B
Projeto
C
96
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
PROJETO: TRABALHO COM DATAS DE INÍCIO E DE TÉRMINO, COM RESULTADO FINAL PREVIAMENTE
ESTABELECIDO, EM QUE SÃO ALOCADOS E ADMINISTRADOS OS RECURSOS, SOB A RESPONSABILIDADE
DE UM COORDENADOR.
VANTAGENS
• Elevada responsabilidade da
equipe
• Alto conhecimento dos assuntos
• Elevadas versatilidade e
adaptabilidade
• Melhor atendimento aos clientes
• Melhor cumprimento de prazos e
de orçamentos
DESVANTAGENS
• Possibilidade de recursos ociosos
ou mal utilizados
• Comunicações e decisões
inadequadas
• Tamanho inadequado das equipes
DEPARTAMENTALIZAÇÃO POR PROJETOS
– CARACTERÍSTICAS –
DEPARTAMENTALIZAÇÃO POR PROJETOS
– CARACTERÍSTICAS –
97
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MATRICIAL
– ORGANOGRAMA –
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MATRICIAL
– ORGANOGRAMA –
Diretoria
Coordenação
de Projetos Mecânica Eletricidade Eletrônica
Projeto A
Projeto B
Projeto C
Recursos
humanos,
tecnológicos,
materiais e
equipamentos
98
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
Recursos
humanos,
tecnológicos,
materiais e
equipamentos
Recursos
humanos,
tecnológicos,
materiais e
equipamentos
VANTAGENS
• Aprimoramento técnico da equipe
• Coordenação adequada
• Desenvolvimento da capacitação
profissional
• Maior especialização
• Uso adequado dos recursos
• Cumprimento dos prazos e do
orçamento
• Melhor atendimento aos clientes
DESVANTAGENS
• Dupla subordinação
• Conflitos de interesses
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MATRICIAL
– CARACTERÍSTICAS –
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MATRICIAL
– CARACTERÍSTICAS –
99
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MISTA
– ORGANOGRAMA –
DEPARTAMENTALIZAÇÃO MISTA
– ORGANOGRAMA –
Diretoria
Gerência de
Projetos
Gerência
Financeira
Gerência
Comercial
Projeto A
Projeto B
Projeto C
Regional
Sul
Regional
Norte
100
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
• MAIOR USO.
MAIOR INTERESSE.
SEPARAÇÃO DO CONTROLE.
SUPRESSÃO DE CONCORRÊNCIA.
FERENCIAÇÃO.
INTEGRAÇÃO.
•
•
•
• DI
•
PRINCÍPIOS DA MELHOR
DEPARTAMENTALIZAÇÃO
PRINCÍPIOS DA MELHOR
DEPARTAMENTALIZAÇÃO
101
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
ORGANOGRAMA LINEARORGANOGRAMA LINEAR
Função/Cargo
Atividade/Decisão
Gerente de
Projetos
Gerente
Administrativo e
Financeiro
Diretor-Geral
Elabora orçamento
Elabora proposta
Contrata funcionários
Libera pagamentos
O – Decide X – Analisa ImplementaConfere
102
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
VANTAGENS
• Visualização geral das
responsabilidades e autoridades
• Interação entre cargos ou funções
• Análises objetivas da estrutura
• Elimina ambigüidades
DESVANTAGENS
• Não considera a estrutura informal
(problema de todos os organogramas)
• Não é de leitura fácil
ORGANOGRAMA LINEAR
– CARACTERÍSTICAS –
ORGANOGRAMA LINEAR
– CARACTERÍSTICAS –
103
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
ORGANOGRAMA VERTICALORGANOGRAMA VERTICAL
104
Presidente
Diretor Financeiro
Gerente de Controladoria
Chefe do Departamento de Contabilidade
Chefe do Departamento de Custos
Gerente de Tesouraria
Chefe do Departamento de Contas a Pagar e a Receber
Diretor Administrativo
Gerente de Recursos Humanos
Chefe de Desenvolvimento de Recursos Humanos
Chefe do Departamento de Orçamento
Chefe do Departamento de Operações Financeiras
Supervisor da Seção de Recrutamento e Seleção
Supervisor da Seção de Treinamento
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
DEPARTAMENTALIZAÇÃO DIRECIONADA
PARA RESULTADOS
DEPARTAMENTALIZAÇÃO DIRECIONADA
PARA RESULTADOS
105
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
1 – :
– UNIDADES ESTRATÉGICAS DE NEGÓCIOS.
2 – :
– PRODUTOS E SERVIÇOS.
– CLIENTES.
– PROCESSOS.
– PROJETOS.
– TERRITORIAL.
– MATRICIAL.
– MISTA.
3 – :
– FUNCIONAL.
– QUANTIDADE E TURNO.
BÁSICA
SECUNDÁRIAS
QUESTIONÁVEIS
– Unidade Estratégica de Negócio : Unidade ou divisão da empresa
responsável por consolidar os resultados de um negócio e
uma ou mais AENs.
– Área Estratégica de Negócio AEN: Parte ou segmento de mercado com
qual a empresa, por meio de suas UENs, se relaciona de maneira
estratégica, ou seja, de forma otimizada.
– UEN
desenvolver
–
o
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– CONCEITOS –
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– CONCEITOS –
106
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
• INCREMENTO DO FATURAMENTO.
OTIMIZAÇÃO NA UTILIZAÇÃO DOS VÁRIOS RECURSOS.
MELHOR INTERAÇÃO COM AS OPORTUNIDADES DE MERCADO.
ADEQUADO PLANEJAMENTO FISCAL E TRIBUTÁRIO.
MELHOR QUALIDADE DOS PROCESSOS E ATIVIDADES.
SAUDÁVEL COMPETIÇÃO INTERNA.
OTIMIZADA SINERGIA EMPRESARIAL.
•
•
•
•
•
•
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– BENEFÍCIOS PARA A EMPRESA –
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– BENEFÍCIOS PARA A EMPRESA –
107
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– ORGANOGRAMA –
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– ORGANOGRAMA –
Presidência
Divisão
Química
Divisão
Farmacêutica
Divisão de Rede
de Farmácias
Divisão
Administrativa e
Financeira
UENs
108
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– AMPLITUDE –
UNIDADE ESTRATÉGICA DE NEGÓCIO
– AMPLITUDE –
109
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
Suprimentos Marketing Apoio Administrativo
e FinanceiroP&D Produção Vendas
GOVERNANÇA CORPORATIVA
– CONCEITO –
GOVERNANÇA CORPORATIVA
– CONCEITO –
110
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
Modelo de gestão que, a partir da otimização das interações entre
acionistas ou cotistas, conselhos – administração e fiscal –,
auditorias – externa e interna – e diretoria executiva, proporciona a
adequada sustentação para o aumento da atratividade da empresa
no mercado – financeiro e comercial – e, conseqüentemente,
incremento no valor da empresa, redução do nível de risco e
maior efetividade da empresa ao longo do tempo.
GOVERNANÇA CORPORATIVA
– ORGANOGRAMA –
GOVERNANÇA CORPORATIVA
– ORGANOGRAMA –
111
Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira
Sistemas, Organização e Métodos
Assembléia
Geral
Conselho
Fiscal
Conselho de
Administração
Auditoria
Externa
Presidência
Executiva
Auditoria
Interna
Diretoria
Comitês
Diretoria Diretoria
– Maior facilidade na identificação, tratamento e operacionalização de questões
estratégicas.
– Consolidação de amplo e otimizado modelo de gestão da empresa.
– Melhor interação com a comunidade, o mercado e os governos, bem como
outros públicos da empresa.
– Eqüidade de tratamento junto aos diversos públicos.
– Consolidar maior nível de atratividade no mercado.
– Maior segurança na transparência de informações.
– Consolidação de novas abordagens de atuação, incluindo as questões éticas e
de responsabilidade social.
– Estruturação de novos