A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
219 pág.
A UNESCO e o mundo da cultura -  Ely Guimarães

Pré-visualização | Página 1 de 50

A autora é responsável pela escolha e pela apresentação dos fatos contidos nesta
publicação e pelas opiniões aqui expressas, que não são necessariamente as da UNESCO
e não comprometem a Organização. As designações empregadas e a apresentação do
material não implicam a expressão de qualquer opinião que seja, por parte da UNESCO,
no que diz respeito ao status legal de qualquer país, território, cidade ou área, ou de suas
autoridades, ou no que diz respeito à delimitação de suas fronteiras ou de seus limites.
edições UNESCO BRASIL
ConselhoEditorialdaUNESCO
Jorge Werthein
Cecilia Braslavsky
Juan Carlos Tedesco
Adama Ouane
Célio da Cunha
Assistente Editorial: LarissaVieira Leite
Diagramação: Fernando Brandão
Design gráfico: Edson Fogaça
Copyrigth©2001,UNESCO
Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura
Representação no Brasil
SAS, Quadra 5 Bloco H, Lote 6,
Ed. CNPq/IBICT/UNESCO, 9º andar.
70070-914 – Brasília – DF – Brasil
Tel.: (55 61) 321-3525
Fax: (55 61) 322-4261
E-mail: UHBRZ@unesco.org.br
Ficha catalográfica elaborada pela biblioteca do IFCH-Unicamp
Evangelista, Ely Guimarães dos Santos
Ev733u AUNESCOeomundodacultura /ElyGuimarães
dos Santos. - - Campinas, SP: [s.n.], 1999.
222p.
Orientador: Octavio Ianni.
Tese (doutorado) - - Universidade Estadual de
Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.
1. Relações internacionais. 2. Comunicação.
3. Racismo. 4. Relações raciais. 5. Brasil - Relações
raciais. I. Ianni, Octavio, 1926 - . II. Universidade
Estadual de Campinas Instituto de Filosofia e Ciências
Humanas. III. Título.
ISBN: 85-87853-55-4
5
Sumário
Apresentação ................................................................................... 7
Abstract ........................................................................................... 9
Prefácio .......................................................................................... 11
Educação, ciência, cultura e a paz mundial: UNESCO .....................13
UNESCO: sua gênese e as esperanças de construir um
mundonovo ..........................................................................18
UNESCO: supremacia e contradições do poder ocidental ......30
A UNESCO e a bipolarização do poder nummundo
multicultural ..........................................................................40
Nova composição da UNESCO e caminhos possíveis do
progresso da humanidade ......................................................44
Estatização doConselhoExecutivo: hegemonia ocidental
e ordens nacionais .................................................................52
A UNESCO e a comunicação entre as culturas ..............................61
Construindo uma redemundial de comunicação e
entendimento dos povos ........................................................68
A UNESCO, os meios de informação e um ideal de liberdade
para os povos ........................................................................75
O livre fluxo de informação, a UNESCO e a dinâmica do
contextomundial ...................................................................85
AUNESCO, seu ideal de universalidade e o direito à cultura ... 102
AUNESCO, o livre fluxo de informação e o “direito de
comunicar” ......................................................................... 111
O livre fluxo de informação, a UNESCO e sua nova
estratégia .......................................................................... 125
Sociedade e cultura: a UNESCO e a questão racial ....................... 145
A questão racial, ontem e hoje: conflitos, acomodações e
antagonismos ...................................................................... 146
Raça, ciência, poder e a busca de um modelo de
democracia racial ................................................................ 161
Cuidando da diversidade para construir a unidade em
fragmentação ...................................................................... 183
Referências ................................................................................... 205
7
Apresentação
Os acontecimentos que abalaram o mundo em setembro de
2001 reafirmam com veemência a irreversibilidade do mandato
conferido pelas Nações Unidas à UNESCO, mandato que essa
instituição vem exercendo cotidianamente nomundo desde o pós-45,
como bem fica aqui demonstrado sob o título A UNESCO e o mundo
da cultura.
Diante do muito que ainda resta por construir após mais de
meio século de trabalho em prol de uma cultura de paz, ressalta-se a
importância da contribuição que este livro vem trazer para uma
participação informada, de todos quantos a ele tiverem acesso, na
construção de uma sociedade regida pelos princípios e valores
defendidos desde sempre pela UNESCO e nos quais ela fundamenta
sua atuação nas áreas de sua competência.
Em seu trabalho catalizador a UNESCO se insere nas diversas
culturas, estabelece parcerias em âmbito mundial, e nas diversas
esferas das sociedades nacionais, e mobiliza as forças locais,
nacionais, regionais e mundiais na direção de decisões políticas que
ensejem a atualização histórica das diversas regiões e povos, no que
diz respeito ao avanço nos direitos fundamentais da pessoa humana.
Trabalho do qual a humanidade não pode prescindir numa sociedade
tecnológica e do mercado mundializado, em que urge reavivar e
fortalecer os valores que devem unir todos os povos e culturas numa
convivência solidária no planeta Terra.
Conhecer a UNESCO, sua luta em defesa de um ideal ético
inerente a uma civilização universal, torna-se fundamental nomundo
contemporâneo. Ummundo cada vezmais interdependente e gerador
de desigualdades e de exclusões. Um mundo no qual – além dos
graves problemas sociais, como o terrorismo, as drogas, a violência
entre as crianças e os jovens, as ameaças ao meio ambiente – a
8
diversidade, em princípio enriquecedora da humanidade, abre-se em
conflitos, e atos de terror. Um mundo, pois, que exige soluções
negociadas das nações diversas e, portanto, a participação e o
engajamento de todos quantos as constituem. Logo, um trabalho
persistente e continuado nas áreas de atuação da UNESCO.
Publicando este livro a UNESCO tem em vista contribuir para
o conhecimento de seu trabalho e das dificuldades para sua realização.
Conhecimento inserido na agenda de uma educação para a
participação política dos indivíduos na construção democrática da
cultura e de uma cidadania aberta ao mundo.
Jorge Werthein
Diretor da UNESCO no Brasil
Milca Severino Pereira
Reitora da UFG
9
Abstract
The aim of this book is to study the history of UNESCO,United
Nations Educational, Scientific and Cultural Organisation, in the fifty
years of its existence. It is made up of three independent essays that
focus on: a) the constitution/construction/reconstruction of this
specialised agency of UNO since the turbulent and tense years of the
Second World War and the post-war years; b) its performance
concerning communication, areawhich is added to education, science,
and culture; and c) its actions related to the racial issue. Based on
primary sources, such as minutes of the General Conference, reports
of intergovernmental committees, reports of the Director-General to
the General Conference and to UNO, documents produced to support
the events promoted by UNESCO, as well as studies developed about
it, this research permitted situatingUNESCO in the play of international
forceswhich request it for various reasons,making evident that culture
is a concrete element of the world politics.
In a systemic perspective built since 1945 according to the
ideas of nations’ interdependence and those nourished by the ideals
of equality, right, and freedom, it was attributed to UNESCO, as part
of the supranational structure then constituted, the task of integrating
the parts for the benefit of the entire world society and the