A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Previdenciário  - anotações de aula

Pré-visualização | Página 2 de 3

a renúncia.
Salário Maternindade
	Requisito mínimo de 10 contribuições (carência), o benefício será de 1/12 avos.
	
Segurado especial
É o pequeno produtor rural e pequeno pescador e assemelhados.
Grupo:
Casal;
Filhos de até 21 anos.
OBS: não tem contribuição mensal, pois trabalham em regime de economia familiar.
A contribuição será de:
2,1% sobre a receita bruta proveniente da comercialização do produto 2% para a seguridade e 0,1% para o GILRAT (acidente de trabalho)
OBS: contribuindo ou não ele fará jus ao benefício de um salário mínimo.
Portanto se ele quiser ter um benefício além do do salário mínimo deve exercer uma contribuição aparte: É OPCIONAL como se fosse um facultativo ou individual.
Se só um do grupo opta por fazer este recolhimento, somente ele fará jus ao acréscimo sobre o benefício.
Se qualquer membro do grupo tiver outra fonte de renda, ele perde a característica de segurado especial.
Contratação de mão de obra:
Somente em situação excepcional;
No máximo 120 por ano 
Não há cota patronal
A contribuição do empregado independe do preço se recolhido pelo segurado especial (tomador, a alíquota de desconto será fixa de 8%).
Salário maternidade:
	Quem paga é o INSS e será de 1 salário mínimo.
Contribuição empresarial
Empregado
Trabalhador avulso
Contratação de contribuinte individual
20% sobre o total da remuneração: NÃO TEM TETO.
Empresa contrata:
Adv. Por R$ 4.000,00
Cota do adv. = 11% de 4.000,00
Cota patronal = 20% de 4.000,00
Empresa contrata
Adv. Por R$ 5.000,00
Cota do adv. = 11% de 4159,00
Cota patronal = 20% de 5.000,00
Faxineira autônoma:
Remuneração de R$ 300,00
Faxineira = 11% de 300,00
Empresa = 20% de 300,00
Para que ela faça jus ao benefício previdenciário é necessário que ela recolha a diferença referente ao salário mínimo, da seguinte forma:
SC de 678,00 (SM)
Salário utilizado: 300,00
Diferença = 378,00 terá de recolher 20% de 378 ( porque estará recolhendo por contribuição própria).
Contratação de empregado e trabalhador avulso:
	Alíquota de 20%
GILRAT
Gilrat: grau de incidência de incapacidade laborativa recorrente dos riscos ambientais do trabalho.
1% - para risco leve
2% - para risco médio
3%- para risco alto.
Toma como base a atividade preponderante da empresa, ou seja, onde tem mais pessoas trabalhando.
Custeia o benefício da aposentadoria....
A base de incidência é sempre o total da remuneração mensal.
Adicional de Gilrat: somente para atividades nocivas. É aquela que permite a aposentadoria especial. O recolhimento pressupõe a exposição do trabalhador a atividades nocivas. É só para ele DIFERENTEMENTE do Gilrat.
	Se a atividade permitir aposentação com:
	25 anos de contribuição
	Alíquota de 6%
	Após 20 anos de contribuição
	Alíquota de 9%
	Após 15 anos de contribuição
	Alíquota de 12%
Para a empresa significa:
20% + Gilrat + adicional de Gilrat
Observações:
Bancos e instituições financeiras: além de recolher tudo aquilo acima vai pagar + 2,5%. Ou seja.
22,5% + Gilrat + adicional de Gilrat.
Contribuição substitutiva: É aquela que muda a base de incidência da contribuição só ocorre nessas 2 hipóteses:
Empresa rural:
Para empregado = tabela
Para empregador = cota patronal + 2,5% (para a seguridade social) e + 0,1% para o Gilrat.
Aqui não tem adicional de Gilrat. 
Incide sobre a receita bruta proveniente da comercialização da produção.
Associação desportiva que mantém equipe de futebol profissional:
Se no clube tem outros times e não tem futebol será uma empresa comum: 
20% + Gilrat + add de Gilrat
Se tiver equipe de futebol, entrará no critério de contribuição substitutiva:
	A alíquota será :
5% sobre eventos desportivos ( o prazo de recolhimento é de 2 dias úteis até o evento). será paga pela entidade promotora.
OU
5% sobre os contratos ( aqui será pago pelo clube):
Patrocínio
Publicidade e propaganda
Licenciamento do uso de marcas e símbolos
Transmissão de espetáculos
Responsabilidade solidária da empresa:
Banco contrata empresa de segurança:
Cessão de mão de obra serviços diários
Empreitada de mão de obra serviços temporários
O DEVER É DA CONTRATADA (empresa de segurança)
Deve a contratante fazer retenção de 11% (a título de cota patrimonial) sobre o valor do contrato a fim de se eximir da responsabilidade solidária e recolher em nome da empresa contratada.
Ex.
Contrato de 100mil
Paga R$ 89 mil para a contratada
Recolhe R$ 11 mil em nome da contratada
Ex. 2
Bradesco retem 11% de 100 mil e recolhe em nome da empresa de segurança.
A empresa de S. tem obrigação de recolher 13 mil, contudo como o banco já recolheu 11 mil ela só deverá recolher a diferença de 2 mil.
Se a obrigação da empresa de S. for menor que o recolhido pelo banco ela poderá pedir RESTITUIÇÃO.
Em caso de adicional de Gilrat deve o contratante recolher também da seguinte forma: 
11% + 		5%
7%
9%
Obra de construção civil:
PF contrata pedreiro:
	Deve-se realizar um cadastro no CET (ou sei la) e recolhe como equiparado a empresa. Para lavrar a matrícula da construção é necessário requerer uma CND do contrário o responsável do cartório é solidariamente responsável com a PF.
Decadência
	 P = 5 anos para caducar do fato gerador
	Prazo de recolhimento:
Até 2 dias: eventos desportivos
Até dia 15 do mês seguinte: contribuinte individual, facultativo, empregado doméstico e a cooperativa de trabalho.
Cooperativa de trabalho
Não há solidariedade entre trabalhador e cooperativa uma vez que o garçon não é empregado dela.
Até dia 20 do mês seguinte: todas as demais.
13º no dia 20 de Dez.
	Se no dia 15 não tiver expediente bancário prorroga
Se no dia 20 não tiver expediente bancário antecipa
O 13 deverá ser antecipado tbm. recolhimento da empresa sobre eventuais diferenças de 13 caso de comissão poderão ser feitas em janeiro
Quando o valor do 13º for inferior ao permitido no caso do empregador doméstico, ele poderá antecipar o 13º para a competência de novembro.
	até 2 dias úteis após...
	Para: Assembleia desportiva (com eq. De futebol).
FG: do espetáculo desportivo
	Até o dia 15 do Mês seguinte
	Para:
Contribuinte individual
Segurado facultativo
Empregado doméstico
Entidade sindical que remunera dirigente que mantém a qualidade de contribuinte individual.
	OBS: nestes casos se não há expediente bancário prorroga-se para o dia útil posterior.
	Até o dia 20 do mês seguinte
	Para: as demais contribuições
	OBS:Se não houver expediente bancário antecipa para o dia útil anterior
	Até 20 de dezembro
	Para as contribuições do 13º salário.
OBS: salário variável recolhido com a competência de dezembro do mesmo ano.
OBS2: empregador doméstico poderá recolher a competência NOVEMBRO com o 13º
Ex.:
Remuneração de R$ 720,00
13º proporcional = 120,00
Contribuição salarial para a previdência = 24,00
O valor é menor do que o mínimo exigido para a Gare (29,00)
Pagará junto com a competência de Novembro
Deve ser mencionado.
	OBS: Se não houver expediente bancário é adiantado para o dia anterior
Recolhimento trimestral
Poderá ser aplicado para os contribuintes:
Individual
Facultativo
Empregador doméstico 
Requisitos:
Respeitar o trimestre civil (Jan-Fev-Mar)
1 Salário Mínimo ou Menos.
Vencimento no dia 15 do mês seguinte ao de cada trimestre
Se não houver expediente bancário será no dia útil posterior.
Empresas imunes
	A lei fala sobre isenção da cota patronal, mas é imunidade.
	PJ de direito privado de natureza assistencial integral a pessoas carentes
*Pessoa física não tem isenção.
	Requisitos:
Tem que ser reconhecida como de utilidade pública federal
Tem de ser reconhecida pela fazenda (E-M-DF)
 Certificada pelo conselho
Promova gratuitamente e em caráter exclusivo a assistência Social para pessoas carentes. (crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência).
Aplique o que for angariado para suas finalidades, de forma integral na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos institucionais. (relatório