A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
47 pág.
07. LICITAÇÃO

Pré-visualização | Página 15 de 15

assinar a proposta vencedora, isto é, o segundo colocado assumirá a proposta apresentada pelo primeiro colocado.
Art. 64, lei 8666/1993
§ 2o  É facultado à Administração, quando o convocado não assinar o termo de contrato ou não aceitar ou retirar o instrumento equivalente no prazo e condições estabelecidos, convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto aos preços atualizados de conformidade com o ato convocatório, ou revogar a licitação independentemente da cominação prevista no art. 81 desta Lei.
Procedimento da licitação na modalidade do pregão (lei 10.520/2002)
FASE INTERNA DE LICITAÇÃO DO PREGÃO
	A fase interna, de formalização do processo administrativo licitatório, é a mesma e correspondente à fase analisada anteriormente, para as demais modalidades de licitação, da regra geral da lei 8666/1993.
FASE EXTERNA DE LICITAÇÃO DO PREGÃO
Publicação do edital
Recebimento dos envelopes pela comissão de licitação
Até este momento é feito do mesmo jeito o procedimento do pregão e das demais modalidades de licitação.
Fase de classificação/julgamento
Fase de habilitação
Aqui as duas fases são invertidas. O procedimento da modalidade do pregão é mais célere, pois será preciso analisar apenas o envelope das propostas para depois se verificar todos os documentos das empresas já classificadas e julgadas.
Art. 4º, lei 10520/2002
XII - encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas, o pregoeiro procederá à abertura do invólucro contendo os documentos de habilitação do licitante que apresentou a melhor proposta, para verificação do atendimento das condições fixadas no edital;
O recurso acontecerá somente depois da fase de habilitação, e não da fase de classificação e julgamento. Apresenta-se o recurso no momento em que se efetuou a fase de habilitação e as razões do recurso interposto serão apresentadas em três dias depois deste ato.
Art. 4º, lei 10520/2002
XVIII - declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido o prazo de 3 (três) dias para apresentação das razões do recurso, ficando os demais licitantes desde logo intimados para apresentar contra-razões em igual número de dias, que começarão a correr do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos;
Fase de adjudicação
Fase de homologação
A doutrina critica muito esta inversão prevista na lei 10.520/2002, porque primeiro se dá a publicação oficial para depois a autoridade superior conferir a legitimidade da licitação. Na prática, adjudica-se e homologa-se em um mesmo documento.
Art. 4º, lei 10.520/2002
XX - a falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto da licitação pelo pregoeiro ao vencedor;
XXI - decididos os recursos, a autoridade competente fará a adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor;
XXII - homologada a licitação pela autoridade competente, o adjudicatário será convocado para assinar o contrato no prazo definido em edital; e (....)
Mas, para uma prova de primeira etapa, não esquecer que estas fases também são invertidas, se comparadas ao procedimento das demais modalidades de licitação.