Aula_01

Aula_01


DisciplinaLegislação Trabalhista e Previdenciária3.478 materiais16.642 seguidores
Pré-visualização1 página
Professora: Carla dos Anjos
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
01/16
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
Conteúdo Programático desta aula:
Contextualizar a disciplina legislação trabalhista e previdenciária.
Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
Evolução Histórica do Direito do Trabalho e Previdenciário;
Principais características e Princípios;
Fatores determinantes da criação;
Aplicação dos conceitos;
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
EVOLUÇÃO HISTÓRICA - TRABALHISTA 
Origem \u2013 \u201cTrabalho\u201d no ponto de vista histórico decorre de algo desagradável: dor, castigo, sofrimento, tortura. Os nobres, os senhores feudais e os vencedores não trabalhavam, pois consideravam o trabalho uma espécie de castigo.
Se no passado o trabalho tinha conotação de tortura, atualmente significa toda energia física ou intelectual empregada pelo homem com finalidade produtiva. Todavia, nem toda atividade humana produtiva constitui objeto do Direito do Trabalho, pois somente a atividade feita em favor de terceiros interessa ao nosso estudo, e não a energia despedida para si próprio.
03/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
Fundamento \u2013 O Direito do Trabalho nasceu como reação ao cenário que se apresentou com a Revolução Industrial, com a crescente e incontrolável exploração desumana do trabalho. É produto da reação da classe trabalhadora ocorrida no século XIX contra a utilização sem limites do trabalho humano.
Daí a necessidade de um novo sistema legislativo protecionista, intervencionista, com o intuito de impedir a exploração do homem pelo homem de forma vil.
04/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Conceito \u2013 Direito do Trabalho é um sistema jurídico permeado por institutos, valores, regras e princípios dirigidos aos trabalhadores subordinados e assemelhados, aos empregadores, empresas coligadas, tomadores de serviços, para tutela do contrato mínimo de trabalho, das obrigações decorrentes das relações de trabalho, das medidas que visam à proteção da sociedade trabalhadora, sempre norteada pelos princípios constitucionais, principalmente o da dignidade da pessoa humana. Também é recheado de normas destinadas aos sindicatos e associações representativas.
 
05/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Característica \u2013 A maior característica do Direito do Trabalho é a proteção do trabalhador, seja através da regulamentação legal das condições mínimas da relação de emprego, ou de medidas sociais adotadas e implantadas pelo governo e pela sociedade.
Logo, seu principal conteúdo abrange o empregado e o empregador.
Finalidade \u2013 A finalidade do Direito do Trabalho é alcançar uma verdadeira igualdade substancial entre as partes e, para tanto, necessário se torna proteger a parte mais frágil desta relação.
 
06/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
FONTES DO DIREITO DO TRABALHO
 A CF, Leis, Acordos, Decretos, Costumes, convenções, contratos de trabalho, sentenças normativas, regulamentos de empresas pactuados pelas partes. 
 
Integração: O direito comum será fonte subsidiária do direito do trabalho.
07/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
PRINCÍPIOS
PROTEÇÃO
In dubio pro operario
Condição mais benéfica
Norma mais favorável
08/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Princípios do Direito do Trabalho
Princípio da Boa Fé
Princípio Respeito à dignidade do Trabalhador
 
Princípio da Normas mais Favorável
 
Princípio da Condição mais benéfica
Princípio da Irrenunciabilidade
Principio da Primazia da Realidade
0916
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Princípios do Direito do Trabalho
Princípio Irredutibilidade
Princípio Intangibilidade
 
Princípio da Continuidade da Relação de Emprego
 
 
10/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Princípios do Direito Previdenciário / Seguridade Social
Princípio da Solidariedade
Princípio da Universalidade de cobertura e atendimento
 
Princípio Uniformidade
 
Princípio Seletividade
Princípio da Irredutibilidade
Principio da Equidade
11/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
*
Princípios do Direito do Trabalho
Princípio Diversidade da Base de Financiamento
Princípio Administração Democrática / Quadripartite (Governo/empregado/empregador e aposentados)
 
	Princípio da Tríplice forma de Custeio 
	( Empresas/trabalhadores e Governo)
	Princípio Preexistência do Custeio em 	Relação aos benefícios
 
 
12/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
Direito Previdenciário
Origem \u2013 Pode-se afirmar que a proteção social nasceu,verdadeiramente,na família.
O cuidado aos mais idosos e incapacitados era incumbência dos mais jovens e aptos para o trabalho.
A seguridade social,como regime protetivo , surgiu a partir da lutados trabalhadores por melhores condições devida.
Surgiram os primeiros grupos de mútuo, de origem livre, sem intervenção estatal, nos quais um conjunto de pessoas com interesse comum reunia-se, visando a cotização de valor certo para o resguardo de todos,em caso de algum infortúnio/ Caixas de socorro mútuo.
13/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
Direito do Trabalho
Prescreve em 5 anos a ação para postular os créditos resultantes da relação de emprego até o limite de 2 anos após a extinção do contrato.
Assim um trabalhador que tenha uma diferença salarial poderá postular os 5 últimos anos.
Se sair da empresa ele terá até 2 anos para ir a Justiça: se não o fizer, não poderá mais fazê-lo.
PRESCRIÇÃO
Direito do Trabalho
Prescreve em 10 anos a possibilidade da Receita cobrar as Contribuições Previdenciárias e da Seguridade postular um benefício em juízo.
Assim, as relações de trabalho, desde aquela época, gera atividades e infortunos que mereciam atenção especial dos trabalhadores.
14/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
15/16
LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
Aula 1: Conceituando a sua aplicabilidade na legislação vigente.
*
Tenham uma Ótima semana......
Professora Carla dos Anjos
Imagens do RJ
*