A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
124 pág.
Apostila  de Questões Processo Civil Fase Final

Pré-visualização | Página 38 de 44

tenha 
aproveitado a contestação apresentada por Maria também para José, visto que se tratava de litisconsórcio 
necessário unitário, o que repudia a veracidade dos fatos por ser um deles revel. 
 
 
FCC – PROCURADOR – TCE – AM – 2005 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
348 Considere as assertivas a respeito da prova pericial: 
 
I. Quando a natureza do fato o permitir, a perícia poderá consistir apenas na inquirição pelo juiz do perito e 
dos assistentes, por ocasião da audiência de instrução e julgamento a respeito das coisas que houverem 
informalmente examinado ou avaliado. 
II. O juiz poderá dispensar a prova pericial quando as partes, na inicial e na contestação, apresentarem sobre 
as questões de fato pareceres técnicos ou documentos elucidativos que considerar suficientes. 
III. Quando a matéria não lhe parecer suficientemente esclarecida, o juiz pode determinar a realização de nova 
perícia, que substituirá a primeira. 
 
Está correto o que se afirma SOMENTE em 
 
a) II 
b) III. 
c) II e III. 
d) I e III. 
e) I e II. 
 
 
FCC – PROCURADOR – TCE – AM – 2005 
 
349 Quanto à petição inicial, à contestação e à reconvenção, é correto afirmar: 
 
a) Na contestação, o ônus da impugnação especificada dos fatos se aplica ao defensor dativo. 
b) Não pode o réu, em seu próprio nome, reconvir ao autor, quando este demandar em nome de outrem. 
c) Depois da contestação, não é lícito ao réu deduzir novas alegações, ainda que relativas a direito 
superveniente. 
d) Contra o indeferimento da petição inicial, o recurso cabível é o de agravo de instrumento. 
e) A desistência da ação ou a existência de qualquer causa que a extinga obstará o prosseguimento da 
reconvenção. 
 
 
FCC – AUDITOR – TCE – MG – 2005 
 
350 Sobre a coisa julgada, considere as seguintes afirmações: 
 
I. Denomina-se coisa julgada material a eficácia que torna imutável e indiscutível a sentença não mais sujeita 
a recurso ordinário ou extraordinário. 
II. Não faz coisa julgada a verdade dos fatos estabelecida como fundamento da sentença. 
III. A sentença transitada em julgado sempre faz lei entre as partes e em relação a terceiros. 
IV. Nas causas relativas ao estado da pessoa, a sentença nunca produz coisa julgada em relação a terceiros. 
V. A resolução de questão prejudicial, requerida pela parte, constituindo pressuposto para o julgamento da 
lide, fará coisa julgada se o Juiz for competente em razão da matéria. 
 
SOMENTE estão corretas 
 
a) I, II e V. 
b) I, II e IV. 
c) I, III e IV. 
d) II, IV e V. 
e) III, IV e V. 
 
 
FCC - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 11a – 2005 
 
351 O oferecimento de exceção de incompetência relativa 
 
a) suspende a ação conexa 
b) não suspende a execução. 
c) não suspende o prazo para reconvenção. 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
d) não suspende o prazo para o réu requerer a nomeação à autoria. 
e) suspende o prazo para o ajuizamento da ação principal, quando oposta em processo cautelar preparatório. 
 
 
FCC - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 11a – 2005 
 
352 O tribunal, no julgamento do reexame necessário, 
 
a) poderá majorar a verba honorária imposta à Fazenda Pública na sentença. 
b) poderá declarar a Fazenda Pública carecedora da ação, reformando a sentença de improcedência. 
c) deverá reexaminar a sentença proferida contra sociedade de economia mista. 
d) deverá reexaminar a sentença que concluiu pela carência da ação civil de improbidade administrativa. 
e) não deverá reexaminar a sentença proferida contra autarquia. 
 
FCC - JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 11a – 2005 
 
353 Se o juiz examina o pedido e aplica o direito com fundamentos legais diversos dos alegados na 
petição inicial, há decisão 
 
a) ultra petita. 
b) extra petita. 
c) infra petita. 
d) válida. 
e) inexistente. 
 
 
JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO – TRT – 21a – 2005 
 
354 Leia o enunciado abaixo e marque, em seguida, a alternativa correta: Antonio ajuizou ação 
ordinária pleiteando da Fundação "Cultura Popular", integrante da Administração Pública 
Municipal, uma determinada indenização pecuniária. A demanda foi distribuída ao Juízo de Direito 
da Fazenda Pública da Capital, que, em sua decisão de mérito, reconheceu parcialmente a 
procedência do pedido e condenou o ente público acionado ao pagamento de uma indenização 
líquida no valor de R$ 15.000,00. 
 
a) a decisão está sujeita ao duplo grau de jurisdição, na forma do art. 475 do Código de Processo Civil, posto 
que desfavorável à entidade pública municipal; 
b) a decisão somente pode ser impugnada através do recurso voluntário de apelação cível, porquanto a 
remessa necessária somente se aplica a entes públicos integrantes da Administração Pública Direta; 
c) a decisão estará sujeita à remessa necessária, já que o valor é superior a quarenta vezes o salário mínimo 
vigente; 
d) independentemente do valor da condenação, a decisão não estaria sujeita à remessa necessária, caso 
tivesse como fundamento jurisprudência do Plenário do Supremo Tribunal Federal; 
e) mesmo ultrapassado o prazo de apelação, a Fazenda Pública Municipal está obrigada a requerer ao 
Presidente do respectivo Tribunal de Justiça que avoque os autos para processamento e julgamento da 
remessa necessária. 
 
 
VUNESP – PROCURADOR – PGE – SP – 2005 
 
355 A respeito do pedido, é correto afirmar que 
 
a) a multa cominatória somente será fixada a pedido do autor, não podendo ser concedida ex officio. 
b) o disposto no art. 287 do CPC aplica-se às obrigações fungíveis e infungíveis 
c) o disposto no art. 286 do CPC aplica-se ao processo monitório, permitindo a formulação de pedido 
genérico, nas hipóteses dos incisos I a III do dispositivo. 
d) o pedido condicional, que tem eficácia subordinada a fatos pretéritos ou futuros, encontra fundamento no 
art. 286, incisos I e II do CPC. 
e) o CPC não admite o pedido com cúmulo eventual. 
 
+ de 400 QUESTÕES DE D. PROCESSUAL CIVIL 
http://www.atepassarconcursos.com.br 
http://www.provasvirtuais.com.br	
  -­‐	
  Em	
  breve	
  o	
  seu	
  grupo	
  de	
  estudos	
  on	
  line	
  
 
FCC – OAB – ES – 2005 
 
356 No procedimento ordinário, o prazo para o réu apresentar sua resposta começa a fluir a partir da 
data 
 
a) da juntada aos autos do mandado de citação cumprido, quando a citação for feita por oficial de justiça. 
b) da entrega pelo oficial de justiça ao réu, do mandado de citação e cópia da petição inicial. 
c) consignada no aviso de recebimento pelo réu do mandado citatório, quando a citação for realizada pelo 
correio. 
d) da certificação da citação pelo Oficial de Justiça, mesmo que o réu tenha sido citado anteriormente. 
 
 
FCC – OAB – ES – 2005 
 
357 O ônus da impugnação específica 
 
a) não se aplica ao réu advogado em causa própria e ao órgão do Ministério Público. 
b) significa que cabe ao réu manifestar-se sobre todos os fatos narrados na petição inicial, sob pena de torná-
los incontroversos. 
c) significa que cabe ao réu pleitear, na contestação, por todas as provas que entender necessárias para fazer 
frente aos pedidos do autor. 
d) significa que as partes, na instrução processual, devem ater-se aos limites do objeto da ação, sob pena de 
configurar-se litigância de má-fé. 
 
 
FCC – OAB – ES – 2005 
 
358 Na audiência de instrução, serão, nesta ordem, 
 
a) ouvidos o perito e os assistentes técnicos, quando previamente formulados quesitos pelas partes e, em 
seguida, tomados os depoimentos pessoais do autor e do réu