A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
124 pág.
Apostila  de Questões Processo Civil Fase Final

Pré-visualização | Página 37 de 44

admitida nos contratos cujo valor não exceda o décuplo do maior 
salário mínimo vigente no país, ao tempo em que foram celebrados 
e) o juiz apreciará livremente a fé que deva merecer o documento, quando em ponto substancial e sem 
ressalva contiver entrelinha, emenda, borrão ou cancelamento 
 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 9a – 2005 
 
341 Assinale a assertiva correta: 
 
a) o incidente de falsidade poderá ser suscitado, a todo tempo, até mesmo perante o tribunal, em caso de 
recurso 
b) o incidente de falsidade é dispensável na contestação porque, negada a validade da assinatura, cessa sua fé 
c) não se procederá ao exame pericial, se a parte, que produziu o documento, concordar em retirá-lo e a parte 
contrária não se opuser ao desentranhamento 
d) o réu só poderá argüir falsidade do documento mediante reconvenção 
e) a parte que produziu o documento, responderá o incidente de falsidade no prazo de quinze dias 
 
 
JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 9a – 2005 
 
342 Assinale a alternativa correta, considerando a proposição a seguir: No que concerne à revelia: 
 
a) o juiz nomeará curador especial ao revel, para que o represente em juízo, sob pena de nulidade da citação 
b) o juiz julgará antecipadamente a lide, pois os fatos argüidos pelo autor, na inicial, tornaram-se 
incontroversos 
c) o juiz sempre determinará a realização de provas, pelo autor, a fim de esclarecer os fatos narrados na 
inicial 
d) o juiz determinará sempre de ofício, ou a requerimento da parte, a expedição de ofícios aos órgãos 
públicos competentes, a fim de confirmar se o endereço onde o réu não foi encontrado é o seu atual 
domicílio 
e) contra o revel não correrão os prazos com ou sem intimação 
 
 
JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 9a – 2005 
 
343 Em relação à tutela específica das obrigações de fazer ou não fazer, é incorreto afirmar: 
 
a) o juiz poderá determinar busca ou apreensão, remoção de pessoas e coisas 
b) a indenização por perdas e danos não será cumulada com a multa imposta para o cumprimento da 
obrigação de fazer ou não fazer 
c) o juiz poderá, de ofício, modificar o valor ou periodicidade da multa, caso verifique que se tornou 
insuficiente ou excessiva 
d) a obrigação somente se converterá em perdas e danos se o autor o requerer ou se impossível a tutela 
específica ou a obtenção do resultado prático correspondente 
e) poderá o juiz, de ofício ou a requerimento, determinar o desfazimento de obras e impedimento de 
atividade nociva 
 
 
III EXAME OAB – DF – 2005 
 
344 Assinale a alternativa que contém afirmação, no todo ou em parte, INCORRETA: 
 
a) Quando da narração dos fatos não decorrer logicamente a conclusão, a petição inicial será considerada 
inepta e deverá ser indeferida, podendo o autor apelar e facultando-se ao Juiz reformar, no prazo do 
recurso, sua decisão; 
b) Sempre que uma das partes requerer a juntada de documento aos autos, o Juiz ouvirá, a seu respeito, a 
outra, em cinco dias; 
c) Em qualquer tempo ou grau de jurisdição, o Juiz poderá requisitar às repartições públicas as certidões 
necessárias à prova das alegações das partes; 
d) Não faz coisa julgada a apreciação da questão prejudicial, decidida incidentemente no processo. 
e) A sentença de mérito, transitada em julgado, pode ser rescindida quando fundada em erro de fato, sendo 
indispensável que não tenha havido controvérsia nem pronunciamento judicial sobre o fato. 
 
 
ESAF - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 7a – 2005 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
 
345 Maria ajuizou ação de reparação de danos em face de João, em decorrência de acidente 
automobilístico. Postulou, ao final, danos materiais orçados em trinta mil reais e os morais no valor 
de vinte mil reais. Ao ser citado, João apresentou defesa. Assinalar a proposição correta. 
 
a) No prazo de defesa, João denunciou à lide a seguradora, considerando a responsabilidade decorrente do 
estabelecido no contrato entre ele, segurado, e a seguradora, cuja exigência para que ocorresse a cobertura 
do seguro era o seu pagamento regular, o que já tinha sido comprovado. 
b) Na contestação, João argüiu que o valor postulado pelo autor a título de danos morais e materiais superava 
o permitido em sede de procedimento sumário, o que se justifica o deferimento da conversão do 
procedimento sumário para o ordinário. 
c) No prazo de sua defesa, João apresentou reconvenção postulando a condenação do autor embasada nos 
mesmos fatos descritos na inicial. 
d) João também postulou na contestação a conversão do sumário em ordinário por constatar que a causa 
exigia a produção de prova complexa, o que não se coaduna com os princípios norteadores do 
procedimento sumário. Em audiência, o juiz indeferiu a conversão alegando ser a prova simples e o réu, 
irresignado, interpôs recurso de agravo de instrumento, postulando tal conversão. 
e) Na audiência, o autor postulou a produção da prova pericial, por ser ela simples, sustentando a sua 
necessidade e argumentando não ter ocorrido a preclusão desse pleito, visto que poderá o juiz determinar 
de ofício a produção de prova pericial. 
 
 
ESAF - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 7a – 2005 
 
346 Em face do ordenamento jurídico é correto afirmar que: 
 
a) em havendo pedidos cumulados, competirá ao magistrado analisar todos eles, para não incorrer em decisão 
citra petita corrigível pela via dos declaratórios. 
b) há decisão extra petita quando o juiz examina o pedido e aplica o direito com fundamentos diversos dos 
descritos na petição inicial. 
c) a sentença que julga além do pedido é nula, devendo outra ser proferida pelo juiz de primeiro grau. Se 
houver recurso dessa sentença, competirá ao tribunal reconhecer o error in procedendo e anular a sentença. 
d) ao proferir a sentença, tornando-a pública, poderá o magistrado alterá-la de ofício na hipótese do 
surgimento de fato superveniente, seja ele fato constitutivo, modificativo ou extintivo do direito, desde que 
intimadas às partes previamente. 
e) a argüição de questões relativas ao impedimento e à suspeição do juiz pode ocorrer a qualquer momento 
no curso do processo por elas serem matérias de ordem pública e por isso não são tidas como preclusivas. 
 
ESAF - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 7a – 2005 
 
347 João ajuizou ação reivindicatória em face de Maria e José, que são casados com regime de 
comunhão de bens. Após a realização das citações válidas, José não compareceu para apresentar 
contestação, tornando-se réu revel. Assinalar a opção mais adequada ao caso. 
 
a) Diante da revelia constatada, os autos foram à conclusão, tendo o magistrado determinado o julgamento 
antecipado da lide. 
b) Na audiência, José, que não contestou a ação, alegou que os fatos afirmados pelo autor não são 
verdadeiros em razão de a contestação apresentada por Maria também ser aproveitada a ele. 
c) Ao sentenciar, o magistrado reconheceu a veracidade dos fatos afirmados pelo autor em relação ao réu 
José, considerando que os litisconsortes serão considerados, em suas relações com a parte adversa, como 
litigantes distintos; os atos e as omissões de um não prejudicarão nem beneficiarão os outros. 
d) Ao proferir sentença, o magistrado julgou procedente o pedido com relação à José por nada ter aproveitado 
a ele a contestação apresentada por Maria por não se tratar a hipótese de litisconsórcio unitário. 
e) Ao proferir sentença, o juiz julgou improcedente o pedido em face dos réus, não obstante