A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
poderjudicirio-111119081230-phpapp02

Pré-visualização | Página 1 de 2

São poderes da união, independentes e harmônicos entre si:
 O Poder Legislativo
 O Pode Executivo
 O Poder Judiciário
PODER JUDICIÁRIO
ESTRUTURA E FUNÇÕES
SÃO ÓRGÃOS DO PODER JUDICIÁRIO:
 STF – SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
 STJ – SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
 TRIBUNAIS REGIONAIS FEDERAIS E JUÍZES FEDERAIS
 TRIBUNAIS E JUÍZES ELEITORAIS
 TRIBUNAIS E JUÍZES MILITARES
 TRIBUNAIS E JUIZES DO TRABALHO
 TRIBUNAIS E JUIZES DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS
O STF – SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E OS TRIBUNAIS SUPERIORES TEM SEDE NA CAPITAL FEDERAL E JURISDIÇÃO EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL
Supremo Tribunal Federal 
STJ
TST
TJ
JUIZ DE DIREITO
TRF
TSE
STM
TRT
TRE
JUSTIÇA COMUM
JUIZ FEDERAL
ESTADUAL
FEDERAL
JUNTA ELEITORAL
VARA DE TRABALHO
AUDITORIA
JUSTIÇA ESPECIAL
TRABALHO
MILITAR
ELEITORAL
CNJ 
REGRA DO QUINTO CONSTITUCIONAL
Conceito - 1/5 dos lugares (20%) do tribunal será composto de membros:
 Ministério Público (com mais de 10 anos de carreira)
 Advogados com notável saber jurídico e reputação ilibada ( com mais de 10 anos de efetiva atividade profissional).
Indicação – serão indicados em lista sêxtupla pelos órgãos representativos da respectiva classe, e o tribunal, recebida a lista, elaborará outra lista tríplice, enviando-a ao Poder Executivo que, então, nos próximos 20 dias, escolherá um dos integrantes para nomeação.
Aplicado nos TRF’s e Tribunais Estaduais (TJ)
I - aos TRIBUNAIS:
Eleger seus órgãos diretivos e elaborar seus regimentos internos;
Organizar suas secretarias e serviços auxiliares e os dos juízos que lhes forem vinculados;
c) Prover os cargos de juiz de carreira da respectiva jurisdição;
Propor a criação de novas varas judiciárias;
Prover, por concurso público de provas, ou de provas e títulos, os cargos necessários à administração da Justiça, exceto os de confiança assim definidos em lei
COMPETE PRIVATIVAMENTE
II - ao SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, aos TRIBUNAIS SUPERIORES e aos TRIBUNAIS DE JUSTIÇA propor ao Poder Legislativo respectivo:
a alteração dos números de membros dos tribunais inferiores;
a criação e a extinção de cargos e a remuneração dos seus serviços auxiliares e dos juízes que lhes forem vinculados, bem como a fixação do subsídio de seus membros e dos juízes, inclusive dos tribunais inferiores, onde houver;
a criação ou extinção dos tribunais inferiores;
a alteração da organização e da divisão judiciária.
III - aos TRIBUNAIS DE JUSTIÇA julgar os juízes estaduais e do Distrito Federal e Territórios, bem como os membros do Ministério Público, nos crimes comuns e de responsabilidade ressalvada a competência da Justiça Eleitoral.
Ao Poder Judiciário é assegurada autonomia administrativa e financeira.
GARANTIA DA MAGISTRATURA
Os JUÍZES gozam das seguintes GARANTIAS:
VITALICIEDADE, que no primeiro grau, só será adquirida após dois anos de exercício, dependendo a perda do cargo, nesse período, de deliberação do tribunal a que o juiz estiver vinculado, e, nos demais casos, de sentença judicial transitada em julgado;
INAMOVIBILIDADE, salvo por motivo de interesse público;
IRREDUTIBILIDADE de subsídio.
VEDAÇÕES
Aos JUÍZES é VEDADO:
EXERCER, ainda que em disponibilidade, outro cargo ou função, salvo uma de magistério;
RECEBER, a qualquer título ou pretexto, custas ou participação em processo;
DEDICAR-SE à atividade político-partidária
REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS
HABEAS CORPUS: conceder-se-á sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder;
HABEAS DATA: conceder-se-á para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público e para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou administrativo;
REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS
MANDADO DE SEGURANÇA: conceder-se-á para proteger direito liquido e certo, não amparado por habeas corpus e habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público;
MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO: pode ser impetrado por partido político com representação no Congresso Nacional; organização sindical, entidade de classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos interesses de seus membros e associados;
REMÉDIOS CONSTITUCIONAIS
MANDADO DE INJUNÇÃO: conceder-se-á sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania;
 
São gratuitas as ações de habeas corpus e habeas data, e,na forma da lei, os atos necessários ao exercício da cidadania.
STF
SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
ESTRUTURA DO STF
Compõe-se de 11 ministros, escolhidos dentre cidadãos com mais de 35 anos e menos de 65 anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada.
Os ministros do STF serão nomeados pelo presidente da Republica, depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal.
Compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente (atividade principal),
a guarda da constituição
ESTRUTURA DO STF
Cabendo-lhe:
I – PROCESSAR e JULGAR, originalmente:
 A ação direta de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo federal ou estadual e a ação declaratória de constitucionalidade de lei ou ato normativo federal;
 nas infrações penais comuns, o Presidente da República, o Vice-Presidente, os membros do Congresso Nacional, seus próprios Ministros e o Procurador-Geral da República;
c) nas infrações penais comuns e nos crimes de responsabilidade, os Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, os membros dos Tribunais Superiores, os do Tribunal de Contas da União e os chefes de missão diplomática de caráter permanente;
d) O habeas corpus, sendo paciente qualquer das pessoas referidas nas alíneas anteriores; o mandato de segurança e o habeas data contra atos do Presidente da República, das Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, do Tribunal de Contas da União, do Procurador-Geral da República e do próprio Supremo Tribunal Federal;
e) O litígio entre Estado estrangeiro ou organismo internacional e a União, o Estado, o DF ou Território;
f) As causas e os conflitos entre a União e os Estados, a União e o Distrito Federal, ou entre uns e outros, inclusive as respectivas entidades da administração indireta;
g) A extradição solicitada por Estado estrangeiro;
h) A homologação das sentenças estrangeiras;
i) A revisão criminal e a ação rescisória de seus julgados;
j) Os conflitos de competência entre Tribunais Superiores, ou entre este e qualquer outro Tribunal;
l) O pedido de medida cautelar das ações diretas de inconstitucionalidade;
m) O mandato de injunção, quando a elaboração da norma regulamentadora for atribuição do Presidente da República, do Congresso Nacional, da Câmara do Deputados, do Senado Federal, das Mesas de uma dessas Casa Legislativas, do Tribunal de Contas da União, de um dos Tribunais Superiores, ou do próprio STF.
II – JULGAR, em recurso ordinário:
O habeas corpus, o mandato de segurança, o habeas data e o mandato de injunção decididos em única instância pelo Tribunais Superiores, se denegatória a decisão;
O crime político.
III – JULGAR, mediante recurso extraordinário, as causas decididas em última instância, quando a decisão recorrida:
Contrariar dispositivo desta Constituição;
Declarar a inconstitucionalidade de tratado ou lei federal;
Julgar válida lei ou ato de governo local em face desta Constituição.
STJ
SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
ESTRUTURA DO STJ
Compõe-se de, no mínimo, 33 ministros, escolhidos dentre brasileiros com mais de 35 anos e menos de 65 anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada, nomeados pelo Presidente da República, depois de