Exercícios Aulas
12 pág.

Exercícios Aulas


DisciplinaGestão de Recursos Hídricos302 materiais2.348 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Parte superior do formulário
		Parte superior do formulário
		
		
	
	  GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS
	
	Exercício: CCE0652_EX_A1_201307109829 
	 Voltar
	Aluno(a): ILMA RIBEIRO DE ALMEIDA BARROS
	Matrícula: 201307109829
	
	Data: 12/03/2014 14:33:29 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201307227135)
	
	Dentre os fatores abaixo, qual deles NÃO é uma razão para a dificuldade de se obter água potável?
		
	 
	Não há meios tecnológicos suficientemente desenvolvidos para se obter razoável quantidade de água potável.
	
	Mais de 90% da água do planeta é salina
	
	A poluição inviabiliza a utilização de grandes fontes de água limpa
	
	A indústria seguiu um curso de progresso sem planejamento para o uso da água
	 
	A maior concentração de água potável se encontra retida nos solos
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307185238)
	
	Onde nasce o rio Amazonas ?
		
	
	Colombia
	
	Venezuela
	
	Equador
	 
	Peru
	
	Bolívia
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307185496)
	
	O litoral do nosso estado é marcado pela presença de muitas lagoas, principalmente entre as
cidades do Rio de Janeiro e Cabo Frio. Também há lagoas importantes na região Norte
fluminense. A maior Lagoa presente no estado é a lagoa:
		
	
	Feia
	
	Rodrigo de Freitas
	 
	Quissamã
	 
	De Araruama
	
	Bonita
	
	 Voltar          
	
	Período de não visualização da prova: desde até .
Parte inferior do formulário
 
 
Parte superior do formulário
		
		
	
	  GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS
	
	Exercício: CCE0652_EX_A2_201307109829 
	 Voltar
	Aluno(a): ILMA RIBEIRO DE ALMEIDA BARROS
	Matrícula: 201307109829
	
	Data: 18/03/2014 12:58:15 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201307211395)
	
	Na relação rio/aquífero, um rio que é alimentado pelo aquífero é denominado:
		
	
	confluente.
	
	endorreico.
	 
	efluente.
	
	influente.
	 
	criptorreico.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307211405)
	
	A disponibilidade explotável (ou recursos explotáveis) de um aquífero corresponde:
		
	
	à potencialidade do aquífero.
	 
	à reserva reguladora acrescida de uma parcela da reserva permanente a ser definida num determinado tempo de explotação do aquífero.
	
	ao volume de água de recarga anual do aquífero.
	 
	ao volume que ainda se pode retirar do aquífero além daquele que já vem sendo retirado, mantendo-se o equilíbrio dos exutórios naturais.
	
	a toda água que se pode tirar dos poços atualmente existentes.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307362674)
	
	Sobre o ciclo da água na biosfera podemos afirmar que: I - Os principais elementos do ciclo da água são a evaporação e a precipitação; II - O ciclo da água assume importância à medida que não influencia a distribuição e a extensão dos corpos d¿água continentais; III - O ciclo hidrológico se constitui em um processo contínuo de transporte de massas d¿água no oceano para atmosfera e desta novamente para o oceano.
		
	
	I, II e III são verdadeiras
	
	I e II são verdadeiras
	
	Apenas a I é verdadeira
	 
	I e III são verdadeiras
	
	Apenas a II é verdadeira
	
	 Voltar          
	
	Período de não visualização da prova: desde até .
Parte inferior do formulário
 
 
Parte superior do formulário
		
		
	
	  GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS
	
	Exercício: CCE0652_EX_A3_201307109829 
	 Voltar
	Aluno(a): ILMA RIBEIRO DE ALMEIDA BARROS
	Matrícula: 201307109829
	
	Data: 18/03/2014 13:13:37 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201307184654)
	
	A água subterrânea pode ser explorada por poços classificados como freáticos ou artesianos. Pode-se afirmar que:
		
	
	os poços artesianos coletam água de grandes profundidades, em altas pressões, que fazem com que a água jorre dos poços, não necessitando bombeá-la.
	
	a extração de água de aquíferos livres (freáticos) não afeta a vazão básica dos rios, pois o substrato impermeável isola o sistema fluvial do aquífero utilizado.
	
	um poço é jorrante quando a linha piezométrica de seu aquífero situa-se acima do substrato impermeável e abaixo da superfície do solo.
	
	os poços freáticos coletam a água da parte superior do aquífero freático, entre a superfície do solo e o lençol freático.
	 
	os poços artesianos coletam água sob pressão entre dois substratos impermeáveis e podem ou não necessitar de bombeamento para a retirada da água do poço na superfície.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307185116)
	
	No processo de Lodos Ativados, a remoção da matéria orgânica solúvel é realizada através da:
		
	 
	decomposição bioquímica efetuada por bactérias aeróbias;
	
	sedimentação de sólidos dissolvidos;
	
	sedimentação de sólidos em suspensão;
	
	filtração de sólidos em suspensão.
	
	decomposição bioquímica efetuada por bactérias anaeróbias;
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307365682)
	
	Das fases básicas do ciclo hidrológico, talvez a mais importante seja a do(a) ___________________, que trata da ocorrência e transporte da água na superfície terrestre, pois, se trata do aproveitamento da água superficial e da proteção contra os fenômenos provocados pelo seu deslocamento.
		
	
	fluxo subterrâneo
	 
	escoamento superficial
	
	deslocamento vertical
	
	aquífero
	
	infiltração moderada
	
	 Voltar          
	
	Período de não visualização da prova: desde até .
Parte inferior do formulário
 
 
		
	
	  GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS
	
	Exercício: CCE0652_EX_A4_201307109829 
	 Voltar
	Aluno(a): ILMA RIBEIRO DE ALMEIDA BARROS
	Matrícula: 201307109829
	
	Data: 09/05/2014 12:58:16 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201307185484)
	
	Leia as afirmativas abaixo sobre a hidrografia brasileira:
 
I. É a maior das três bacias que formam a Bacia Platina, pois possui 891.309 km2, o que corresponde a 10,4%  da área do território brasileiro.
II. Possui a maior potência instalada de energia elétrica, destacando-se algumas grandes usinas.
III. Em virtude de suas quedas d'água, a navegação é difícil. Entretanto, com a instalação de usinas hidrelétricas, muitas delas já possuem eclusas para permitir a navegação.
Estas características referem-se à bacia do:
 
		
	 
	São Francisco
	
	Paraguai
	
	Amazonas
	 
	Paraná
	
	Uruguai
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307184682)
	
	Os Planos de Recursos Hídricos, segundo estabelecido na Lei n. 9.433, de 8/1/97:
		
	
	definem de quem é a responsabilidade legal pela implementação das ações.
	
	dão soluções para os conflitos de uso da água.
	 
	definem o preço pelo uso da água a ser cobrado na bacia hidrográfica.
	 
	são elaborados por bacia hidrográfica, por Estado e para o país.
	
	são planos de curto prazo de forma a atender as necessidades mais prementes.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307185237)
	
	É possível subdividir a bacia do rio  Prata em bacias menores? Por quê?
		
	
	Sim, é possível subdividir em quatro bacias menores: a bacia do rio Paraná, a bacia do rio Uruguai, bacia do rio da Prata e do Pirangi
	
	Sim, é possível subdividir em pelo menos duas bacias menores: a bacia do rio Paraná e a bacia do rio Uruguai. O rio Paraguai não é afluente do rio Uruguai.
	 
	Sim, é possível subdividir em pelo menos duas bacias menores: a bacia do rio Paraná e a bacia do rio Uruguai. O rio Paraguai é, na verdade, afluente do rio Paraná.
	
	Não é possível dividir.
	 
	Sim, é possível subdividir em pelo menos duas bacias menores: a bacia do rio Pirangi e a bacia do rio da Prata. O rio Pirangi é, na verdade, afluente do rio da Prata.
Alcione
Alcione fez um comentário
sobre Dbo
0 aprovações
Carregar mais