A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
69 pág.
Aula 3 - Tec. Conjuntivo I

Pré-visualização | Página 1 de 2

*
TECIDO CONJUNTIVO
*
 Origem dos tecidos conjuntivos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
CÉLULAS
*
Componentes da substância intercelular do tecido conjuntivo
 Fibras 
 Substância Fundamental Amorfa
 Plasma Intersticial
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
(Matriz extra-celular: ECM)
*
FIBRAS (parte estruturada)
 Colágenas
 Reticulares
 Elásticas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
 Características gerais
 Célula produtora - fibroblastos
 Composição química - colágeno tipo I
 Função – resistência (força tênsil)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
Tropocolágeno
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
Síntese do colágeno
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Fibroblasto
Matriz extra-celular
*
SÍNTESE DO COLÁGENO
 Semelhante a de outras proteínas
 Precursor solúvel (tropocolágeno) é produzido intracelularmente
 Tropocolágeno é exportado
 Fibras formam-se fora das células
(polimerização do tropocolágeno)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
Formação das fibras
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
Fibrilas - estriações transversais
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras colágenas
Fibrilas - estriações transversais (MET)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
FIBRAS COLÁGENAS - HE
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
FIBRAS COLÁGENAS (MEV)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Proteínas do organismo
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
TIPOS DE COLÁGENO
Colágeno tipo I - fibras grossas e feixes
Colágeno tipo II - fibrilas
Colágeno tipo III - fibras finas
Colágeno tipo IV - não forma fibrilas nem fibras
Colágeno tipo VII - fibrilas de ancoragem
Tipos mais freqüentes no organismo animal:
(Forma redes ou lâminas)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
TIPOS DE COLÁGENO
Fibrilares
Formadores de lâminas 
De ancoragem
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras reticulares
 Características gerais
 Célula produtora - fibroblastos
 Composição química - colágeno tipo III		
- glicídios
(glicoproteínas e proteoglicanas)
Apresentam argirofilia (coram-se pela prata - Ag)
São PAS positivas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras reticulares
 Formação - 
 Função -		
tropocolágeno  fibrila 
Redes de suporte
fibra fina (reticulina)
Células
Capilares
Nervos
Membranas basais
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
FIBRAS RETICULARES - PRATA
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
FIBRAS RETICULARES - PRATA
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
FIBRAS RETICULARES - MEV
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras Colágenas X Reticulares
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras elásticas
 Características gerais
 Célula produtora - fibroblastos
 Composição química - elastina (amorfa)		
- Fibrilina (microfibrilas)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras elásticas
(fibrilina)
ORGANIZAÇÃO:
► Elastina (90%) - elasticidade 
► Microfibrilas (10%) - estabilidade
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Molécula de elastina
Ligação cruzada
Tracionado
Relaxado
Fibras elásticas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibras elásticas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Derme humana
*
Fibras elásticas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Derme humana
Artéria aorta
*
Fibras elásticas
 Formação - 
 Função -		
Elasticidade
1º fibrilina (glicoproteína microfibrilar)
2º tropoelastina  elastina
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Sem fibrilina – elastina depositada em lâminas
*
Substância fundamental amorfa
(parte não-estruturada)
 Características gerais / prop. físico-químicas:
	
Gel incolor e viscoso
Altamente hidrofílica
Difícil preservação
Meio de difusão de gases, íons e pequenas moléculas
Filtro molecular e celular
Funciona como barreira mecânica (proteção)
Confere resistência à compressão
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Substância fundamental amorfa
 Célula produtora - fibroblastos
 Composição química - 	
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas (GAGs)
Glicoproteínas multiadesivas
GAGs: Componentes + abundantes da SFA
Polissacarídeos:
Cadeia longa e não-ramificada (Unidades dissacarídicas repetitivas)
Carregados negativamente (grupos sulfato e carboxila)
*
Substância fundamental amorfa
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Proteína + glicosaminoglicanas
Proteoglicanas	
GAGs: 
Elevada densidade de cargas negativas (poliânions)
	Atrai água (hidrofilia)  Gel hidratado
	Confere basofilia
*
Proteoglicana
Glicoproteína
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Substância fundamental amorfa
*
*
Glicoproteínas multiadesivas
Fibronectina
Laminina
Tenascina
Importantes na estabilização da ECM (matriz extra-celular) e em sua ligação com as superfícies celulares
Substância fundamental amorfa
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
I
Matriz Extracelular (ECM)
*
PLASMA INTERSTICIAL
(parte líquida)
Constituição semelhante à do plasma sangüíneo
Presente em quantidade relativamente insignificante
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Células do conjuntivo
Fibroblastos
Macrófagos (histiócitos)
Plasmócitos
Mastócitos
Pericitos
Leucócitos
Adipócitos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibroblasto
Origem  célula mesenquimal indiferenciada 
Função  síntese de componentes da substância 	 intercelular
(Colágeno, elastina, proteoglicanas)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibroblasto
Fibrócito
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibroblastos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Fibroblastos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Macrófago
Origem  Monócito (leucócito agranulócito)
Função  Defesa por fagocitose
 
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
 Célula apresentadora de antígenos
*
Macrófagos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Macrófago
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Macrófago
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Fagocitose: animação
*
Célula gigante de corpo estranho: Célula de Langhans 
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Seta - macrófagos
*
Sistema histiocitário
Macrófagos (histiócitos)
Células de Kupffer
Células de Langerhans
Osteoclastos
Células dendríticas
Micróglia
Monócito
(SISTEMA MONONUCLEAR FAGOCITÁRIO)
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
Tec. conjuntivo
Fígado
Epiderme
Tec. ósseo
Órgãos linfóides
Tec. Nervoso (SNC)
*
Plasmócito
Origem  Linfócito B (leucócito agranulócito)
Função  Síntese de anticorpos 
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Plasmócitos:
Formação - Ação
Linfócito B
Multiplicação
Diferenciação
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
 Imunoglobulina A - IgA
 Imunoglobulina G - IgG
 Imunoglobulina M - IgM
 Imunoglobulina E – IgE
 Imunoglobulina D - IgD
Anticorpos = imunoglobulinas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Plasmócitos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Plasmócitos
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Mastócito
Origem  Célula tronco hematopoética 
Função  produz e armazena os mediadores 		 químicos da inflamação e das alergias
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
MASTÓCITOS
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Mediadores químicos armazenados nos grânulos:
Histamina (mediador inflamatório)
Citocinas (moléculas de sinalização célula-célula)
Proteoglicanos de heparina (matriz granular)
Mastócitos: substâncias produzidas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Mediadores químicos armazenados nos grânulos:
Histamina (mediador inflamatório)
Citocinas (moléculas de sinalização célula-célula)
Proteoglicanos de heparina (matriz granular)
Mastócitos: substâncias produzidas
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Ações da Histamina:
Contração do endotélio de vênulas
Escape paracelular de imunoglobulinas e outras proteínas
Importante na reação inflamatória aguda
Broncoconstrição dificuldade respiratória
Vasodilatação edema
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Mastócito
M.G.T. RHEINGANTZ (2011)
*
Mastócito
Papel nas alergias:
Reações de hipersensibilidade imediata
Anafilaxia sistêmica
Respostas locais moderadas
Produção

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.